Menu
Busca quinta, 21 de março de 2019
(67) 9860-3221
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

Prefeitura se silencia em novo escândalo de corrupção

Comentários, críticas e sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com

15 março 2019 - 00h03

Tour – Mais um integrante da bancada sul-mato-grossense no Congresso viajará aos Estados Unidos com todas as despesas pagas pelo contribuinte. Agora, o senador Nelsinho Trad (PSD) fará parte da comitiva do presidente Jair Bolsonaro (PSL) que deixa o país no domingo. 

Time – A agenda começa no próprio dia 17 e termina com um encontro com Donald Trump, marcado para o dia 19. Além do parlamentar de MS, embarcam para terras estadunidenses seis ministros, entre eles, a da Agricultura, Tereza Cristina (DEM) e o da Justiça, Sérgio Moro. 

Mais tour – Na semana passada, a senadora Soraya Thronicke (PSL) também esteve nos Estados Unidos acompanhada da ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves. Antes, a senadora havia se deslocado à China, porém, a visita ocorreu antes dela tomar posse no Senado. 

Quina – Com pouco mais de dois anos de mandato a prefeita Délia Razuk (PR) vê a sua administração amargar a quinta operação policial, a quarta voltada para fraudes em processos licitatórios. Além das três fases da Pregão, a Purificação, que mira irregularidades na contratação de empresa para servir alimentos a servidores e pacientes do Hospital da Vida, ocorreu em fevereiro. 

Vem mais – E, infelizmente, pelo andar da carruagem, outras ações dentro da mesma Pregão devem ocorrer nos próximos meses devido a novos episódios observados a cada etapa das investigações.

Silêncio – Também chama a atenção o silêncio da prefeita Délia Razuk (PR) diante de mais um escândalo no ‘coração financeiro’ de sua administração. Não houve qualquer tipo de pronunciamento por parte da chefe do Executivo nesse sentido. 

Tragédia – Já sobre a tragédia em Suzano (SP), que resultou na morte de 10 pessoas e checou todo o país, na manhã de quarta-feira, a prefeita publicou um belo texto em suas redes sociais. 

Viagem – Por falar na prefeita, ela encerrou agenda em Brasília (DF) na quarta e já retornou a Dourados. Na capital federal ela se encontrou com alguns integrantes da bancada sul-mato-grossense em busca de recursos e investimentos para o Município. 

Teste? – Ao que parece, mesmo diante de ações independentes, as processantes instauradas para apreciar o pedido de cassação de quatro vereadores tinham a intenção de ‘sentir’ a população. Diante da reação negativa das duas primeiras, contra Idenor Machado (PSDB) e Denize Portollan (PR), Carlito do Gás (Patriota) definiu pela continuação das investigações contra Pedro Pepa (DEM).

Negado – O juiz Luiz Alberto de Moura Filho negou o pedido de liberdade feito pela defesa de Denize Portollan, presa desde 31 de outubro, quando foi desencadeada a primeira fase da Operação Pregão. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Tucanos e petistas já se movimentam pensando nas eleições municipais
Agora como vereadora, Marinisa tem novo ‘embate’ com educadores
Pressão popular deve ser mantida para Câmara cassar vereadores
MDB quer dar a "volta por cima" usando Puccinelli mais uma vez
Prefeitura se silencia em novo escândalo de corrupção

Mais Lidas

PREJUÍZO
Chuva forte derruba árvores e deixa ruas alagadas em Dourados
IMPETUS
“Central de inteligência” do PCC que planejava matar servidores de MS é desarticulada na PED
PONTA PORÃ
Chuva forte causa transtornos e casal cai de moto em meio a enxurrada; veja vídeo
DOURADOS
Defesa Civil mantém alerta com “chuvarada” que deve continuar na região