Menu
Busca quarta, 24 de abril de 2019
(67) 9860-3221

Acidente na Presidente Vargas deixa ciclista morto

23 maio 2011 - 06h24

Por volta das 6h40 da manhã de hoje aconteceu um acidente de trânsito no cruzamento da avenida Presidente Vargas com a Joaquim Alves Taveira, que deixou morto o ciclista José Gomes Pinheiro, 66 anos, morados no Jardim das Oliveiras.

Segundo consta no boletim de ocorrência, o acidente envolveu o ciclista e um caminhão. A vítima fatal chegou a ser socorrida por uma equipe do Corpo de Bombeiro e encaminhada a o Hospital da Vida, onde não resistiu aos ferimentos.

O caminhão era um volvo branco SH12380, de placa HRO-1513, que era conduzido por um homem de 44 anos. Segundo informações ainda não confirmadas pela polícia, o ciclista seguia pela Joaquim e invadiu a preferencial.

José Pinheiro era vigia e retornava para casa após o trabalho em uma bicicleta caloi azul.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SHOWBIZZ
Giulia Costa mostra corpão em pose de biquíni em dia de piscina e praia
MINISTÉRIO PÚBLICO
Conselho abre processo disciplinar contra procurador Deltan Dallagnol
TRÁFICO
Foragido da justiça é preso na MS-487 com maconha que levaria para SP
IMPOSTÔMETRO
Brasileiros já pagaram mais de R$ 800 bilhões de tributos em 2019
JARDIM
Adolescentes são apreendidos com uma tonelada de maconha em veículo
UNIGRAN
Calouros de Fisioterapia participam de aulas com metodologias ativas
OPERAÇÃO APLIQUE
Quadrilha que agia em MS enviava “mulas” com até 40 kg de coca para Europa
JUSTIÇA
Empresa deve indenizar por danos morais e substituir celular com defeito
CAARAPÓ
Bombeiros fazem buscas por criança de 11 anos que se afogou em rio
TRÊS LAGOAS
Confirmado segundo caso de gripe H1N1 em Mato Grosso do Sul

Mais Lidas

DOURADOS
Preso é baleado ao estourar cadeado de cela para buscar ‘encomenda’ no pátio da PED
DOURADOS
Preso baleado na perna tentava pegar malote com 13 celulares
IMPASSES
UFGD "desafia" MEC e Ministério pede realização de nova eleição para Reitoria
DOURADOS
Homem morre no HV após ser espancado e polícia suspeita de latrocínio