Menu
Busca domingo, 21 de outubro de 2018
(67) 9860-3221
AÇÃO DA PM

Ação da PM e Semed leva continuidade do projeto DNC à escola Agrotécnica de Dourados

04 outubro 2017 - 13h50Por Da redação

Dando seguimento ao atendimento do projeto “Diga Não ao Crime” desenvolvido pelo 3º BPM, o Sargento Arguelho que é o idealizador e palestrante do projeto, juntamente com uma das equipes do Getam (Grupo Especializado Tático Motorizado), do 3º BPM, realizaram na manhã desta terça-feira (03), uma apresentação especial sobre carreira militares no Brasil e, em especial sobre a carreira de policial militar no Mato Grosso do Sul, aos alunos da escola Agrotécnica Padre André Capelli, localizada na zona rural de Dourados.

No mês de agosto, foi realizada a primeira palestra do projeto na escola agrotécnica visando inibir a iniciação criminal de adolescentes de 13 a 17 anos, que tem como propulsor o vício em drogas licitas e ilícitas. Já na segunda fase do projeto, foi apresentado aos 70 alunos, alternativas profissionais viáveis que podem nortear o futuro de cada adolescente, sendo apresentada as carreiras militares no âmbito federal que são as forças armadas (Marinha, Exército e Aeronáutica) e no âmbito estadual que são as policiais e bombeiros militares.

Uma das equipes do Getam, comandada pelo Soldado Reis, fez uma apresentação dinâmica no pátio da escola, apresentando os materiais de uso diário, técnicas especiais utilizadas pelos policiais e também respondendo a inúmeros questionamentos dos alunos.

As palestras foram acompanhadas por professores da escola e por uma equipe da Semed (Secretaria Municipal de Educação), comandada pela professora Rosália, que tem feito um trabalho de assistência psicológica aos alunos da escola agrotécnica de Dourados.

A próxima fase do projeto será a interação com as atividades operacionais da PM, como visita aos projetos sociais e as unidades operacionais pertencentes ao 3º BPM. Para o Sargento Arguelho, essa interação com a comunidade gerará muitos frutos num futuro não muito distante.

“Essas palestras são de cunho estritamente preventivos, visando em primeiro plano que nossas crianças e adolescentes não caiam na armadilha das drogas e, nessa fase do projeto, apresentando carreiras vibrantes que possam fazer frente as ilusões provocadas pela mídia, onde promovem a idolatria de criminosos e “demonizam” os policiais e suas ações. Temos que mostrar e provar que somos e participamos do lado bom da comunidade e que essa comunidade pode e deve confiar em seus policiais”, conclui Arguelho.
 

 

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Mulher de 40 anos é assaltado quando desembarcava de ônibus
UEMS
Conselho de Ética abre inscrições para eleição de representantes
EMPREGO
Ao menos 7 órgãos abrem amanhã inscrições para mais de 100 vagas
FÁTIMA DO SUL
‘Tuzin’ morre após colidir motocicleta em rotatória
SHOWBIZ
Sabrina Sato coloca fim a mistério e revela nome pra lá de diferente da filha
INTOLERÂNCIA
UFGD divulga Nota de Repúdio sobre "Suástica" em painel
CRIME AMBIENTAL
Pecuarista é autuado por desmatamento de vegetação nativa
TRÂNSITO
Acidentes com vítimas caem 18% até agosto, revela DPVAT
MARCELINO PIRES
Polícia registra mais um furto de motocicleta em Dourados
ELEIÇÕES 2018
TSE prepara anúncio de medidas de combate às fake news

Mais Lidas

DOURADOS
Familiares e amigos dão adeus a empresário e filho mortos em acidente
DOURADOS
Bandidos atiram contra viatura e abandonam carro tomado em assalto
DOURADOS
Dupla é flagrada furtando comércio no Centro
TRÁFICO
Quadrilha que distribua cocaína é desarticulada em MS