Menu
Busca domingo, 25 de agosto de 2019
(67) 9860-3221
NA LATA!

Deputados de MS terão “peito” para votar favorável a nova denúncia contra Temer?

18 setembro 2017 - 06h12

Eletivas - E o Hospital de Cirurgias Eletivas? Mais uma semana se passa e nada do local voltar a funcionar e atender a população que necessita desses serviços. Enquanto isso o poder público continua gastando dinheiro – e muito - para manter a unidade sem uso.

JBS - Reunião dos membros da CPI da JBS em Mato Grosso do Sul ocorre na quarta-feira e terá o depoimento do secretário de Estado de Fazenda, Márcio Monteiro. Pela manhã foi programada viagem para verificar o frigorífico da empresa em Coxim.

JBS 2 - Já a CPMI (Comissão Parlamentar Mista de Inquérito), que tramita no Congresso Nacional, faz o seu segundo encontro no mesmo dia, em Brasília (DF). Aliado e ‘cão de guarda’ do presidente Michel Temer, deputado Carlos Marun é o relator do processo.

Requerimentos - Marun disse que já foram apresentados 140 requerimentos, entre eles a convocação dos irmãos Batista e do executivo da J&F, Ricardo Saud. Os ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff e o ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha – outro defendido pelo parlamentar sul-mato-grossense – também serão chamados a depor.

Dúvida - Após a segunda denúncia feita pela PGR (Procuradoria-Geral da República) contra o presidente Michel Temer (PMDB) no final da tarde de quinta-feira (14), fica a dúvida sobre a aceitação, ou não, da indicação, pelo plenário da Câmara dos Deputados. Recentemente, os parlamentares foram contrários ao fato.

Deputados de MS - Na época, votaram favoráveis para a abertura do processo de corrupção passiva contra o presidente os deputados Zeca do PT, Vander Loubet (PT), Mandetta (DEM) e Dagoberto Nogueira (PDT). Já os contrários foram Geraldo Resende (PSDB), Elizeu Dionísio (PSDB), Tereza Cristina (PSB) e, claro, Carlos Marun (PMDB).

A denúncia - Nessa nova ação, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, apresentou denúncia contra Michel Temer ao STF pelos crimes de obstrução à Justiça e organização criminosa.

Sugestão - A indicação do vereador Marçal Filho (PSDB) para que postos de saúde abrissem aos finais de semana não agradou os servidores desses locais. Alguns deles chegaram a sugerir que a Câmara realize as sessões aos domingos, assim a maioria da população poderia comparecer ao evento.

Arte - Em meio a polêmica exposição no Marco (Museu de Arte Contemporânea), a Secretaria de Estado de Cultura se posicionou favorável aos quadros da artista plástica Alessandra Cunha. "O Marco é um espaço de reflexão e diálogo das mais diversas manifestações".

B.O - Na quinta-feira, deputados estaduais registraram boletim de ocorrência contra a pintura intitulada ‘pedofilia’, caracterizada por uma menina entre dois adultos com o pênis ereto.

Comentários, críticas e sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Uso de celular com cabeça inclinada pode causar lesão na cervical
CAPITAL
Homem deixa caminhonete na frente de casa e pela manhã descobre furto
LAGUNA CARAPÃ
Homem é preso e comparsas fogem após transportar fardos de maconha em motos por 130 km
AJUDA INTERNACIONAL
Repasses alemães para projetos ambientais equivalem em 1 ano a 4 vezes o orçamento do Ibama
TRÂNSITO
Idosa capota veículo em acidente na Capital
CAMPO GRANDE
Homem furta caminhão carregado de grama em viveiro de mudas
RIO BRILHANTE
Família encontra mulher morta após vítima passar mal durante a noite
FUTEBOL
Brasileirão promete fortes emoções neste domingo; confira os jogos
LUTO
Atriz e escritora Fernanda Young morre aos 49 anos
CAMPO GRANDE
Incêndio atinge 200 metros de mato em área ao lado do aterro sanitário

Mais Lidas

DOURADOS
Mulher tem dedo amputado após empilhadeira a atingir enquanto fazia compras
DOURADOS
Após “falsa corrida”, motorista de aplicativo tem carro levado por bandido que se envolve em acidente e é preso
HOSPITAL DA VIDA
Órgãos de jovem que morreu em acidente são captados e levados para quatro cidades
POLÍCIA
Mulheres são presas por tráfico em Dourados