Menu
Busca sexta, 17 de agosto de 2018
(67) 9860-3221
COPA DO MUNDO

Favoritos, “tombos” e o Brasil de Tite na visão de jornalistas douradenses; confira

14 junho 2018 - 07h32Por Gizele Almeida

Expectativas das seleções em campo e o Brasil com grande responsabilidade em especial para Tite e Neymar foram temas expostos por jornalistas douradenses que atuam em vários veículos de comunicação, nesta quarta-feira (13), ao Dourados News. A Copa do Mundo 2018, ocorre na Rússia, com início nesta quinta-feira (14) e nossa equipe de reportagem conversou com os profissionais que estão sempre “ligados” quando o tema é esporte. 

Na questão favoritismo os nomes Brasil, Alemanha e Argentina se mantem no auge na maioria dos posicionamentos.  A última citada, no entanto, possui críticas fortes por ter sofrido para classificar-se. 

O Brasil como uma equipe que recuperou o fôlego com a chegada de Tite é apontado como promissor por todos os profissionais. Para eles, a responsabilidade de se recolocar após o 7 a 1 sofrido na Copa de 2014 é grande, mas, está bem encaminhada. 

Mesmo pouco tempo após se recuperar de uma cirurgia no pé direito, Neymar Júnior é indiscutivelmente apontado por todos como a grande estrela da equipe. No entanto a confiança, segundo eles, é válida para a seleção como um todo. Veja as opiniões na íntegra. 

Rogério Vidmantas 

Favoritismo em Copa do Mundo não se refere só ao momento, mas o currículo de cada seleção conta muito, e com isso sempre estão “ alta” as mesmas seleções. Toda a Copa no início, se fala em Brasil, Alemanha, Argentina, falaríamos de Itália se a mesma tivesse se classificado e eventualmente algumas seleções que vivem em bom momento, que é o caso da França, sendo que essa não foi bem nos últimos amistosos mas também é que vejo que se encaixa no favoritas, falamos em surpresas como a Bélgica, mas no geral acaba sempre se resumindo o favoritismo em Brasil, Alemanha e Argentina em primeiro plano, e em seguida vem França, Espanha teria que ser uma surpresa muito grande para que não fosse essas, mas eu apostaria no trio “Brasil, Alemanha e Argentina”.

O Brasil entra como favorito principalmente porquê cresceu muito nos últimos dois anos com a chegada do Tite. O técnico colocou praticamente os mesmos jogadores que tinha o Dunga até então, e, conseguiu fazer uma seleção de fato. Ele colocou algumas peças que não estavam sendo tão aproveitadas assim, como no caso do meia Paulinho que acabou dando uma liga no time. O Brasil chega bem na Copa do Mundo, pois após a ultima copa talvez nem imaginaríamos que a seleção brasileira podia ser favorita nessa copa de 2018. Eu mesmo falava muito do Brasil iniciando um trabalho lá em 2015  e 2016  mas pensando em 2022. Mas, vejo que o Brasil pode sim conquistar a copa do mundo e se fixar como um dos favoritos pela chegada e atuação do Tite e resultado dos últimos anos.

Antônio Néres 

Brasil, Alemanha e Argentina são sempre seleções favoritas e desta vez não é diferente. Vejo o Brasil um pouco melhor no ponto de vista dos recursos individuais, quer dizer, as equipes são muito parecidas no aspecto de organização tática, mas o Brasil, além de estar vivendo um momento favorável e taticamente o Tite encontrou a melhor maneira da equipe atuar, conta com valores individuais que serão elementos de ruptura e enfrentará equipes muito fechadas. Vejo vantagem do Brasil então, em relação a Alemanha e Argentina que são as grandes favoritas. A Espanha que na minha concepção tem também um certo favoritismo pelo bom elenco, bom plantel que possui, mas resta saber agora qual o impacto dessa saída do treinador em cima da hora do inicio da copa, o que pode refletir também na questão psicológica. Vejo também Portugal e Bélgica como boas surpresas, a primeira tem o Cristiano Ronaldo com uma capacidade técnica extraordinária e a segunda vem se desenvolvendo bem.

No contexto geral, vejo com bastante expectativa essa copa. Acredito que a Rússia vai fazer um grande evento, talvez não no quesito esplendor, mas vai ser muito interessante, pois não se conta mais com seleções que são “barbadas”. É indiscutível que não vai ter partida fácil, seguramente teremos surpresas com equipes fora do ranking das favoritas com grandes resultados nas competições.

O Campeonato tem tudo para ser dos melhores e estou muito otimista e acredito que o Brasil provavelmente vai estar brigando pelo título. Embora o Neymar seja um jogador fora de série considerado entre os melhores do mundo, não existe mais aquela “dependência” dele por parte da seleção. Ele é a estrela, mas o Brasil tem o Gabriel Jesus, Felipe Coutinho, o Willian, que também são ótimos. Acredito que o Brasil é a principal favorita.

Paulo Wagner 

Podemos observar na edição deste ano, até por conta das preparação das equipes desde a Copa do Brasil, eu apontaria que a seleção da Alemanha, apesar da desconfiança de todos por conta dos amistosos que estão antecedendo a Copa do Mundo, existe a desconfiança se vai conseguir apresentar a qualidade mostrada na Copa de 2014, mas a equipe de Joachim Low vem há quase dois anos sem perder em jogos oficias (desde a Eurocopa de 2016), então sem dúvida nesta competição a mesma chega muito forte. Aponto a seleção da França como uma que vem muito forte para esse mundial que penso que não vai ter dificuldade de passar pela Austrália e pela Dinamarca e conta com jogadores muito bons como o Verran e o Titi, e para mim está com seu elenco mais forte destas últimas três copas, veje Didier Deschamps pode colocar a mesma em um bom patamar nesses jogos.

Noto que a seleção Brasileira não pode deixar de ser considerada a favorita, sabemos que está muito forte na memoria a goleada que levou de 7 a 1 pela Alemanha, mas de lá para cá as coisas mudaram, isso especialmente desde a chegada do Tite e vejo que o Brasil está forte. A equipe que mais preocupa e pra mim será a decepção dessa copa é a Argentina. A mesma teve muita dificuldade para conseguir sua classificação para a Copa e dependeu de resultados nas últimas jogadas e se não apresentar uma mudança significativa, principalmente em relação a comportamento dos jogadores, vejo com poucas possibilidades de passar inclusive da primeira fase. Elencando os favoritos, coloco a Alemanha como a principal favorita, logo abaixo a Seleção Brasileira, em terceiro a Seleção da França.

Mais específico da Seleção Brasileira vejo que muito coisa mudou. Tínhamos um grupo totalmente desacreditado que começou as eliminatórias com muita desconfiança e dificuldade e até correu risco de não classificar e houve a mudança, não dá para negar que o Tite conseguiu revolucionar o posicionamento, o aspecto moral, resgate da confiança por parte do torcedor. Se olharmos os nomes, a maioria do grupo tem grande apoio da torcida, da mídia, então se entende que o técnico tem o que há de melhor para representar o Brasil e tem bagagem, tem fator motivacional, resgatou grandes jogadores que agora se mantem como o Paulinho e o Firmino, e as esperanças depositadas de grande forma nas costas do Neymar, mais experiente e um grande momento.

Adriano Moretto

Os favoritos são os mesmos das Copas passadas e sem grandes surpresas, claro, pensando já no afunilamento da competição e não na fase de grupos.

Vejo o Brasil, pelo futebol que vem apresentando desde que Tite assumiu a seleção, Alemanha, por ser a atual campeã e a Argentina, pela tradição e, principalmente por chegar desacreditada, um pouco a frente de seleções como Espanha, Inglaterra e Portugal – mesmo conquistando a última Eurocopa -, por exemplo, que também podem chegar a decisão e ficar com a taça.

Em relação ao desempenho da equipe brasileira, considero animador.

Nesses dois anos a frente da seleção, Tite conseguiu fazer os atletas assimilassem o seu estilo de jogo e cumprir taticamente aquilo apresentado por ele ao longo dos trabalhos. Ou seja, existe um padrão a ser seguido com variações diversas de acordo com a necessidade do jogo e o adversário.

Diferente de 2014, a equipe não atua apenas em função de um jogador, no caso Neymar, mas sim, no coletivo, sobrando assim mais espaço para os homens de meio e frente possam decidir.

 

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAUUUUU!!
Giovanna Ewbank exibe bumbum e impressiona fãs com biquíni cavado
MATO GROSSO DO SUL
Cassems aparece no ranking das melhores e maiores empresa do Brasil pelo 10º ano consecutivo
INDÚSTRIA 4.0
Realidade aumentada é alternativa para aumentar produtividade do trabalhador
ELEIÇÕES 2018
Comitê da ONU pede que Lula participe de eleição
EDUCAÇÃO
Capacitação para quem atuará no Enem em MS acontece amanhã
PANTANAL
Acesso à MS-228 entre Lampião Aceso e MS-184 é liberado parcialmente
ECONOMIA
Seguradora lança programa de emprego para beneficiários do DPVAT
ELEIÇÕES 2018
TSE nega novo pedido de Lula para participar de debate na TV
COTAÇÃO
Dólar sobe e termina a semana acima de R$ 3,90
CONTRABANDO
PM apreende carga de cigarros e volume de apreensões bate recorde no ano

Mais Lidas

DOURADOS
Madrasta de criança morta é autuada por homicídio
DOURADOS
Além da madrasta, delegado autua o pai e ambos responderão pela morte de criança
DOURADOS
Criança de 1 ano teve trauma no tórax e laceração hepática
DOURADOS
Defesa questiona "condenação social" e diz que pai de criança não tem ligação com morte