04/06/2012 16h45

Alunos da Escola Viegas participam da 1ª Roda de Tereré e Chimarrão

 

.
 

Maryuska Pavão

Aconteceu na Escola Floriano Viegas Machado a 1ª Roda de Tereré e Chimarrão, onde os alunos da escola puderam conhecer o ciclo da Erva Mate, bem como assistir uma exposição, com apresentações culturais, teatro, canções e apresentação do tocador de harpa Rafael Cristaldo.

Também estiveram presentes o proprietário da ervateira Tio Ramão, Ricardo Dauzacker, o advogado José Tibiriçá Martins, grande interessado pela história Guarani e do tereré e chimarrão, bem como dona Márcia Viegas, artesã de cuias de tereré e o professor e historiador Laércio.

Ricardo e a esposa Iria Marlene, são produtores da erva Tio Ramão na Vila São Pedro, cuja mãe Ana Moreira tem a patente para produção da erva, desde o ano de 1959.

Dona Márcia apresentou miniaturas de cuias feitas de casca de jatobá. O vice-presidente da Colônia Paraguaia no município, Elizeu Cristaldo fez um exposição de como se prepara um tereré para ser tomado individualmente ou coletivamente, acompanhadas das ervas medicinais que são utilizadas por ocasião. Ele disse que coloca sempre no tereré que degusta uma erva medicinal como preventivo.

O alunos ficaram atentos e durante o evento muitos levaram uma cuia de casa para treinarem o preparo.

(5) Comentários

Restam caracteres. * Obrigatório
Digite as 2 palavras abaixo separadas por um espaço.
 

Infelizmente não pude estar presente, mas pelo que vi e ouvi foi um excelente evento. Parabéns à minha escola do coração, onde estudei e atuei profissionalmente, e parabéns a todos os professores e alunos que participaram desse trabalho. Esse é também o papel da escola.

 
RONALDO GOMES em 05 de junho de 2012 às 11:19

Parabéns aos educadores da Escola Viegas por esta iniciativa tão interessante. Com certeza a atividade mobilizou a comunidade escolar, visto que o tereré e o chimarrão estão presentes no nosso dia a dia.

 
Eliane Carvalho em 05 de junho de 2012 às 08:39

Realmente, este evento, está muito legal. Foi muito legal ver uma Escola se preocupando com algo que é da nossa tradicação

 
Danilo Ferreira de Oliveira em 04 de junho de 2012 às 22:09

Bela inspiração e parabéns pela ação!! São iniciativas como essa que aproximam a comunidade de seus espaços e de nossa cultura.

 
ilton ribeiro em 04 de junho de 2012 às 19:37

compareci ao evento, levei minha filha de 10 anos, mais uma sobrinha e outra criança amiga das mesmas; elas permaneceram no evento até o término, ganharam uma mini cuia como lembrança, e certamente irão no próximo evento, pois já absorveram a cultura ervateira. Parabenizo o Prof. Enio Ribeiro, Profª Zélia, Prof. Ramão Palomita, Direção do Viegas, e demais professores, além dos alunos que ensaiaram o texto literário envolvendo vários personagens da literatura, tais como: chapeuzinho, Chicó (Auto da Compadecida), um vampirinho, chapolin colorado (televisão), todos ao final participando de uma divertida, diferente e criativa roda de tereré.
Parabéns também aos palestrantes Prof. Elizeu paraguaio, Prof. Laercio (UEMS), harpista Rafael Deboleto, Tibiriça, Erva mate Tio Ramão, D. Marcia Mourão e Dourados News/Nikuri Coelho que cobriu desde antes a iniciativa.

 
paulo cesar gabriel da silva em 04 de junho de 2012 às 18:13