Menu
Busca terça, 26 de março de 2019
(67) 9860-3221
EDUCAÇÃO

5ª edição da Agrotec aborda o uso de drones no agronegócio

17 outubro 2017 - 08h36Por Da Redação

A 5ª Agrotec (Jornada Acadêmica Integrada dos cursos de Agronomia e Tecnologia em Produção Agrícola) da Unigran, trouxe para debate a temática “Tecnologia e Inovação: Uma nova Visão para o Futuro no Agronegócio”. O evento contou com palestras e minicursos no intuito de disseminar conhecimentos direcionados aos acadêmicos e à classe do agronegócio. 

Para as palestras de abertura esteve presente o presidente da Aprosoja/MS, Christiano Bortolotto, que falou sobre “A importância do Agronegócio Brasileiro” e do engenheiro agrônomo, José Trevelin Júnior, que abordou “Drones: Inovações Tecnológicas na Cultura da Cana-de-açúcar”.

O drone já é um negócio conhecido há algum tempo nos Estados Unidos e agora, há uns cinco anos, há o uso intensivo e quase que cotidiano na agricultura. O engenheiro agrônomo José Trivelin Junior afirma que é uma ferramenta que ainda está em desenvolvimento, mas com algumas práticas já consolidadas, como por exemplo, no levantamento de linha, de praga e de erva daninha.

“Tem muita coisa em desenvolvimento, como na aplicação de defensivos, liberação de inimigo natural para controle biológico. Vemos algumas inovações, vários tipos, tamanhos e modelos, o que permite até mesmo o produtor ter um equipamento desses, não precisa ser uma grande empresa ou uma equipe especializada. Hoje temos agricultores que tem e que opera o equipamento fazendo diagnóstico, usa para fazer mapeamento, levantamento de imagens da lavoura”, menciona. 

O drone teve, inicialmente, o uso com imagem, para ter visão da área ou fazer um levantamento topográfico da área. “Isso possibilitou o acesso para qualquer agricultor ter essa informação de uma forma muito mais rápida: ele mesmo tem, ele mesmo configura, ele mesmo usa, então quer dizer que se criou essa facilidade de uso, criou-se a popularização da ferramenta”, garante o engenheiro agrônomo. 

Contudo, José Trivelin Junior cita que os usos mais complexos, como para pulverização, eliminação de inimigos naturais, sensoriamento, fazer levantamentos de LVDI, requer uma quantidade de recursos além do drone, como software e ferramentas para trabalhar as imagens captadas. 


 

Deixe seu Comentário

Leia Também

EDUCAÇÃO
Engenharia Civil da Unigran recebe maior autoridade em concreto do país
NOVA ANDRADINA
Avião cai durante tentativa de decolagem em pista de fazenda
IMPOSTO
Palestra com ênfase na cobrança do ICMS acontece hoje em Dourados
SIDROLÂNDIA
Oito dias após acidente de trabalho, vítima morre em hospital
CAGED
Contratações na indústria e serviços gerais deixam Dourados com saldo positivo de emprego
TEMPO
Terça-feira de sol com algumas nuvens em Dourados; não chove
SHOWBIZZ
Lexa curte piscina e mostra boa forma em frente e verso
NOVA ANDRADINA
Homem encontrado no rio Anhanduí era do Paraná e tinha 40 anos
NOTA
Amamsul reage a Dodge para que juízes federais atuem em ações eleitorais
TRÊS LAGOAS
Motorista é preso por furtar calcinhas, deixar bilhetes e filmar mulheres

Mais Lidas

POLÍCIA
Corpo em avançado estado de decomposição é encontrado em Dourados
DOURADOS
Após brigar com a mulher, motorista bêbado invade e destrói oficina na Monte Alegre
DOURADOS
Corpo encontrado no Flor de Maio estava há cerca de 30 dias no local
DOURADOS
Homem é preso após ser flagrado com arma dentro de carro