Menu
Busca quinta, 23 de maio de 2019
(67) 9860-3221
EVENTO

Abertas inscrições para quadrilhas na 42ª Festa Junina de Dourados

Grupos participantes concorrerão a premiações com troféu e em dinheiro

17 maio 2019 - 12h50Por Da redação

Participar de uma festa tradicional com muita diversão e ainda concorrer a prêmios. A Prefeitura de Dourados, por meio da Secretaria de Cultura, convida a população a se inscrever para apresentações de quadrilha na 42ª Festa Junina de Dourados, que acontece de 14 a 16 de junho, na Praça Antonio João.

Os grupos participantes podem ter no mínimo oito casais e no máximo 30.  As apresentações acontecerão no dia 15 de junho (sábado) na Praça Antonio João, em ordem estabelecida em sorteio.

O Concurso será dividido em quatro categorias, sendo categoria A (Quadrilha de Instituições), na qual podem se inscrever quadrilhas representativas de entidades diversas; Categoria B (Quadrilha Educacional – Ceim’s, Ensino Fundamental de 1° ao 5° anos), na qual podem se inscrever quadrilhas formadas por alunos das redes municipal, estadual e privadas; Categoria C (Ensino Fundamental 6° ao 9° anos e Ensino Médio), na qual podem se inscrever também alunos das redes municipal, estadual e privada e Categoria D (Universitária), na qual podem se inscrever quadrilhas formadas por acadêmicos das universidades públicas e particulares.

O secretário de Cultura, Jorge Augusto Ramos Lopes, o “Peu”, destaca o convite para que a sociedade participe de uma festa tradicional da família douradense. Ele destaca que as quadrilhas podem abusar da criatividade e trazem muita diversão a quem participa e a quem acompanha.

“A festa está sendo preparada com muito carinho pela administração Délia Razuk. Públicos de todas as idades vão se sentir muito a vontade em participar, desta festa que é para toda família. As quadrilhas são sempre um ponto alto de diversão. Convidamos para que a sociedade organize seu grupo, venha se divertir e ainda concorrer a prêmios”, diz.
As apresentações concorrerão a prêmios. O primeiro lugar levará R$ 700 e um troféu. Para o segundo lugar o prêmio é de R$ 300 e troféu. O terceiro lugar levará troféu.

A Comissão Julgadora avaliará e classificará as quadrilhas conforme os quesitos de coreografia, evolução/animação, figurino, harmonia/conjunto, marcador/cantador.

O edital e a ficha de inscrição podem ser solicitados via e-mail (cultura@dourados.ms.gov.br). O prazo para solicitação vai até o dia 04 de junho de 2019 e as fichas devem se enviadas devidamente preenchidas até o dia 05 de junho via email por meio do mesmo email.

Os ganhadores serão premiados no dia 16 de junho, em horário a ser definido pela Secretaria de Cultura. Ao menos um representante de cada quadrilha deverá estar presente à cerimônia de premiação.

O evento levará diversas atrações ao público e terá uma praça de alimentação variada. A gestão estrutura para que a Guarda Municipal e a Polícia Militar atuem na Praça durante a Festa Junina para maior segurança da população.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

RIBAS DO RIO PARDO
Homem é preso e confessa que estuprava a sobrinha de 9 anos
SELEÇÃO
Marinha abre concurso para 90 vagas para o Corpo Auxiliar de Praças
JUSTIÇA
Integrante do PCC é condenado a 15 anos por esquartejar rival
DEMANDAS
Comitê da Saúde do Judiciário realiza segunda reunião em Dourados
MS
Jovem é flagrado com 4kg de pasta base em “mocó” de veículo
EDUCAÇÃO
ProUni abre inscrições no dia 11 de junho para bolsas no 2º semestre
CAPITAL
Durante corrida, motorista de aplicativo tenta estuprar passageira
ECONOMIA
Dólar fecha em alta, de olho no exterior
CAMPANHA
Grupo ABV faz entrega de agasalhos em bairros de Dourados
SEGURANÇA PÚBLICA
Parlamentares vêm a Dourados conhecer o Sisfron

Mais Lidas

POLÍCIA
Após pescaria, marido encontra desconhecido na frente de casa e ameaça mulher com arma em Dourados
DOURADOS
Preso em operação estava sob monitoramento por assalto
PEDRO JUAN
Três suspeitos de chacina na fronteira são presos pela polícia paraguaia
PEDRO JUAN
Seis morrem e uma criança fica ferida após ataque de pistoleiros na fronteira