Menu
Busca Quinta, 14 de Dezembro de 2017
(67) 9860-3221
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

Semana "curta", mas, quente em Dourados

10 Outubro 2017 - 00h03

Curta - Deputados estaduais realizam hoje a única sessão da semana na Assembleia Legislativa antes do ‘recessão’ por conta dos feriados em celebração a criação de MS e Nossa Senhora Aparecida, quarta e quinta-feira.

Identidade - Por falar em criação de Mato Grosso do Sul, o Estado comemora 40 anos da divisão, porém, ainda formando a sua ‘identidade’, misturada a histórias de paulistas, gaúchos, paranaenses, nordestinos, paraguaios e pessoas de todo o país que viram aqui, excelente oportunidade de vida.

Dados - Com população de 2.713.147 – dados do IBGE em 2017 -, MS é o 7º menos populoso do país, porém, apesar de agrícola, possuí a 5ª maior taxa de urbanização entre as unidades da federação.

Protesto - Guardas municipais prometem ato hoje em Dourados em protesto por melhorias para a categoria. 

Estranho – Soa estranho o pedido de exoneração feito ontem por Elizabeth Salomão na Assecom, principalmente no momento em que a prefeitura trabalha para não desgastar sua imagem por conta das possíveis e prováveis mudanças no PCCR.

Recomendação – Aliás, o projeto de ajustes do Plano acabou não entrando em pauta na sessão de ontem da Câmara após a administração municipal atender recomendação do MPE (Ministério Público Estadual) por mais debate com o funcionalismo público.

Trocou - Militante histórico do PT em Mato Grosso do Sul, o ex-deputado e ex-presidente do partido, Antônio Carlos Biffi, trocou de sigla e integra agora o time do PDT.

Denúncia - A Câmara dos Deputados começa hoje a análise da 2ª denúncia contra o presidente Michel Temer (PMDB). Apresentada pela Procuradoria-Geral da República, trata-se de acusação de organização criminosa e obstrução de justiça. 

Denúncia 2 - Como na primeira denúncia realizada em agosto e que não teve aval dos parlamentares, por se tratar de autoridades com foro privilegiado, ela só pode ser analisada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) com a autorização da Câmara, ou seja, se dois terços dos 513 deputados votarem em plenário favorável à continuidade do processo na Justiça. 


Comentários, críticas e sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com

Deixe seu Comentário

Leia Também

Deputado acusa Sesai de direcionar edital para ONG sediada em Dourados
Clima esquenta entre deputados após indicação de Moção a Marun
Sem popularidade, Marun enterra reeleição para assumir ministério
Média de transparência pública tem queda em Dourados
Deputado ironiza fala de juiz pré-candidato

Mais Lidas

BARBÁRIE
Acusado de esquartejar mãe é levado para audiência
DOURADOS
Homem encontrado morto estava acorrentado e jogado no rio Dourados
DOURADOS
Juiz manda acusado de esquartejar a mãe para hospital da Capital
DOURADOS
Após denúncia, polícia encontra revólver e pistola com homem