Menu
Busca terça, 15 de outubro de 2019
(67) 9860-3221
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

Senadora anuncia “maternidade” de projeto e é rebatida por ex-reitora da UFGD

Comentários, críticas e sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com

27 setembro 2019 - 00h04

Frigideira – O racha no PSL sul-mato-grossense ganhou mais um ingrediente com o suposto ‘fogo-amigo’ denunciado ontem pelo deputado estadual Coronel David, que alega ter tido o celular hackeado. Na noite de quarta, o partido repudiou as falas do parlamentar insinuando sobre a desconfiança. 

Quente – Da ala da senadora Soraya Thronicke, o deputado federal Tio Trutis (PSL/MS) disse, por meio de rede social, não compactuar com o voto favorável de Coronel David concedendo a Comenda de Mérito Legislativo ao ex-senador pelo PT, Delcídio do Amaral, atualmente comandando o PTB em Mato Grosso do Sul. 

Mãe – Por falar em Soraya, a professora Liane Calarge, que deixou a reitoria da UFGD esse ano, questionou ‘propaganda’ feita pela parlamentar nas redes sociais se colocando como ‘mãe’ na conquista de um local específico para a implantação de um posto de saúde do programa ‘Escola Básica’ que leva atendimento à população através de projetos universitários. 

Anúncio – No dia 18 de setembro, a senadora posou ao lado da reitora pro tempore Mirlene Ferreira Macedo Damázio, anunciando ter interferido junto à Superintendência do Patrimônio da União em Mato Grosso do Sul (SPU/MS), a autorização para o uso do imóvel do DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte), em Dourados, para a instalação do projeto. 

Resposta – Uma semana depois, Liane usou as redes sociais para ‘avisar’ a parlamentar que a idealização do projeto para utilizar o local teve início em 2016, durante a gestão dela, e já estava em andamento. No fim, ‘agradeceu’ a senadora por ‘abraçar o nosso projeto’, conforme relatado pela ex-reitora. 

Baixa – A prefeita Délia Razuk publicou decreto exonerando o ex-secretário de Saúde do Município, Vagner da Silva Costa. Ele assumiu em janeiro desse ano a pasta e menos de um mês depois entregou o cargo para a atual titular, Berenice de Oliveira Machado. Vagner atuava desde então como adjunto. 

Sumiu – Reunião do Couni (Conselho Universitário) da UFGD realizada ontem contou até com a presença da Guarda Municipal de Dourados e da Polícia Militar no local, porém, a reitora pro tempore Mirlene Ferreira Macedo Damázio não compareceu. 

Protesto – Nomeada no cargo diante do imbróglio envolvendo a lista tríplice da Universidade desde junho deste ano, a servidora não conta com a simpatia da comunidade acadêmica. Ontem, durante a reunião, balões alaranjados e uma faixa com os dizeres “abaixo a privatização do ensino público e contra a intervenção na UFGD” foram fixados na parede do auditório da Unidade I. 

Convenção – O MDB realiza hoje na Seleta, em Dourados, convenção para escolha da nova diretoria do partido no município. A eleição acontece entre 14h e 18h e reelegerá o atual presidente da legenda, Renato Câmara. Além dele, a chapa terá ainda o empresário Issao Iguma como candidato a vice-presidente, o ex vice-prefeito Odilon Azambuja como secretário-geral e o professor da Uems (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) Wilson Brum, tesoureiro.

Chegada – No mesmo evento o partido filiará aproximadamente 20 novos membros e também elegerá a diretoria do MDB Mulher em Dourados. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Favorável a ampliação enquanto vereadora, Délia agora quer diminuir perímetro urbano
Relacionamento entre correligionários é cada vez pior
Sugestão de secretário pega mal dentro da prefeitura
Senadora volta a “ignorar” correligionários e mantém exposto racha no PSL de MS
Eleição para conselheiro tutelar tem tumulto e vereador hostilizado

Mais Lidas

DOURADOS
Comandante da Guarda manda recolher modelos de espingardas que causaram morte de homem
CORUMBÁ
Corpos de trabalhadores mortos em fazenda são levados para Guia Lopes
DOURADOS
Homem é espancado por grupo no Centro durante roubo
PEDRO JUAN
Motorista de aplicativo é morto com 15 tiros na fronteira