Menu
Busca sábado, 25 de janeiro de 2020
(67) 9860-3221
COLUNA

Saúde

Fernanda Viana

Planejamento e organização alimentar: o segredo para o sucesso

E-mail: contatonutrifernanda@gmail.com

13 janeiro 2020 - 00h04

Planejamento e organização são algumas das melhores formas de garantir sucesso naquilo que fazemos, e quando o assunto é alimentação de qualidade, não é diferente. Um esquema nutricional bem elaborado é sinônimo de mais saúde dentro de casa.

O ato de planejar o uso do tempo para dar à alimentação o espaço que ela merece é de extrema importância, pois de fato o planejamento das refeições, desde a compra até o consumo do alimento ou da preparação culinária, reduz a probabilidade de consumo de alimentos processados e ultraprocessados e facilita a ingestão de alimentos saudáveis por toda a família.

Então a recomendação é: reavalie como você tem usado o seu tempo e identifique quais atividades poderiam ceder espaço para a alimentação, pois com tudo planejado, fica mais fácil encontrar um horário para que pelo menos uma refeição do dia seja feita em família. E acredite, o hábito de comer à mesa, em família, é tão importante que pode influenciar, inclusive, o comportamento dos seus filhos. Confira algumas dicas:

  • Planeje as compras de alimentos.
  • Organize a despensa doméstica.
  • Defina com antecedência o cardápio da semana.
  • Divida com os membros de sua família a responsabilidade por todas as atividades domésticas relacionadas ao preparo de refeições.
  • Faça da preparação de refeições e do ato de comer momentos privilegiados de convivência e prazer.
  • Reavalie como você tem usado o seu tempo e identifique quais atividades poderiam ceder espaço para a alimentação.
  • Evite “beliscar” nos intervalos entre as refeições.
  • Coma sempre devagar e desfrute o que está comendo, sem se envolver em outra atividade.
  • Procure comer em locais limpos, confortáveis e tranquilos e onde não haja estímulos para o consumo de quantidades ilimitadas de alimento.
  • Sempre que possível, coma acompanhado: de familiares, amigos ou colegas de trabalho/escola.

 

Pode parecer bobagem, mas cada etapa tem uma influência considerável. Principalmente, as vantagens de tirar um tempinho para comer em família. As atitudes em relação à comida são aprendidas muito cedo e o comportamento alimentar é nutrido por adultos afetivamente, que registram um poder sentimental duradouro, quem não se lembra da comida da vó, da mãe. Assim, o lugar onde crescemos e as pessoas com que convivemos vão formando nossa identidade social.

Quando nos sentamos com as pessoas que amamos e dividimos uma refeição, temos tempo para conversar, conviver e compartilhar. Dessa forma, cria-se um senso de identidade familiar maior, no qual todas as pessoas se sentem parte daquele ambiente.

No mais, lembre-se que o planejamento alimentar é a garantia para a obtenção de seus objetivos, no prazo correto para a manutenção da saúde, sem causar danos ao seu corpo e prejudicar seu organismo. Seja consciente e não busque qualquer “dieta” na internet ou revistas. Procure um profissional nutricionista que realmente seja habilitado para te ajudar e tenha responsabilidade sobre a sua saúde.

*Especialização em Nutrição Esportiva, Terapia Nutricional, Nutrição Clínica e Fitoterapia - CRN3 27940. Escreve para o Dourados News.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Orégano: muito mais que um temperinho
Planejamento e organização alimentar: o segredo para o sucesso
Você está realmente motivado para emagrecer?
Afinal, quais são os efeitos do álcool no organismo?
Fim de ano sem culpa: comer com prazer é saudável!

Mais Lidas

TRAGÉDIA
Pai e filha moradores de Dourados morrem em acidente no Paraná
DOAÇÃO
Órgãos captados em Dourados vão salvar vidas em três Estados
TRÁFICO
‘Espaço de lazer’ em Dourados era usado para guardar drogas e abrigar fugitivos
DOURADOS
Assassinato na Vila Rosa aconteceu por ciúmes durante manutenção em porta