Menu
Busca sexta, 22 de março de 2019
(67) 9860-3221
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

Município e Estado comemoram números “virtuais” de emprego

Comentários, críticas e sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com

08 março 2019 - 00h03

Ato – A Praça Antônio João, em Dourados, será palco de ato pelo Dia Internacional da Mulher, celebrado hoje. Denominado ‘Mulheres unidas contra o fascismo’, a ação começa as 14h e abordará temas como feminicídio, defesa da previdência, democracia e direitos. 

Multa – A quantidade de terreno baldio tomado pelo mato em Dourados é absurda e talvez isso ajude a explicar o fato da cidade já estar inserida como de média incidência entre os 79 municípios sul-mato-grossenses em relação às notificações por dengue. Tá na hora da ‘lei da dengue’ começar a apertar esses proprietários.

Virtual – Tanto o Município, quanto o Estado, ‘comemoram’ números do Caged de janeiro que não são reais. Por mais que as contratações em Dourados – refletindo também em Mato Grosso do Sul – tenham sido altas, a mão de obra empregada não é daqui e sim de outras unidades da federação. 

Explicando – Em janeiro, a Missão Evangélica Caiuá, ONG criada para atender a saúde indígena, realizou 4.309 contratações, porém, empregou em Dourados apenas 128 pessoas nesse setor e no Mato Grosso do Sul, pouco mais de 700. Os outros 3.602 estão espalhados por Estados a qual a Organização possuí convênios firmados junto ao Governo Federal. Ou seja, as contratações são contabilizadas pelo Caged aqui, mas o emprego fica fora. 

Reais – Contando os números reais, conforme mostrado pelo Dourados News na sexta-feira (veja aqui), Dourados terminou janeiro com 240 postos de trabalho fechados, enquanto MS teve saldo positivo de 2.492 admissões e não 6.094 como o propagandeado. 

Retorno – Após dias ‘turistando’ em Jerusalém enquanto as sessões parlamentares ocorriam normalmente na Assembleia Legislativa, o deputado estadual Onevan de Matos (PSDB), retornou ontem às atividades na Casa. 

Explicações – Alvo de críticas pela ação realizada, o deputado não se preocupou, pelo menos ontem sobre o motivo de sua ausência da Assembleia nesse período.  

Substituto – Única secretária a se manter na função desde o início do governo Délia Razuk (PR), a secretária de Desenvolvimento Econômico, Rose Ane Vieira, será substituída por Edevaldo Sétimo Carollo entre os dias 11 e 25 de março, período em que a titular da pasta gozará férias. 

Campanha – A senadora Soraya Thronicke (PSL) praticamente ‘lançou’ o deputado estadual de primeiro mandato, Capitão Contar (PSL) à prefeitura de Campo Grande na disputa do próximo ano. Em sua conta no Facebook, a parlamentar escreveu: “Capitão Contar, o nome que Campo Grande precisa”. 

Saindo – Aliás, as atitudes da senadora já causam o primeiro racha no partido, com a possibilidade do também deputado estadual, Coronel Davi (PSL), abandonar o barco em busca de mais espaço. Em entrevista à imprensa da Capital ontem, durante sessão da Assembleia, ele afirmou estar procurando outros partidos para se filiar.  

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Neno Razuk sai em defesa da mãe na Assembleia
Tucanos e petistas já se movimentam pensando nas eleições municipais
Agora como vereadora, Marinisa tem novo ‘embate’ com educadores
Pressão popular deve ser mantida para Câmara cassar vereadores
MDB quer dar a "volta por cima" usando Puccinelli mais uma vez

Mais Lidas

DOURADOS
Tripla colisão deixa dois feridos em cruzamento movimentado
DOURADOS
Universitária morre no HV quatro dias após acidente de moto
RIO BRILHANTE
Dono de oficina baleado pela manhã morre no Hospital da Vida
OPERAÇÃO PREGÃO
Investigações apontam assinatura de morta em contrato de empresa de refrigeração com prefeitura