Menu
Busca sexta, 18 de janeiro de 2019
(67) 9860-3221
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

Sindicato cobra prefeitura por atraso nos salários de dezembro

Comentários, críticas e sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com

10 janeiro 2019 - 00h04

Comando – O vereador Alan Guedes estuda deixar o comando do Democratas em Dourados nos próximos dias. A alegação é de que agora, como presidente da Câmara, terá que destinar tempo ainda maior para as atividades do Legislativo. 

Assume – Caso deixe mesmo a frente do partido, o também vereador e vice-presidente municipal da sigla, Cido Medeiros, assume o posto. Só pra lembrar, apesar da ‘dobradinha’, o atual presidente não teve apoio do correligionário – que preferiu votar contrário à chapa do colega - na eleição da Mesa Diretora da Câmara. 

Transparência – Por falar em Alan, em um dos primeiros atos no comando da Casa, o parlamentar se reuniu com o promotor Ricardo Rotunno, da 16ª Promotoria de Justiça para buscar uma solução breve em relação ao Portal da Transparência, fora do ar desde que o contrato com a Quality, empresa que realiza a gestão do software e envolvida no esquema de fraudes em processos licitatórios no Legislativo, foi encerrado. 

Encontro – Reinaldo Azambuja (PSDB) se encontrará pela primeira vez com o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni (DEM) depois que ele assumiu o cargo oficialmente. O encontro está agendado para o dia 24 de janeiro e o tema debatido será a segurança pública na região de fronteira. 

Ausência – Aliás, a fronteira Oeste do país sempre foi ‘pauta’ não só dentro do governo federal, como também entre candidatos ao cargo, porém, poucas ações concretas foram realizadas. E, ao contrário do que sempre é prometido, assistimos à diminuição de efetivo e pouco investimento em equipamentos para o combate de ilícitos, principalmente em Mato Grosso do Sul, principal corredor brasileiro do tráfico de drogas. 

Segurança – A presença da Força Nacional em Caarapó, palco de recentes conflitos entre produtores rurais e indígenas, continuará por mais 90 dias. A portaria foi publicada no Diário Oficial da União e assinada pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro.

Ufa! – Enfim, as obras de reforma do PAM (Posto de Assistência Médica) começaram em Dourados. Foram pelo menos 18 meses desde o anúncio dos recursos destinados ao local até o início da reforma do local, que está praticamente em ruínas. 

Cobrança – O atraso dos salários dos servidores públicos municipais foi motivo de cobrança por parte do Simted (Sindicato Municipal dos Trabalhadores em Educação) de Dourados, que encaminhou ofício ao gabinete da prefeita Délia Razuk (PR) pedindo justificativa sobre o fato. A previsão é de que os valores estejam na conta nesta quinta. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Detonados por viagem à China, parlamentares de MS respondem 'guru' de Bolsonaro
Vereador tentou entrar na Câmara fora do expediente e acabou barrado
Gestão sem rumo: Délia tem quase metade do secretariado de interinos
Lentidão da prefeitura atrapalha conscientização da população
Ex-secretário nos anos 1980 pode assumir Planejamento de Dourados

Mais Lidas

VINGANÇA
Após execução, fronteira entra em alerta para “guerra sangrenta” por domínio do tráfico
FRONTEIRA
Ex-candidato a prefeito, tio de narcotraficante é executado em Ponta Porã
DOURADOS
Homem danifica carro por vingança em estacionamento de hipermercado e acaba preso
PARANHOS
Operação contra traficantes que abasteciam morros cariocas prende dois em MS