Menu
Busca terça, 21 de maio de 2019
(67) 9860-3221
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

Material escolar chega dois meses após início das aulas em Dourados

Comentários, críticas e sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com

17 abril 2019 - 00h03

Bateu – O vereador Juarez de Oliveira (MDB) criticou, sem citar nomes, secretários de Délia Razuk (PR) que segundo ele não merecem ocupar os cargos. O parlamentar reclamou ainda ter dificuldades em ser atendido em seus pedidos. A exceção foi o secretário de Serviços Urbanos interino, Fabiano Costa, que recebeu elogios. 

Tampão – Aliás, o tempo vai passando e os interinos do governo Délia vão ficando. Ainda são quatro titulares de pasta “tampões”. Além de Fabiano, Upiran Gonçalves permanece à frente da Funed, Kallen Christiany na Agricultura Familiar e Marise Aparecida Biachi na Secretaria Municipal de Obras Públicas, completam o time. 

UPA – Enfim, alguém levantou a bandeira para a construção de uma nova UPA (Unidade de Pronto Atendimento) em Dourados. A vereadora Lia Nogueira (PR) cobrou do Executivo que se ‘movimente’ e se articule politicamente para que o projeto possa ter andamento e desafogar a única unidade existente na cidade.  

Aproximação – A participação da prefeita Délia Razuk (PR) no encontro com vereadores e o secretário de Infraestrutura e vice-governador, Murilo Zauith (DEM), serviu para aproximar a administração municipal, isolada politicamente ao longo de mais de dois anos, do parlamento local. 

Articulação – Mesmo bombardeada constantemente na Casa – com razão - por conta da administração que deixa a desejar, a chefe do Executivo tem trocado informações com mais frequência junto aos vereadores da oposição e outras lideranças importantes para o município.

Da área – Produtor rural, o vereador Silas Zanata (PPS) foi a única autoridade presente na coletiva realizada ontem pelo Sindicato Rural de Dourados para apresentar detalhes sobre a Expoagro. 

Invisível – Vice-prefeito e ex-presidente do Sindicato Rural, Marisvaldo Zeuli não deu o ar da graça no encontro. ‘Invisível’ na atual gestão municipal, o antecessor de Lúcio Damália poderia ter saído da ‘toca’ e prestigiado o ato realizado pelos colegas.

Fraude – Esquema desmontado pelo Gaeco em Água Clara na manhã de ontem se assemelha ao que ocorria em Dourados e que resultou na Operação Cifra Negra. Um vereador e dois ex-vereadores são suspeitos de participar de esquema de fraudes em licitações que resultaram em desvios que podem chegar a R$ 900 mil. 

Material – Escolas da Rede Municipal de Ensino vão começar a receber ao longo da semana os kits de material escolar para o ano letivo que se iniciou em fevereiro. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Relator e presidente de processante vão contra a própria decisão
Após salvar investigados de cassação, base deve votar pela perda de mandato de Idenor
Relação entre vereadores “azeda” após absolvições e oposição estuda CPI com relatórios da CGU
Pepa e Idenor devem ter o mesmo destino de Cirilo: absolvição
Pepa e Cirilo serão absolvidos por quem?

Mais Lidas

ITAPORÃ
PM da reserva morre em acidente próximo a ponte do Rio Santa Maria
DOURADOS
Comissão vota contra o próprio parecer e Idenor se salva de cassação
EDUCAÇÃO
Inscrições do Encceja 2019 começam nesta segunda-feira
DOURADOS
Ex-líder da prefeita Délia Razuk é alvo de pedido de cassação