Menu
Busca segunda, 21 de maio de 2018
(67) 9860-3221
Clube Indaiá - Janeiro 2018

Acadêmicos de Nutrição fazem mostra sobre alimentos regionais

03 junho 2011 - 06h13

Para trabalhar os hábitos alimentares das regiões do Brasil, os acadêmicos de Nutrição da Unigran promoveram, no início da semana, uma mostra de alimentos típicos. Por meio da orientação da professora e coordenadora Rita de Cássia Mendes os alunos puderam trabalhar o conteúdo de sala de uma maneira prática.

Na mostra cada grupo trouxe os hábitos alimentares de uma região do país. “Nós temos características enormes de alimentos que, às vezes, mudam em cada região, seja na forma de preparo ou pelos alimentos que são mais acessíveis em uma determinada área, como as frutas típicas”, informou Rita.
Para a acadêmica de Nutrição do 1° semestre Marina Targas da Silva, o conhecimento dos hábitos alimentares de cada região é de suma importância. “É preciso identificar o perfil do paciente, para que a prescrição da dieta não seja um sacrifício para ele, deve ser feito conforme os costumes e o hábito alimentar”, disse.

A professora salienta que nem sempre o problema está em consumir um alimento mais calórico, mas sim na quantidade que é ingerida. “Às vezes o que faz o alimento ser ruim é a frequência do consumo, então alimentos com uma quantidade maior de gordura, devem ser consumidos com menor frequência, mas não são proibidos”, finaliza a coordenadora.

###Curso
Outra ação do curso de Nutrição que está sendo realizada é o oferecimento de uma capacitação para aqueles profissionais que lidam diariamente com os alimentos. O curso é gratuito, mas as vagas são limitadas.

Outras informações de como participar deste projeto podem ser obtidas por meio de telefone (67) 3411 – 4164, de manhã ou à noite.

A coordenadora de Nutrição aponta a importância dos profissionais que trabalham em restaurantes, cantinas, lanchonetes, quiosques e outros estabelecimentos que fornecem alimentos, participarem do curso. “Quando a gente fala em contaminação alimentar, devemos nos lembrar das DTA, que são as doenças transmitidas pelo alimento, às vezes as pessoas simplificam achando que é uma simples diarréia, mas dependendo do tipo do microorganismo pode levar até a morte da pessoa”, diz Rita.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MATO GROSSO DO SUL
Caravana nas Escolas auxilia na identificação de alunos com problemas de saúde
PREVISÃO
Temperatura volta a ficar abaixo de 10ºC e semana será de frio em Dourados
DOIS IRMÃOS DO BURITI
Produtor rural é multado em R$5 mil por desmatamento ambiental
MUNDO NOVO
Homem sobrevive após ser atingido por oito tiros
FUTEBOL
17 dos 23 convocados para a Copa se apresentam nesta segunda
SHOWBIZ
Dama de vermelho: Carol Dieckmann surge poderosa em foto
JARDIM PANTANAL
Homem é baleado após ser cercado por grupo
IMASUL
Seleção para analista e técnico com salário de R$ 2,6 mil termina hoje
CRIME AMBIENTAL
Turistas paulistas são presos por pesca e transporte de pescado
ELEIÇÕES
Maduro é reeleito na Venezuela em votação contestada por opositores

Mais Lidas

BR-163
Caminhonete carregada com maconha é encontrada abandonada em posto de Dourados
CAMPO GRANDE
Chefe de quadrilha investigada pela PF foge de presídio
PEDRO JUAN
Mulher é executada a tiros na fronteira
DOURADOS
Mão cortada denuncia homem que quebrou porta de vidro para furtar loja no Centro