Menu
Busca segunda, 16 de setembro de 2019
(67) 9860-3221
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

Soraya faz quarta viagem internacional em 4 meses de mandato

Comentários, críticas e sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com

04 junho 2019 - 00h04

Enquete – Na opinião da maioria dos internautas que participaram da enquete proposta pelo Dourados News, 47,99% dos 621 votantes acreditam que os atos pró-Bolsonaro fortalecerão o governo dele. Já 34,78% acreditam em nada mudar e 17,23% creem que essas manifestações vão enfraquecê-lo politicamente. 

Identificado – A Polícia Civil já teria identificado de onde saiu o documento entregue à Câmara de Dourados pedindo a cassação do vereador Olavo Sul (Patriota), já que a autora do pedido de cassação do parlamentar ainda não foi encontrada. 

Turistando – Em quatro meses completo como senadora, Soraya Thronicke (PSL) embarcou para mais uma viagem internacional. Desta vez, a sul-mato-grossense está em Berlim, na Alemanha, participando de um evento sobre o meio-ambiente no país europeu. A agenda se estende até o dia 8 de junho. 

Críticas – A medida gerou uma série de críticas por parte de internautas à senadora de primeiro mandato, já que na noite de ontem o Senado votou a MP-871, que visa coibir fraudes no INSS e ela não estava presente. Além da Alemanha, Soraya já passou por Estados Unidos, Israel, Uruguai e China, o último, como eleita, ainda não exercendo o mandato. 

Manteve – A Secretaria de Governo da prefeitura voltou atrás e tornou sem efeito a suspensão do processo licitatório para escolha da agência de publicidade do município, mantendo assim, a data para abertura dos envelopes no dia 8 de julho de 2019. 

Pede música? – Pela terceira vez desde que foi inaugurado, em 2015, o Hospital Regional de Cirurgias Eletivas, em Dourados, substituirá a sua gestão. Antes administrado pelo Hospital Evangélico, o local passou aos cuidados da Gamp, que pediu a rescisão de contrato com o governo do Estado após pouco mais de um ano. 

Atendimento – De acordo com o secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, apesar da saída da Organização Social, os atendimentos continuam a ocorrer na unidade hospitalar de média complexidade. Uma nova organização deve assumir o Hospital Regional nos próximos dias. 

Viagem – Enquanto isso, o secretário tenta impedir que os recursos para a obra da Unidade da Mulher e da Criança, anexo ao HU, continuem bloqueados. Na semana passada, Geraldo e dirigentes da UFGD estiveram em Brasília (DF) para debater o assunto. 

Promessa – No início de março, quando esteve em Dourados visitando o local, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, disse que a obra não seria paralisada por falta de recursos federais, quase dois meses depois, o ministro da Economia, Paulo Guedes, anunciou o contingenciamento de gastos na educação, incluindo R$ 20 milhões que seriam destinados ao HU. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Aos poucos, estratégias são montadas visando 2020 e 22
Dois meses após pedir demissão, secretário continua no cargo
Partido cobra R$ 350 em seleção para filiados que pretendem disputar eleição em 2020
Deputado promete bomba, entrega “traque” e expõe empresário nomeado em seu gabinete
Greve geral volta a assombrar prefeitura de Dourados

Mais Lidas

DOURADOS
Carro roleta Marcelino, bate em moto e deixa jovem ferida
TRAGÉDIA
Homem morre e três ficam em estado grave em acidente na MS-429
MS
Motorista morre após bater carro em árvore em rodovia
POLÍCIA
Adolescente capota carro com droga na BR-463