Menu
Busca sexta, 16 de novembro de 2018
(67) 9860-3221

PSD muda o comando; PDT se vê em crise e PR se mobiliza

02 julho 2015 - 08h43

#Novo comando

O PSD não é mais presidido pelo empresário da comunicação Antonio João Hugo Rodrigues. O dono do jornal Correio do Estado entregou a presidência da agremiação partidária ao advogado Antonio Cezar Lacerda Alves. Dr. Lacerda, como é mais conhecido, é o advogado da família Trad. Ou seja, o PSD deve ser mesmo o caminho dos irmãos Nelsinho, Fábio e Marquinhos Trad, este último pré-candidato à prefeitura de Campo Grande.

....

#Desencontro

O ex-prefeito Nelsinho Trad chegou a flertar com o PTB, e o retorno ao antigo partido estava praticamente certo. No entanto, os entendimentos não prosperaram. A direção petebista, dizem, queria que Nelsinho levasse também para a legenda os dois irmãos.

....

#Rebeldia

Enquanto o PSD vai se ajeitando para novos embates, no PDT as coisas estão desajeitadas. Contrariados com a ascensão do deputado federal Dagoberto Nogueira ao comando do partido no Estado, pelo menos dois dos três deputados estaduais da legenda ameaçam se rebelar se a direção nacional não intervier, no sentido de mudar a decisão tomada em convenção na semana passada. A rebeldia no PDT já tem a ver com as eleições 2016 na Capital.

....

#Alternativa

Se o PTB não pode contar com a volta dos Trad, há a possibilidade, mesmo que remota, de ter com o reforço do médico Ricardo Ayache, candidato do PT ao Senado nas eleições do ano passado. O cardiologista trocaria de legenda para ser o candidato petebista à sucessão municipal. A conferir!

....

#Projeto 22

O comando do PR distribuiu nota ontem anunciando o “Projeto 22”, que tem como principal objetivo “oxigenar o partido com a adesão de novas lideranças políticas em todo o Estado”. A ideia é dobrar a representatividade a partir das eleições municipais do ano que vem. O partido de Londres e Grazielle Machado e Edson Girotto conta atualmente com dois deputados estaduais, sete prefeitos, quatro vices e 68 vereadores em Mato Grosso do Sul.

....

#Encontro

Um grande encontro para receber filiações de importantes lideranças regionais está sendo organizado pela cúpula do PR para acontecer em Campo Grande nos próximos dias. Giroto, que hoje é secretário executivo do Ministério dos Transportes, desfila como nome certo para a sucessão na Capital.

....

#Maioridade

Depois de perder a votação na madrugada de quarta-feira, o presidente da Câmara dos Depurados Eduardo Cunha (PMDB-RJ) agiu rápido e colocou em votação, ontem, ‘emenda aglutinativa’ à PEC (Proposta de Emenda à Constituição) que reduz de 18 para 16 anos a maioridade penal para crimes hediondos, homicídio doloso e lesão corporal seguida de morte. A matéria se deu com 323 votos favoráveis, 155 contrários e 2 abstenções. Eram necessários ao menos 308 votos a favor para a matéria seguir tramitando.

....

#Segundo turno

Pelo texto, os jovens de 16 e 17 anos terão que cumprir a pena em estabelecimento penal separado dos menores de 16 e maiores de 18. Os parlamentares ainda terão que votar a PEC em segundo turno, o que deve ocorrer após o recesso parlamentar de julho, já que é preciso cumprir prazo de cinco sessões antes da próxima votação.

....

#Ágil

A aprovação da proposta ocorre depois de a Casa derrubar, na madrugada de quarta-feira, texto semelhante, que estabelecia a redução para casos de crimes cometidos com violência ou grave ameaça, crimes hediondos (como estupro), homicídio doloso, lesão corporal grave ou lesão corporal seguida de morte, tráfico de drogas e roubo qualificado.

....

#Manobra

Após a rejeição na noite anterior, Cunha afirmou que a Casa ainda teria que votar o texto principal, mas ressaltou que isso só ocorreria após o recesso parlamentar de julho. No entanto, após reunião com parlamentares favoráveis à redução da maioridade penal, ele decidiu retomar a análise do tema na noite de ontem para apreciar um texto parecido com a proposta rejeitada.

....

#ECA

Durante a sessão, deputados do PT, do PSOL e do PCdoB defenderam a derrubada da PEC. O governo defende alterar o Estatuto da Criança e do Adolescente e ampliar o tempo máximo de internação de 3 para 8 anos. Já parlamentares favoráveis à redução da maioridade penal argumentaram que a PEC não soluciona o problema da violência, mas reduz o sentimento de “impunidade”.

....

#SOS SUS

Cidadão que procurou a central para requerer o Cartão SUS, esta semana, se mostrou indignado com o que viu. Disse à coluna que não há mais emissão do cartão de plástico, porque, segundo fora informado, a máquina que emite o cartão teria sido levada para um recente e tradicional evento e não mais retornou à central. Mais ainda: o cidadão recebe um papel impresso e na saída da central se depara com uma Kombi e duas pessoas que se oferecem para plastificar o papel, ao preço ‘irrisório’ de R$ 2,50. Historinha estranha essa, não?!?

....

Comentários, críticas e sugestões: cafeamargocoluna@gmail.com

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAMPO GRANDE
Veículo incendiado pode ter sido usado na execução de empresário
FUTEBOL
Brasil vence amistoso contra Uruguai em Londres com gol de penalti
MÚSICA
Grammy Latino consagra Jorge Drexler e confirma fenômeno Rosalía
ELEIÇÕES 2018
Governador, deputados e senadores serão diplomados em 14 de dezembro
TRÊS LAGOAS
Polícia captura dois dos quatro detentos fugitivos de penitenciária
DOURADOS
“Nervoso e agradecendo a Deus”, conta bombeiro que socorreu jovem no túnel no Parque das Nações
TUTELA DE URGÊNCIA
Justiça determina prosseguimento de concurso da Polícia Civil
REVALIDA
Exame para validar diploma de médico será amanhã e sábado
RURAL
Mesmo com chuva, usinas de MS mantêm moagem de cana na quinzena
ECONOMIA
Dólar cai e fecha a R$ 3,73 após indicação de Campos Neto para o BC

Mais Lidas

DOURADOS
Carro fica submerso em túnel alagado e homem precisa quebrar o vidro para sair
CAMPO GRANDE
Empresário é executado e filho fica ferido em atentado
CAMPO GRANDE
Empresário executado na Capital era avalista em dívida de R$ 40 milhões
DOURADOS
Chuva forte deixa ruas e até rodoviária alagada