Menu
Busca domingo, 15 de setembro de 2019
(67) 9860-3221
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

Vereador “cola” em diretor durante evento para sondar decreto

Comentários, críticas e sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com

15 agosto 2019 - 00h04

Ausentes – O governador Reinaldo Azambuja (PSDB), de férias, e o ex-governador Zeca do PT não compareceram à cerimônia de homenagem aos chefes do Executivo estadual realizada na noite de terça-feira, na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul. Ambos mandaram representantes. 

Sem encontro – A ausência do petista também frustrou um novo encontro com o ex-governador André Puccinelli (MDB), com quem divide uma das maiores rivalidades na atual política sul-mato-grossense, iniciada em 1996, quando o emedebista ‘bateu’ Zeca à prefeitura de Campo Grande por 411 votos de diferença. 

Placar – Seis deputados federais por Mato Grosso do Sul votaram favoráveis à chamada MP da Liberdade Econômica, que flexibilizou algumas medidas trabalhistas no país. Um parlamentar se posicionou contra e Dagoberto Nogueira (PDT) não votou.

Nomes – Luiz Ovando e Loester Trutis, ambos do PSL, a bancada tucana formada por Bia Cavassa, Rose Modesto e Beto Pereira, além de Fábio Trad (PSD), disseram ‘sim’ ao projeto. Vander Loubet (PT) foi o único contra. 

Fritura – A saída de Rose Ane Vieira – única titular desde o início do governo Délia - da Secretaria de Desenvolvimento Econômico na segunda-feira não foi tão amistosa. O processo de troca vinha sendo articulado anteriormente, conforme relataram pessoas próximas a ela. 

Aparente - Na quinta-feira passada, por exemplo, por já saber que não teria ainda mais continuidade na pasta, já demonstrava certo incomodo em sua função durante a abertura do Mega-Feirão de veículos realizado na região central da cidade. 

Aplicativos – Ao perceber a chegada do diretor-presidente da Agetran, Carlos Fábio, para a inauguração do Sest/Senat, na manhã de terça-feira, o vereador Cido Medeiros (DEM) o abordou e demonstrou certo interesse sobre o decreto que proíbe motoristas de aplicativo usarem identificação nos veículos. 

Lei – Isso porque em 2015, o parlamentar ‘comprou’ a briga dos taxistas e se antecipou à chegada dos aplicativos de carona a Dourados ao apresentar, e ter aprovado na Câmara, Projeto de Lei vetando esse tipo de serviço por aqui. A medida foi promulgada apenas em fevereiro de 2017, porém, derrubada posteriormente pela Justiça. 

Agenda – Em Brasília cumprindo agenda desde terça, o governador em exercício Murilo Zauith (DEM), vem fazendo verdadeira ‘via sacra’ por ministérios e se reunindo com a bancada federal do Estado, entre eles, participou de encontro para tratar sobre o Aeroporto de Dourados e se reuniu com o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, para falar sobre a liberação de recursos à região de fronteira.

Audiência – De proposição do vereador Junior Rodrigues (PL), a Câmara de Dourados realiza hoje a Audiência Pública “Proibição do uso do Naguilé em local público e venda para menores de 18 anos”. O encontro acontece às 19h na Casa de Leis. 

*Colaboraram André Bento e Vinícios Araújo

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Dois meses após pedir demissão, secretário continua no cargo
Partido cobra R$ 350 em seleção para filiados que pretendem disputar eleição em 2020
Deputado promete bomba, entrega “traque” e expõe empresário nomeado em seu gabinete
Greve geral volta a assombrar prefeitura de Dourados
Pretensos candidatos à prefeitura, deputados ficam fora de palanque durante desfile

Mais Lidas

DOURADOS
Motorista faz ‘strike’ de motos no Centro e deixa três feridos
DOURADOS
Força-tarefa tira mais de 20 veículos de circulação na Coronel Ponciano
TRAGÉDIA
Cantor sertanejo morre em acidente de carro no MS
DOURADOS
Armados, indígenas se aproximam de seguranças em área invadida na Perimetral Norte