Menu
Busca quarta, 26 de junho de 2019
(67) 9860-3221
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

Vereadora quer 'meio a meio' entre homens e mulheres no serviço público

Comentários, críticas e sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com

31 maio 2019 - 00h03

Nomeações – Uma semana antes de anunciar corte de R$ 31 milhões no orçamento do município, apontando para uma série de medidas a serem tomadas principalmente com comissionados, a prefeita Délia Razuk (PR) nomeou, para diversos cargos, dezenas de pessoas, segundo o Diário Oficial do Município de 22 de maio.

Concorrência – A chegada da Gol a Dourados deve acirrar a concorrência com a Azul, barateando os valores da passagem a partir do município, impedindo assim que empresários e populares tenham que procurar o Aeroporto Internacional de Campo Grande para fazer o deslocamento a outras cidades brasileiras. 

Horários – Apesar da expectativa de barateamento, o horário inicial previsto para a frequência diária entre Dourados e São Paulo (SP) pela Gol não deve agradar, já que praticamente ‘forçará’ o usuário a pernoitar no local de destino. No site da companhia o voo chega e sai no município entre o meio e final da tarde. 

Reforma – Enquanto a tão falada, mas lenta reforma não sai, também será preciso uma intervenção urgente no terminal de embarque e desembarque do Aeroporto Francisco de Matos Pereira, para melhoras, já que o movimento começará a crescer no local, principalmente no final da tarde com voo que chega de Campinas (SP) por parte da Azul. 

Igualdade – Projeto proposto pela vereadora Marinisa Mizoguchi (PSB) quer estabelecer percentual mínimo de 50% dos cargos comissionados e de confiança ocupados no Município de Dourados, por pessoas do sexo feminino. 

Retomada – O vereador afastado Cirilo Ramão (MDB) já tenta retomar o seu mandato após ser ‘absolvido’ do pedido de cassação de mandato por seis parlamentares na Câmara de Dourados. Porém, apesar de provocar o STJ (Superior Tribunal de Justiça), ele ainda continua afastado. 

Polarização – Tomando por base os recentes protestos ‘pró’ e ‘contra’ o governo federal, fica evidente não só a polarização de simpatizantes de direita e esquerda pelos seus ideais e políticos, mas também uma disputa entre as partes para tentar mostrar quem consegue levar às ruas o maior número de pessoas. 

Liberdade – Ao vivermos em um estado democrático, opiniões e posicionamentos diferentes devem ser respeitados. Porém, o que se enxerga atualmente é uma avalanche de xingamentos e atos de intolerância de quem se opõe ao seu modo de pensar a política abrindo, cada vez mais, brechas para possíveis confrontos extremos no futuro. 

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

“Sessões cheias” devem garantir mandatos de suplentes
Sumido após Itaipu, Marun aparece em documentário na Netflix
Lista com exonerações deve ser publicada nesta semana
Sob intervenção, Funsaud tem comissão de auditoria extinta
“Transparência” causa discussão acalorada entre vereadores

Mais Lidas

DOURADOS
Trans e namorado são presos suspeitos de extorquir cliente após programa
FRONTEIRA
Homem assassinado em estacionamento de shopping é ex-policial
DOURADOS
Jovem morre ao bater moto contra carreta parada no Água Boa
DOURADOS
Homem escapa de tiros na Vila Toscana; ex-namorada e o atual dela seriam os autores