Menu
Busca quinta, 14 de novembro de 2019
(67) 9860-3221
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

Torcida, desabafo e cobrança no retorno de vereadores à Câmara

Comentários, críticas e sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com

21 agosto 2019 - 00h04

Torcida – Parlamentares que retomaram os mandatos na Câmara de Dourados foram acompanhados de suas respectivas ‘torcidas’ à sessão de segunda-feira, a primeira deles após período de afastamento por determinação judicial.

Epitáfio – Braz Melo, em sua primeira fala após quase um ano longe da Casa, apelou até ao latim ao citar a frase ‘revertere ad locum tuum!’, que significa ‘Volta a teu lugar!’. “Via sempre no cemitério essa frase”, relatou.

Inimigo – Ao citar os nomes de quem o ‘salvou’ da cassação durante a processante, Cirilo Ramão (MDB), um dos presos na Operação Cifra Negra, aproveitou o retorno para desabafar contra os colegas que votaram favoráveis à perda de seu mandato e disse não considerar a atual Mesa como legítima. 

Comedido – Pedro Pepa (DEM) foi menos agressivo que seu colega emedebista e classificou como ‘ilegal’ a sua prisão. “A prisão ilegal onde só um lado falou. Nunca foi dado a oportunidade de esclarecer”, disse.

Cobrança – Alvo de comissão processante, o vereador Junior Rodrigues (PL), mesmo que indiretamente em sua fala de ‘boas vindas’ ao trio antes afastado pela Justiça, deixou claro que vai contar com Braz, Pepa e Cirilo, para se salvar da cassação por suposto crime de responsabilidade político administrativa. 

Mudança – A dança das cadeiras na Câmara levou ainda Daniela Hall (PSD) a presidir a precessante, antes ocupada por Marcelo Mourão (PRP), suplente de Cirilo na Casa de Leis. 

Reunião – O Conselho Superior do Ministério Público Estadual vai avaliar, na próxima terça, o Inquérito Civil instaurado no ano passado que apura suspeita de irregularidade na nomeação de cargos comissionados para coordenar Cras (Centros de Reabilitação de Assistência Social) no Município. 

Nome – Ao lado de nomes como de Marçal Filho e Geraldo Resende, o vereador Sérgio Nogueira anunciou ter se colocado como pré-candidato à prefeitura de Dourados no próximo ano após reunião com grupo de lideranças na semana passada. 

Papitos – Não faltaram ‘pais com mandato’ usando as redes sociais na manhã de ontem após a prefeitura afirmar que irá dispor ônibus escolares para atender moradores da Sitioca Campo Belo. Até parlamentar que chegou só no final e não participou da reunião que definiu a medida tirou foto com populares para se colocar como responsável pelo feito.

Suspensa – Aguardada por petistas da região, a Caravana Lula Livre foi cancelada em Mato Grosso do Sul. O evento ocorreria em Dourados na sexta-feira e teria a participação do ex-candidato à presidência da República, Fernando Haddad. No dia seguinte o evento seria em Campo Grande. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Deputados do PT e PSL votam juntos em MS
Novo bloco formado na Câmara já tem cinco vereadores
Escudeiro fiel, Marun diz que ainda tem falado com Temer
CPI que gerou polêmica pode ser instaurada ainda esta semana
Debutantes na AL e Congresso travam ‘arranca-rabo’ virtual

Mais Lidas

DOURADOS
Encontrado morto na PED dividia cela com 18 internos em ala comandada por facção
TRÂNSITO
Bêbado invade preferencial e deixa família ferida em Dourados
ENCOMENDADA
Quadrilha desarticulada tinha ordem de facção para roubar seis motos em Dourados
PURIFICAÇÃO
Preso, ex-secretário de Saúde é exonerado do cargo de coordenador do Samu