Menu
Busca quinta, 22 de novembro de 2018
(67) 9860-3221
NA LATA!

Ex-aliados "se atacam" em sessão da Câmara

20 setembro 2017 - 06h14

Atravessado - Ex-aliados, agora ‘inimigos, os vereadores Cirilo Ramão (PMDB) e a presidente da Câmara, Daniela Hall (PSD), protagonizaram uma cena digna de ‘toma lá, dá cá’ na sessão da noite de segunda-feira na Casa de Leis.

Atravessado 2 - Cirilo cobrou em público a colega sobre a exoneração de servidor comissionado do local e recebeu a resposta direta e atravessada: "por ele ter sido condenado pela Justiça". Depois disso, o clima ficou ‘pesado’ no local.

Saiu - Cirilo é o segundo secretário da Mesa Diretora da Câmara e deixou a base que fazia oposição ao governo Délia Razuk (PR) no dia 29 de agosto, durante pronunciamento em plenário e agora atua na situação da prefeita de Dourados.

Exames - A 10ª Promotoria de Justiça de Dourados investiga uma suposta irregularidade cometida pelo município no que diz respeito a disponibilização de ecocardiogramas à população.

Demora - A demora para se conseguir realizar o ‘check-up’ tem durado, em alguns casos, quase dois anos, conforme é mostrado no inquérito civil instaurado pelo MPE (Ministério Público Estadual).

Enquete - Por falar em saúde pública, enquete promovida pelo Dourados News questionou como melhorar essa questão no país e para a maioria, a situação é simples, utilizar os recursos destinados para o devido fim. A escolha foi feita por 78,54% dos internautas. Já 10,93% não acreditam em salvação para o fato. Construção de hospitais e contratação de mais profissionais aparecem com 8,91% e 1,62%, respectivamente.

Lula - O ex-presidente Lula pode desembarcar em Mato Grosso do Sul no início do ano que vem, segundo informação repassada pelo deputado federal Zeca do PT, que pode se lançar candidato ao Senado ou governo, em 2018.

Emendas - A liberação fracionada de recursos de emendas parlamentares tem gerado críticas à gestão estadual na Assembleia Legislativa. Devido a esses atrasos, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) se reúne hoje, às 11h30, com os deputados estaduais para debater o assunto.

Abriu mão - Questionado ontem pelos 3% de aprovação do presidente Michel Temer (PMDB), segundo pesquisa CNT, o presidente da CPMI da JBS, deputado federal Carlos Marun (PMDB/MS), afirmou que seu defensor/correligionário abriu mão de ser popular para fazer o que deveria ser feito. Isso se resume a aumentar impostos, reduzir investimentos e principalmente, mexer na aposentadoria da população.

Pinóquio - Já em relação a convocação dos irmãos Batista para responder à CPMI, Carlos Marun afirmou não ter pressa para que isso aconteça, mas cobrará documentos para sustentar as delações "porque mentir, eles já mentiram muito’, contou em coletiva no Congresso.

Comentários, críticas e sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com

Deixe seu Comentário

Leia Também

EDUCAÇÃO
IFMS abre 190 vagas para cursos técnicos de nível médio presenciais
DOURADOS
Homem incendeia própria casa após brigar com a mulher
TELEVISÃO
Grazi Massafera diz que fizeram macumba para ela na Globo
BRASIL
Operação contra a pedofilia cumpre mandados em MS e 17 Estados
LOTERIA
Mega-Sena acumula mais uma vez e prêmio vai a R$ 70 milhões
CAMPO GRANDE
Com 14 processos por estelionato, velho conhecido da polícia é preso
UFGD
Jornada Acadêmica de Medicina começa nesta 6ª-feira em Dourados
OPORTUNIDADE
PF realiza leilão de carros e bens oficiais com lances a partir de R$ 200
SAÚDE
Médicos cubanos começam a deixar Brasil nesta quinta-feira, diz Opas
DOIS IRMÃOS DO BURITI
Após assalto com reféns, quarteto é preso em "boca de fumo"

Mais Lidas

TERRA ROXA
Homem é encontrado morto com lesão na cabeça em Dourados
JARDIM SÃO PEDRO
Foragido da Justiça há oito meses é preso durante rondas da PM em Dourados
RIO BRILHANTE
Homem atropela mulher ao cobrar dívida
DOURADOS
Homem preso por energizar cerca e matar adolescente é solto após audiência de custódia