Menu
Busca quinta, 19 de setembro de 2019
(67) 9860-3221
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

Torcida, desabafo e cobrança no retorno de vereadores à Câmara

Comentários, críticas e sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com

21 agosto 2019 - 00h04

Torcida – Parlamentares que retomaram os mandatos na Câmara de Dourados foram acompanhados de suas respectivas ‘torcidas’ à sessão de segunda-feira, a primeira deles após período de afastamento por determinação judicial.

Epitáfio – Braz Melo, em sua primeira fala após quase um ano longe da Casa, apelou até ao latim ao citar a frase ‘revertere ad locum tuum!’, que significa ‘Volta a teu lugar!’. “Via sempre no cemitério essa frase”, relatou.

Inimigo – Ao citar os nomes de quem o ‘salvou’ da cassação durante a processante, Cirilo Ramão (MDB), um dos presos na Operação Cifra Negra, aproveitou o retorno para desabafar contra os colegas que votaram favoráveis à perda de seu mandato e disse não considerar a atual Mesa como legítima. 

Comedido – Pedro Pepa (DEM) foi menos agressivo que seu colega emedebista e classificou como ‘ilegal’ a sua prisão. “A prisão ilegal onde só um lado falou. Nunca foi dado a oportunidade de esclarecer”, disse.

Cobrança – Alvo de comissão processante, o vereador Junior Rodrigues (PL), mesmo que indiretamente em sua fala de ‘boas vindas’ ao trio antes afastado pela Justiça, deixou claro que vai contar com Braz, Pepa e Cirilo, para se salvar da cassação por suposto crime de responsabilidade político administrativa. 

Mudança – A dança das cadeiras na Câmara levou ainda Daniela Hall (PSD) a presidir a precessante, antes ocupada por Marcelo Mourão (PRP), suplente de Cirilo na Casa de Leis. 

Reunião – O Conselho Superior do Ministério Público Estadual vai avaliar, na próxima terça, o Inquérito Civil instaurado no ano passado que apura suspeita de irregularidade na nomeação de cargos comissionados para coordenar Cras (Centros de Reabilitação de Assistência Social) no Município. 

Nome – Ao lado de nomes como de Marçal Filho e Geraldo Resende, o vereador Sérgio Nogueira anunciou ter se colocado como pré-candidato à prefeitura de Dourados no próximo ano após reunião com grupo de lideranças na semana passada. 

Papitos – Não faltaram ‘pais com mandato’ usando as redes sociais na manhã de ontem após a prefeitura afirmar que irá dispor ônibus escolares para atender moradores da Sitioca Campo Belo. Até parlamentar que chegou só no final e não participou da reunião que definiu a medida tirou foto com populares para se colocar como responsável pelo feito.

Suspensa – Aguardada por petistas da região, a Caravana Lula Livre foi cancelada em Mato Grosso do Sul. O evento ocorreria em Dourados na sexta-feira e teria a participação do ex-candidato à presidência da República, Fernando Haddad. No dia seguinte o evento seria em Campo Grande. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

“Chapa esquenta” durante sessão e deputados têm debates acalorados na ALMS
Após agenda cancelada, ministro deve vir a Dourados em outubro
Deputado pode estar voltando para "antiga casa"
Aos poucos, estratégias são montadas visando 2020 e 22
Dois meses após pedir demissão, secretário continua no cargo

Mais Lidas

DOURADOS
De assaltante frustrado a autor de furto, jovem agora é apontado como assassino frio e cruel
DOURADOS
“Terror”: Empresário foi agredido e ameaçado de morte durante roubo de joias
CRIME BRUTAL
Após matar pai e filho, assassino arrancou cérebro de menor e manteve fogo aceso para queimar corpos
DOURADOS
Interno foge da PED durante trabalho de manutenção