Menu
Busca quarta, 26 de junho de 2019
(67) 9860-3221
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

Soraya faz quarta viagem internacional em 4 meses de mandato

Comentários, críticas e sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com

04 junho 2019 - 00h04

Enquete – Na opinião da maioria dos internautas que participaram da enquete proposta pelo Dourados News, 47,99% dos 621 votantes acreditam que os atos pró-Bolsonaro fortalecerão o governo dele. Já 34,78% acreditam em nada mudar e 17,23% creem que essas manifestações vão enfraquecê-lo politicamente. 

Identificado – A Polícia Civil já teria identificado de onde saiu o documento entregue à Câmara de Dourados pedindo a cassação do vereador Olavo Sul (Patriota), já que a autora do pedido de cassação do parlamentar ainda não foi encontrada. 

Turistando – Em quatro meses completo como senadora, Soraya Thronicke (PSL) embarcou para mais uma viagem internacional. Desta vez, a sul-mato-grossense está em Berlim, na Alemanha, participando de um evento sobre o meio-ambiente no país europeu. A agenda se estende até o dia 8 de junho. 

Críticas – A medida gerou uma série de críticas por parte de internautas à senadora de primeiro mandato, já que na noite de ontem o Senado votou a MP-871, que visa coibir fraudes no INSS e ela não estava presente. Além da Alemanha, Soraya já passou por Estados Unidos, Israel, Uruguai e China, o último, como eleita, ainda não exercendo o mandato. 

Manteve – A Secretaria de Governo da prefeitura voltou atrás e tornou sem efeito a suspensão do processo licitatório para escolha da agência de publicidade do município, mantendo assim, a data para abertura dos envelopes no dia 8 de julho de 2019. 

Pede música? – Pela terceira vez desde que foi inaugurado, em 2015, o Hospital Regional de Cirurgias Eletivas, em Dourados, substituirá a sua gestão. Antes administrado pelo Hospital Evangélico, o local passou aos cuidados da Gamp, que pediu a rescisão de contrato com o governo do Estado após pouco mais de um ano. 

Atendimento – De acordo com o secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, apesar da saída da Organização Social, os atendimentos continuam a ocorrer na unidade hospitalar de média complexidade. Uma nova organização deve assumir o Hospital Regional nos próximos dias. 

Viagem – Enquanto isso, o secretário tenta impedir que os recursos para a obra da Unidade da Mulher e da Criança, anexo ao HU, continuem bloqueados. Na semana passada, Geraldo e dirigentes da UFGD estiveram em Brasília (DF) para debater o assunto. 

Promessa – No início de março, quando esteve em Dourados visitando o local, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, disse que a obra não seria paralisada por falta de recursos federais, quase dois meses depois, o ministro da Economia, Paulo Guedes, anunciou o contingenciamento de gastos na educação, incluindo R$ 20 milhões que seriam destinados ao HU. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

“Sessões cheias” devem garantir mandatos de suplentes
Sumido após Itaipu, Marun aparece em documentário na Netflix
Lista com exonerações deve ser publicada nesta semana
Sob intervenção, Funsaud tem comissão de auditoria extinta
“Transparência” causa discussão acalorada entre vereadores

Mais Lidas

DOURADOS
Trans e namorado são presos suspeitos de extorquir cliente após programa
FRONTEIRA
Homem assassinado em estacionamento de shopping é ex-policial
DOURADOS
Jovem morre ao bater moto contra carreta parada no Água Boa
DOURADOS
Homem escapa de tiros na Vila Toscana; ex-namorada e o atual dela seriam os autores