Menu
Busca terça, 19 de março de 2019
(67) 9860-3221
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

Suplente diz assumir mandato tampão com salário de R$ 33 mil por “respeito aos votos recebidos”

Comentários, críticas e sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com

03 janeiro 2019 - 23h04

Presença – Senadora eleita para o primeiro mandato, Soraya Thronicke (PSL) não perdeu a oportunidade de ‘tietar’ os dois ministros de Mato Grosso do Sul, Tereza Cristina e Luiz Henrique Mandetta em suas posses, na quarta-feira, pousando para selfies ao lado de ambos. 

Mais presença – Quem também esteve nas duas cerimônias foi o presidente da Câmara de Vereadores de Dourados, Alan Guedes (DEM), que voou para Brasília horas após as atividades que empossaram o governador Reinaldo Azambuja (PSDB), o vice Murilo Zauith (DEM) e o novo secretariado. 

Quality – Por falar na Câmara de Dourados, o Portal da Transparência, que funcionava sob gestão da Quality, empresa envolvida em escândalo de corrupção dentro da Operação Cifra Negra, venceu no final de dezembro e uma nova engenharia deverá ser feita para se colocar no ar as informações financeiras da Casa relevantes à população.

Invisíveis – Com o recesso da Câmara dos Deputados, os suplentes que assumem a vaga de deputado federal – por um mês apenas e salário de R$ 33,7 mil -, ficarão invisíveis à população e nem o nome cadastrado no site do Congresso devem ter. Em Mato Grosso do Sul serão três mudanças na bancada. Além dos ministros Tereza Cristina e Mandetta, Geraldo Resende assumiu a Secretaria de Estado de Saúde. 

Mantém – Outra mudança seria por conta da renúncia de Carlos Marun (MDB) para assumir como conselheiro da Itaipu Binacional, porém, em seu lugar permanece o suplente Fábio Trad (PSD), reeleito para novo mandato a partir do dia 1º de fevereiro. 

Piada – Na vaga de Mandetta, o ex-vereador de Campo Grande, Junior Coringa (PSD), assumiu o mandato tampão e divulgou vídeo no Facebook, alegando que aceitou o posto por ‘respeito aos votos recebidos’. Já que isso importa tanto, ele poderia doar os vencimentos robustos a uma instituição de caridade, porque trabalho em Brasília (DF), não terá.

Mais tampão – Outro que assumiu o posto tampão com o gordo salário foi Isaias Bitencourt, na vaga deixada por Geraldo Resende (PSDB) e, posteriormente Marçal Filho (PSDB), primeiro suplente. Em 2014 ele foi candidato pelo PRB e obteve 35.054 votos.

Despistou – Presidente estadual do Democratas, o vice-governador e secretário de Infraestrutura, Murilo Zauith (DEM), despistou ao ser questionado na manhã de ontem, em entrevista à CBN, sobre as eleições municipais. No entender dele, é cedo para falar sobre o assunto.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Pressão popular deve ser mantida para Câmara cassar vereadores
MDB quer dar a "volta por cima" usando Puccinelli mais uma vez
Prefeitura se silencia em novo escândalo de corrupção
Fiel ao governo, vereador diz “morrer abraçado” com prefeita se for preciso
Buraqueira vira piada até para vereadores da base aliada

Mais Lidas

TRAGÉDIA
Família que morreu em acidente na BR-060 seguia para missa de colação de grau
BR-060
Morre no hospital terceira vítima de acidente na Capital
NAVIRAÍ
Corpo de foragido do semiaberto é encontrado em terreno baldio
SIDROLÂNDIA
Acidente entre carro e caminhão mata duas mulheres na BR-060