Menu
Busca segunda, 14 de outubro de 2019
(67) 9860-3221
COLUNA

Saúde

Fernanda Viana

Nutrição na prevenção e no tratamento da celulite

contatonutrifernanda@gmail.com

25 fevereiro 2018 - 23h02

Não existem dúvidas de que a alimentação exerce papel fundamental na estética corporal. Devido aos hormônios, gestação, disposição adiposa, entre outros, as mulheres estão mais predispostas ao aparecimento de desarmonias no corpo e entre as principias queixas está o aparecimento da tão temida celulite, que está presente em 90% das mulheres, atingindo mesmo adolescentes e pessoas com peso saudável.  

A celulite é uma desordem de causas múltiplas que pode vir a surgir na dieta hipercalórica, pobre em fibras, vitaminas, minerais e água, no uso de álcool e no sedentarismo alguns dos fatores desencadeantes.

Recursos eletroterápicos, cosméticos, manuais e nutricionais são apontados como opções de tratamento, sempre associados à diminuição do álcool, cigarro e à manutenção hábitos saudáveis.

Vale destacar que a ingestão de alimentos corretos ajuda a combater a celulite antes mesmo dela aparecer. Então como dever ser uma dieta para prevenção da celulite? A alimentação deve ser rica em frutas, verduras, alimentos integrais e carboidratos de baixo índice glicêmico como maçã, pera, ameixa, pães de fibras, queijos, laticínio magros, leguminosas (lentilha, feijão) e oleaginosas (castanhas, amêndoas). Deve-se evitar os doces e os excessos de farinhas brancas. 

Muitos não sabem, mas as fibras dietéticas apresentam maior eficácia na redução do apetite, e consequentemente na ingestão energética, encontradas em frutas, hortaliças, ou até mesmo a betaglucana (presente na aveia e cevada). Além disso, as fibras dietéticas são largamente utilizadas na prevenção e tratamento da constipação intestinal e, ainda, na redução da resposta glicêmica pós-prandial, após refeições em alta carga glicêmica. Assim, evita-se a celulite, ocorre a promoção da função intestinal, contribuindo na eliminação de toxinas do organismo.

É indicada ainda a inclusão de alimentos com propriedades antioxidantes e termogênicas à dieta. Os antioxidantes por combaterem os radicais livres e auxiliarem na adequada circulação e eliminação de toxinas do organismo, e os termogênicos por serem coadjuvantes na redução de gordura corporal. Dentre os alimentos antioxidantes, destacam-se o açafrão da terra (ou cúrcuma), azeite de oliva extra virgem, chá verde, frutas cítricas (limão, laranja, abacaxi, etc.), frutas vermelhas (amora, mirtilo, cereja, açaí etc.), linhaça, peixes de águas frias (salmão, atum, sardinha, arenque) e uvas roxas com sementes. Propriedades termogênicas são encontradas na pimenta vermelha, o café, gengibre, salmão e canela. 

No mais, reeduque seus hábitos e procure um nutricionista! A reeducação alimentar é baseada em uma dieta equilibrada contendo todos os grupos de alimentos (cereais integrais, frutas, verduras, legumes, leite e derivados, e as carnes magras em geral). Com isso, a manutenção do peso fica mais fácil, uma dieta equilibrada é capaz de suprir todas as necessidades do corpo. Procure também diminuir consumo de sal que causa retenção de líquidos e edemas e de alimentos gordurosos e frituras.

Especialização em Nutrição Esportiva, Terapia Nutricional, Nutrição Clínica e Fitoterapia - CRN3 27940. Escreve para o Dourados News

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Alho: um poderoso fitoterápico
O que você não sabia sobre dietas restritivas
A importância do café da manhã para crianças e adolescentes
Como a alimentação pode auxiliar a minimizar os sintomas do tempo seco
O que são e como controlar os triglicerídeos?

Mais Lidas

CLIMA
Previsão aponta dias chuvosos e queda de temperatura em Dourados
DOURADOS
Acionados para atender queda de moto, Bombeiros só encontram vítima no local
DOURADOS
Clima fica tenso com índios presos em confrontos às margens da Perimetral Norte
MS
Idosa é atingida por jaca durante procissão e precisa ser socorrida