Menu
Busca quarta, 16 de janeiro de 2019
(67) 9860-3221
EDUCAÇÃO

Acadêmicos da Unigran apresentam pesquisas em Congresso Brasileiro

21 setembro 2017 - 09h34

A 30ª edição do Congresso Brasileiro de Agronomia, organizado pela Confederação de Engenheiros Agrônomos – Confaeab, foi realizada em Fortaleza, no Ceará. Os acadêmicos Malena May e Alexandre Carniel, ambos do 8º semestre de Agronomia da Unigrasn, estiveram presentes no evento para apresentar trabalhos científicos.

Na ocasião foram apresentados seis pesquisas, dentro dos temas: "Solo com ênfase em Plantio Direto e Agricultura de Precisão" e "Produção Vegetal: Milho e Cana de Açúcar".

Mateus Secretti, coordenador do curso de Agronomia, que também apresentou uma pesquisa cientifica durante o Congresso, afirma que a troca de informações entre estudantes e profissionais é de extrema importância e eventos como esse favorece o ensino. "Esse Congresso acontece todos os anos e é um dos mais importantes na área da Agronomia e esse tipo de atividade agrega valor, além é claro, da difusão de conhecimentos. Levamos informações e trazemos informações para dentro da Instituição", menciona.

Essa foi a primeira vez que Malena May participou de um congresso apresentando um trabalho científico. Para ela, a troca de experiência entre estudantes de outras regiões do Brasil é de grande valia. "Esse intercâmbio é muito legal porque agregamos valores, temos contato com pessoas de vários locais, com realidades diferentes das nossas, trazendo novidades para o dia a dia no campo. Nós apresentamos, na ocasião, um trabalho sobre a cana-de-açúcar e no Ceará o plantio e a colheita de cana não é mecânica é toda feita de forma manual, diferente aqui do nosso eEstado", diz.

Já o acadêmico Alexandre Carniel reitera a bagagem de informações trazidas do CBA e aproveita para salientar que, após o evento, ideias novas de pesquisas acabam surgindo, fomentando ainda mais a importância de ir em busca de mais conhecimento.

"Muitos trabalhos apresentados eram bem parecidos e isso acabou nos mostrando que todas as regiões do País estão preocupadas com uma situação em comum, como a lagarta do cartucho no milho. Uma estudante de Goiás, ao parar em nosso banner explicativo disse que o trabalho dela era bem parecido com o nosso, porém era uma praga da cultura de algodão, então as preocupações são parecidas e isso é interessante de se mostrar", ressalta Carniel.



Deixe seu Comentário

Leia Também

TELEVISÃO
'BBB19' estreia com prova de imunidade e vitória de Gustavo e Danrley
AGENDA
Governador vai a Maracaju e entrega estação de tratamento de esgoto
LOTERIA
Mega-Sena acumula mais uma vez e prêmio vai a R$ 27 milhões
EDUCAÇÃO
Inep divulga notas do Enem na próxima sexta-feira
PIS/PASEP
pagamento de abono aos nascidos em janeiro e fevereiro começa amanhã
POLÍTICA
Bolsonaro recebe presidente argentino nesta quarta-feira em Brasília
PROCESSO SELETIVO
Sebrae encerra seleção para profissionais com salários de até R$ 7 mil
CAMPO GRANDE
Mulher é presa com 31 tabletes de maconha que levaria para Goiás
TEMPO
Quarta-feira de sol com aumento de nebulosidade em Dourados
UAU
Paloma Bernardi faz passeio relaxante e impressiona com barriga negativa

Mais Lidas

GRUPOS RIVAIS
Interno do semiaberto de Dourados é morto em briga de facções
POLÍCIA
Motorista que morreu em acidente na BR-163 tinha 28 anos
BR-163
Acidente que matou motorista de ônibus deixou outros cinco feridos
DOURADOS
Délia exonera secretário e coloca interina na Agricultura Familiar