Menu
Busca quinta, 18 de abril de 2019
(67) 9860-3221
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

Lia Nogueira assume vaga de Denize e “cutuca” colegas de Casa

Comentários, críticas e sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com

07 novembro 2018 - 23h03

Ferrovia – Usado como instrumento de campanha do ex-governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), na tentativa frustrada de se eleger ao Senado, a ferrovia ligando Dourados ao Porto de Paranaguá (PR) ficará por conta do novo chefe do Executivo daquele Estado, Ratinho Júnior (PSD).

Mais ferrovia – Em entrevista à imprensa paranaense dias após conquistar o pleito ainda no 1º turno, o governador eleito colocou a estrada de ferro entre as prioridades durante o seu mandato. Antes, claro, o trajeto passará por estudos de viabilidade para a definição de um modelo de concessão da ferrovia. 

Pregão – Uma semana após desencadeada a Operação Pregão, que apura fraudes em licitações em Dourados, os quatro alvos do Ministério Público continuam presos. O ex-secretário João Fava Neto e o ex-diretor do departamento de licitações, Anilton Garcia de Souza, além do empresário Messias José da Silva, se encontram na PED. Já a vereadora Denize Portolann (PR), no presídio feminino de Rio Brilhante. 

Novidade – Por falar em Denize, a jornalista Lia Nogueira (PR), segunda suplente na coligação que ajudou a eleger Délia Razuk (PR) à prefeitura, assumiu ontem a vaga deixada por ela após pedido de licença de 120 dias. A cerimônia foi simples e ocorreu as 10h na Câmara.

Nas redes – Ao saber de sua posse, na terça-feira, a jornalista comemorou nas redes sociais. “Amanhã é a posse! Vamos ocupar uma das cadeiras da Câmara de Vereadores de Dourados. Digo vamos porque não serei eu, mas sim as 1.254 pessoas que nas eleições de 2016 acreditaram que era possível fazer política com honestidade, com praticamente nada de recurso, mas com dignidade e humildade. Foi sofrido, foi árduo, mas Deus nos deu agora a vitória! Tenham a certeza que vou honrar o voto de confiança de cada um. Obrigada Dourados! Nossa história a gente começa a escrever agora!!”, publicou no Facebook.

Posse – Os vereadores do PR, Júnior Rodrigues, Bebeto e Jânio Miguel, além da presidente da Casa, Daniela Hall (PSD), participaram da cerimônia de posse da nova colega de Casa, que fará o juramento na segunda-feira. 

Ausência – Pouco antes da assinatura da posse, Lia Nogueira deu a famosa ‘cornetada’ nos outros vereadores que não estiveram presentes no ato. “Cadê os outros colegas? Me deixaram aqui sozinha?”, questionou. 

Ministério – A deputada federal Tereza Cristina (DEM) vai mesmo fazer parte do governo do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL). Na equipe de transição dos mandatos como representante da FPA (Frente Parlamentar da Agropecuária), ela foi indicada ao cargo pela bancada ruralista e confirmada por Bolsonaro através de sua conta no twitter. 

Visita – Como sempre as agendas de autoridades internacionais de direitos humanos nas aldeias do município são cercadas de ‘segredo’. Ontem, a comissária da CIDH (Comissão Interamericana de Direitos Humanos), Antonia Urrejola e a chefe de gabinete da comissão, Marisol Blanchard, passaram por Caarapó e Dourados, sem dar muita 'trela' à imprensa. 

Em 2016 – Há pouco mais de dois anos, a relatora especial da ONU (Organização das Nações Unidas) para os Direitos e as Liberdades Fundamentais dos Povos Indígenas, Victoria Tauli-Corpuz, passou por aqui na mesma situação. Entrou muda e saiu calada. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

MP arquiva duas investigações contra a prefeitura de Dourados
Material escolar chega dois meses após início das aulas em Dourados
MP prorroga investigação contra Juarez de Oliveira no caso “empenha 200 contos”
Senadora de MS sugere ser alvo de ‘fogo amigo’ em seu partido
Deputados saem em defesa ministra após episódio das ‘mangas’

Mais Lidas

DOURADOS
Polícia prende dois e acaba com "tribunal” que poderia resultar em morte no Canaã I
DOURADOS
Corpo desovado no IV Plano é de homem que matou e jogou mulher dentro de poço há 6 anos
VIOLÊNCIA
Corpo é encontrado ‘ensacado’ em Dourados
DOURADOS
Homem foi espancado e enrolado em lençóis antes do corpo ser desovado no IV Plano