Menu
Busca domingo, 21 de julho de 2019
(67) 9860-3221

PSD muda o comando; PDT se vê em crise e PR se mobiliza

02 julho 2015 - 08h43

#Novo comando

O PSD não é mais presidido pelo empresário da comunicação Antonio João Hugo Rodrigues. O dono do jornal Correio do Estado entregou a presidência da agremiação partidária ao advogado Antonio Cezar Lacerda Alves. Dr. Lacerda, como é mais conhecido, é o advogado da família Trad. Ou seja, o PSD deve ser mesmo o caminho dos irmãos Nelsinho, Fábio e Marquinhos Trad, este último pré-candidato à prefeitura de Campo Grande.

....

#Desencontro

O ex-prefeito Nelsinho Trad chegou a flertar com o PTB, e o retorno ao antigo partido estava praticamente certo. No entanto, os entendimentos não prosperaram. A direção petebista, dizem, queria que Nelsinho levasse também para a legenda os dois irmãos.

....

#Rebeldia

Enquanto o PSD vai se ajeitando para novos embates, no PDT as coisas estão desajeitadas. Contrariados com a ascensão do deputado federal Dagoberto Nogueira ao comando do partido no Estado, pelo menos dois dos três deputados estaduais da legenda ameaçam se rebelar se a direção nacional não intervier, no sentido de mudar a decisão tomada em convenção na semana passada. A rebeldia no PDT já tem a ver com as eleições 2016 na Capital.

....

#Alternativa

Se o PTB não pode contar com a volta dos Trad, há a possibilidade, mesmo que remota, de ter com o reforço do médico Ricardo Ayache, candidato do PT ao Senado nas eleições do ano passado. O cardiologista trocaria de legenda para ser o candidato petebista à sucessão municipal. A conferir!

....

#Projeto 22

O comando do PR distribuiu nota ontem anunciando o “Projeto 22”, que tem como principal objetivo “oxigenar o partido com a adesão de novas lideranças políticas em todo o Estado”. A ideia é dobrar a representatividade a partir das eleições municipais do ano que vem. O partido de Londres e Grazielle Machado e Edson Girotto conta atualmente com dois deputados estaduais, sete prefeitos, quatro vices e 68 vereadores em Mato Grosso do Sul.

....

#Encontro

Um grande encontro para receber filiações de importantes lideranças regionais está sendo organizado pela cúpula do PR para acontecer em Campo Grande nos próximos dias. Giroto, que hoje é secretário executivo do Ministério dos Transportes, desfila como nome certo para a sucessão na Capital.

....

#Maioridade

Depois de perder a votação na madrugada de quarta-feira, o presidente da Câmara dos Depurados Eduardo Cunha (PMDB-RJ) agiu rápido e colocou em votação, ontem, ‘emenda aglutinativa’ à PEC (Proposta de Emenda à Constituição) que reduz de 18 para 16 anos a maioridade penal para crimes hediondos, homicídio doloso e lesão corporal seguida de morte. A matéria se deu com 323 votos favoráveis, 155 contrários e 2 abstenções. Eram necessários ao menos 308 votos a favor para a matéria seguir tramitando.

....

#Segundo turno

Pelo texto, os jovens de 16 e 17 anos terão que cumprir a pena em estabelecimento penal separado dos menores de 16 e maiores de 18. Os parlamentares ainda terão que votar a PEC em segundo turno, o que deve ocorrer após o recesso parlamentar de julho, já que é preciso cumprir prazo de cinco sessões antes da próxima votação.

....

#Ágil

A aprovação da proposta ocorre depois de a Casa derrubar, na madrugada de quarta-feira, texto semelhante, que estabelecia a redução para casos de crimes cometidos com violência ou grave ameaça, crimes hediondos (como estupro), homicídio doloso, lesão corporal grave ou lesão corporal seguida de morte, tráfico de drogas e roubo qualificado.

....

#Manobra

Após a rejeição na noite anterior, Cunha afirmou que a Casa ainda teria que votar o texto principal, mas ressaltou que isso só ocorreria após o recesso parlamentar de julho. No entanto, após reunião com parlamentares favoráveis à redução da maioridade penal, ele decidiu retomar a análise do tema na noite de ontem para apreciar um texto parecido com a proposta rejeitada.

....

#ECA

Durante a sessão, deputados do PT, do PSOL e do PCdoB defenderam a derrubada da PEC. O governo defende alterar o Estatuto da Criança e do Adolescente e ampliar o tempo máximo de internação de 3 para 8 anos. Já parlamentares favoráveis à redução da maioridade penal argumentaram que a PEC não soluciona o problema da violência, mas reduz o sentimento de “impunidade”.

....

#SOS SUS

Cidadão que procurou a central para requerer o Cartão SUS, esta semana, se mostrou indignado com o que viu. Disse à coluna que não há mais emissão do cartão de plástico, porque, segundo fora informado, a máquina que emite o cartão teria sido levada para um recente e tradicional evento e não mais retornou à central. Mais ainda: o cidadão recebe um papel impresso e na saída da central se depara com uma Kombi e duas pessoas que se oferecem para plastificar o papel, ao preço ‘irrisório’ de R$ 2,50. Historinha estranha essa, não?!?

....

Comentários, críticas e sugestões: cafeamargocoluna@gmail.com

Deixe seu Comentário

Leia Também

PEDRO JUAN
Segurança de boate que matou cliente com tiro na cabeça é preso
FENEARTE
Artesanato de MS é sucesso de vendas na maior feira da América Latina
DOURADOS
Homem perde motocicleta em assalto no jardim Novo Horizonte
PESQUISA
53% são contra indicação de Eduardo Bolsonaro para embaixador
DOURADOS
Prova para candidatos a conselheiro tutelar será no dia 28 de julho
CAPITAL
Acidente entre dois carros e carreta mata motorista na BR-163
SHOWBIZZ
Luana Piovani revela o verdadeiro motivo do término com Pedro Scooby
CAPITAL
Homem é morto a facada e testemunha presa por não pagar pensão
BRASIL
Estudo revela que 80% de diabéticos podem ter doenças cardiovasculares
RIO BRILHANTE
Dupla é flagrada com mais de 100 quilos de maconha em veículo

Mais Lidas

TRÂNSITO
Mulher morre após acidente entre carro e moto
DOURADOS
Guarda flagra rapaz empurrando moto e descobre que veículo era furtado
LAGUNA CARAPÃ
Homem chega alterado em casa, bate na mãe e é preso
DOURADOS
Jovem é preso por tráfico internacional na rodoviária