Menu
Busca quinta, 01 de outubro de 2020
(67) 99659-5905
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

Senadora de MS quer ‘Voz do Brasil’ na televisão

Comentários, críticas e sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com

04 novembro 2019 - 00h04

Folha – Ao declarar deserta a licitação para a contratação de instituição bancária para gerenciar a folha de pagamento de mais de 7 mil servidores públicos municipais, a prefeitura de Dourados ‘engatilha’ a prorrogação do contrato com o Banco do Brasil, existente desde 2014.

Recusa – O Conselho Universitário da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados) recusou na quinta-feira, a implantação do Future-se, programa do governo federal lançado em julho e que até o momento não emplacou.

Encontro – Campo Grande sediará no próximo dia 9 o seminário ‘Mulheres Democratas e a Participação Efetiva na Política’. A intenção é fortalecer a atuação política das mulheres do partido em Mato Grosso do Sul. O encontro se estenderá a outras três cidades em novembro, Três Lagoas, Coxim e Corumbá. 

Trinca – Jorge Augusto Ramos Lopes, o Peu, é o terceiro ex-secretário do governo Délia Razuk a deixar a titularidade da pasta e retornar em cargos comissionados. Antes dele, Zé Elias e Patrícia Donzelli Bulcão deixaram Planejamento e Governo e tempos depois retornaram ao mandato. 

Obrigatoriedade – A exemplo do que ocorre na radiodifusão, a senadora Soraya Thronicke (PSL) apresentou projeto para obrigar as emissoras de televisão a apresentarem, nos mesmos moldes da ‘Voz do Brasil’, programa obrigatório de 1h em horário nobre com as notícias do governo.

Cálculos – Apesar do espaço a ser cedido à presidência ser gratuito, a divulgação dessas ações além de gerar altos custos ao cofre público, é também uma forma de campanha antecipada àqueles que estão no poder. 

Corredor – A intenção de transformar a rua Floriano Peixoto num corredor gastronômico a partir do projeto de revitalização da via, ainda em 2014, vem se concretizando com a abertura de novos restaurantes na rua e seus arredores. 

Extra – O aumento desses estabelecimentos também leva oportunidades àqueles que atuam na informalidade. Com bares e restaurantes lotados, ambulantes aproveitavam para faturar um extra. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Assembleia proíbe deputados candidatos de fazer campanha durante sessões
‘Santinhos virtuais’ começam a tomar espaço nas redes sociais
Maiores colégios eleitorais de MS concentram mais de 10% dos candidatos às prefeituras
Campanha ‘tiro curto’ tem início na eleição do ‘novo normal’
Internado com coronavírus, deputado liga do hospital para colega de Casa

Mais Lidas

DECIBÉIS
Operação do Gaeco mira fraudes em licitações e cumpre cinco mandados em Dourados
INVESTIGAÇÃO
Policiais do Gaeco fazem nova operação em Dourados
CAPITAL
Mulher com mandado de prisão em aberto é executada com oito tiros
DOURADOS
Gaeco deixa edifício com documentos apreendidos após mais de 5h