Menu
Busca quarta, 19 de setembro de 2018
(67) 9860-3221
NA LATA!

Conserto de bueiro vira ato político em cidade de MS

27 setembro 2017 - 06h14

Bueiro - Em Naviraí, Sul do Estado, o conserto de dois bueiros instalados na frente de uma escola municipal se transformou em ato político com direito a ‘entrega de obra’ por parte do prefeito daquela cidade, José Izauri de Macedo. Já pensou se a moda pega?



Panela - Populares ‘bateram panela’ na Câmara de Dourados durante a sessão de segunda-feira. O protesto teve intenção de pressionar os vereadores a aprovarem a desafetação de terreno próximo a Sitioca Campo Belo para a construção de lotes urbanizados. A pauta foi aprovada por unanimidade.



Tributos - A Câmara aprovou na mesma sessão o aumento na quantidade de profissionais obrigados a recolher o imposto incidente sobre a prestação de serviços no município de Dourados. O projeto vai à sanção da prefeita Délia Razuk (PR) e passa a vigorar em janeiro.



Tributos 2 - Durante a votação, os vereadores Marçal Filho (PSDB) e Madson Valente (DEM) ainda apresentaram uma emenda supressiva na tentativa de pedir vistas ao projeto, porém, foram votos vencidos.



Base - O que chamou a atenção na aprovação da medida, já em segunda votação, foi o fato dos vereadores que formariam oposição à prefeita na Casa sinalizarem favoráveis ao projeto. O ‘favorável’ foi dado por Idenor Machado (PSDB), Cido Medeiros (DEM) e Pedro Pepa (DEM), além dos parlamentares da base aliada.



Licitação - Reunião agendada para os próximos dias na Assembleia Legislativa de MS solicitará a Secretaria de Saúde de Dourados informações sobre a forma como foi realizada a homologação da licitação com a Cassems e sobre aparelho de radioterapia que deveria ser destinado ao município, mas que até agora não chegou.


CPI - Por falar em Assembleia, deputados integrantes da CPI que apura irregularidades fiscais em contratos firmados entre o governo do Estado e a JBS, voltam a se reunir hoje, desta vez, com a realização de oitivas com produtores rurais.



Improbidade - O jornal "O Estado de São Paulo" relembrou, em reportagem publicada ontem, o processo a qual o deputado federal Carlos Marun (PMDB/MS) e outros 13 réus, são acusados de improbidade por suposta lesão ao erário estimado em R$ 16,6 milhões.



Desde 2013 - A ação tramita desde junho de 2013, quando o parlamentar era presidente da Agência de Habitação Popular de Mato Grosso do Sul, durante o governo André Puccinelli (PMDB).



Novidade - O Dourados News lança hoje o novo layout, produzido pela Doth News, de Campo Grande. A página deve ir ao ar no início da tarde.


Comentários, críticas e sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com

Deixe seu Comentário

Leia Também

EMPREGO
Governo lança consulta para ouvir sociedade sobre futuro do trabalho
FISCALIZAÇÃO
Agência interdita sete aeronaves de MS por irregularidade
COMBUSTÍVEL
Preço do GLP industrial terá aumento de 5% a partir de amanhã
AVALIAÇÃO
Juiz autoriza laudo de sanidade mental para agressor de Bolsonaro
SEXTA-FEIRA
Noite de homenagens marca o Dia do Administrador em Dourados
POLÍCIA
Veículo roubado é recuperado pela PRF com menor na direção
EDUCAÇÃO
UEMS abre inscrições para o Mestrado em Ensino em Saúde
CORUMBÁ
Foragido que se passava por policial federal é preso Bolívia
CAARAPÓ
Vereador assumirá município no lugar de prefeito cassado
JUSTIÇA
Famasul não tem legitimidade para impedir demarcação de terras

Mais Lidas

DOURADOS
Colisão frontal mata passageiro de caminhonete e deixa três pessoas feridas
DOURADOS
Idoso encontrado morto na pedreira foi vítima de latrocínio
MS-164
Trio é flagrado com mais de 1t de maconha no Copo Sujo
DOURADOS
Homem esfaqueado pelo filho morre no Hospital da Vida