Menu
Busca Quinta, 19 de Outubro de 2017
(67) 9860-3221
UFGD - Outubro 2017
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

Semana "curta", mas, quente em Dourados

10 Outubro 2017 - 00h03

Curta - Deputados estaduais realizam hoje a única sessão da semana na Assembleia Legislativa antes do ‘recessão’ por conta dos feriados em celebração a criação de MS e Nossa Senhora Aparecida, quarta e quinta-feira.

Identidade - Por falar em criação de Mato Grosso do Sul, o Estado comemora 40 anos da divisão, porém, ainda formando a sua ‘identidade’, misturada a histórias de paulistas, gaúchos, paranaenses, nordestinos, paraguaios e pessoas de todo o país que viram aqui, excelente oportunidade de vida.

Dados - Com população de 2.713.147 – dados do IBGE em 2017 -, MS é o 7º menos populoso do país, porém, apesar de agrícola, possuí a 5ª maior taxa de urbanização entre as unidades da federação.

Protesto - Guardas municipais prometem ato hoje em Dourados em protesto por melhorias para a categoria. 

Estranho – Soa estranho o pedido de exoneração feito ontem por Elizabeth Salomão na Assecom, principalmente no momento em que a prefeitura trabalha para não desgastar sua imagem por conta das possíveis e prováveis mudanças no PCCR.

Recomendação – Aliás, o projeto de ajustes do Plano acabou não entrando em pauta na sessão de ontem da Câmara após a administração municipal atender recomendação do MPE (Ministério Público Estadual) por mais debate com o funcionalismo público.

Trocou - Militante histórico do PT em Mato Grosso do Sul, o ex-deputado e ex-presidente do partido, Antônio Carlos Biffi, trocou de sigla e integra agora o time do PDT.

Denúncia - A Câmara dos Deputados começa hoje a análise da 2ª denúncia contra o presidente Michel Temer (PMDB). Apresentada pela Procuradoria-Geral da República, trata-se de acusação de organização criminosa e obstrução de justiça. 

Denúncia 2 - Como na primeira denúncia realizada em agosto e que não teve aval dos parlamentares, por se tratar de autoridades com foro privilegiado, ela só pode ser analisada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) com a autorização da Câmara, ou seja, se dois terços dos 513 deputados votarem em plenário favorável à continuidade do processo na Justiça. 


Comentários, críticas e sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com

Deixe seu Comentário

Leia Também

Mudança de lado de senadores de MS garantiu “vitória” de Aécio
Deputado é vaiado e dá bronca em funcionários da JBS
Deputados retomam sessões após uma semana
Vereador e secretário atrasaram salários de servidores quando prefeitos de Dourados
MP quer explicações sobre hospital parado há quase um ano

Mais Lidas

BATAYPORÃ
Carta deixada por pai que matou filha não tem relação com o crime
VENTO E TERRA
Ventos e ‘tempestade de terra’ deixa douradenses em estado de atenção
ESTRELA PORÃ
Pai é suspeito de ter estuprado a filha em Dourados
DOURADOS
Juiz manda prefeitura exonerar temporários e convocar aprovados em concurso