Menu
Busca segunda, 22 de julho de 2019
(67) 9860-3221
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

Nos bastidores, trabalho para salvar vereadores é forte

Comentários, críticas e sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com

10 maio 2019 - 00h03

Tensão – Às vésperas do fim do prazo para as comissões processantes que podem cassar os mandatos de três vereadores apresentarem os pareceres, o clima é de tensão nos corredores da Casa. Com ‘divisões’ entre os parlamentares, pouco se fala a respeito de como serão tomadas as decisões por parte desses grupos formados para analisarem os processos. 

Isca – Empurrando as decisões com a barriga, os presidentes dessas comissões dão brechas cada vez maiores de que Denize Portollan (PR) não passou de uma ‘isca’ para a sociedade, tentando agora livrar pelo menos um entre Idenor Machado (PSDB), Cirilo Ramão (MDB) e Pedro Pepa (DEM).

Dificuldade – Ontem, a reportagem do Dourados News tentou contato com os presidentes e relatores para posicionamentos sobre o caminhar dessas comissões, porém, houve dificuldade para se conseguir uma entrevista. Em dois telefonemas atendidos, a justificativa em não poder falar era de que estavam em reuniões. Já a assessoria do vereador Carlito do Gás (Patriota), que preside a comissão que investiga Pedro Pepa (DEM), disse que o parecer seria entregue nos próximos dias. 

Movimentação – Gente que conhece bem os bastidores da Casa garante que, reuniões e encontros para se analisar a estratégia e tentar salvar os acusados são cada vez maiores, incluindo a ‘convocação’ de colegas que caminharam ‘abraçados’ durante esses quase dois anos e meio de mandato. 

Pesos – Levando pela lógica da votação unanime da perda dos direitos políticos de Denize na noite de terça-feira, não há como imaginar que, diante de evidências parecidas nos casos da Pregão e Cifra Negra, os parlamentares afastados possam ter algum outro destino a não ser a cassação. 

Defesa – Ex-deputado federal e ex-ministro de Michel Temer, Carlos Marun, classificou, em vídeo gravado e publicado em redes sociais, como ‘absurda’ a volta do ex-presidente à prisão. Conhecido pela fidelidade a Temer, Marun continua fazendo coro pela inocência do ‘ex-patrão’. 

Expoagro – Começa hoje a 55ª edição da Expoagro, em Dourados. Serão 10 dias de feiras com shows, palestras, leilões, exposição de maquinários e julgamento de raças que devem fomentar a economia local ao longo do período. 

Autoridades – Como de costume, a feira também deve ser um ‘desfile’ de autoridades, principalmente durante a manhã de sábado, quando ocorre a abertura oficial do evento, às 10h.

Presença – Entre os que confirmaram presença, está o secretário especial da Secretaria de Assuntos Fundiários do governo Jair Bolsonaro (PSL), Luiz Antônio Nabhan Garcia, e o governador Reinaldo Azambuja (PSDB).

Primeira – Aliás, após ter tomado posse para o segundo mandato, em 1º de janeiro deste ano, essa será a primeira vez do governador em Dourados. A última visita dele na cidade ocorreu em outubro de 2018, às vésperas do segundo turno das eleições. 
  

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Reunião para tratar cortes no aeroporto tem ‘sessão nostalgia’
Deputados federais de MS custaram mais de R$ 5,7 milhões em 2019
MP nega arquivamento de Inquérito que apura falta de médicos nos postos de saúde
Derrotado nas urnas em 2016 cuidará de departamento em Dourados
De olho na prefeitura, deputado diz que não há convite do DEM a Délia

Mais Lidas

DOURADOS
Homem morre após bater moto em carro parado na Marcelino Pires
AMAMBAI
Morto a tiros em frente a conveniência era 'braço direito' de Jarvis Pavão
RIBAS DO RIO PARDO
Avô e neta morrem após caminhonete bater de frente em carreta
CAPITAL
Acidente entre dois carros e carreta mata motorista na BR-163