Menu
Busca domingo, 16 de junho de 2019
(67) 9860-3221
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

Final de semana de convenções pode ter surpresas

Comentários, críticas e sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com

03 agosto 2018 - 00h03

Da Redação 

 

Prazo – Termina no domingo o prazo para partidos políticos realizarem suas convenções partidárias. Após definição dos nomes e coligações, os postulantes terão até o dia 15 de agosto para registrar a candidatura junto a Justiça Eleitoral. 

Decisão – Os olhos amanhã estarão voltados principalmente para a decisão do ‘misterioso’ DEM. Apesar do partido acenar mais para o projeto tucano de reeleição do atual governador Reinaldo Azambuja, há quem acredite em candidatura própria ou ainda, na aliança com o MDB.

Vices – Até agora, apenas dois postulantes ao governo de MS indicaram o nome do vice para a disputa. O petista Humberto Amaducci concorrerá ao lado de Luciene Silva, também do PT, enquanto Marcelo Bluma (PV) terá Maria Bernardelli (Rede).

Liderança – Apontado como uma das mais novas lideranças do MDB sul-mato-grossense, o deputado estadual Renato Câmara é nome forte para ser indicado como vice da pré-candidata ao governo pelo partido, Simone Tebet, caso a sigla dispute a eleição com chapa pura.

Recuo – Ainda repercutia muito o recuo do PDT em lançar a radialista Keliana Fernandes como vice do juiz aposentado Odilon de Oliveira, na quinta-feira. Áudios do passado envolvendo o nome dela ‘pipocavam’ pelo aplicativo whatsapp.

Fogo amigo – Há quem garanta que toda essa situação surgiu de ‘fogo amigo’ com receio de ficar isolado na disputa que se aproxima. 

Convenção – E, em meio à polêmica sobre Keliana, o Podemos, um dos partidos que bateu o pé contra a sua indicação na majoritária, realiza hoje, às 19h, na Câmara da Capital, sua convenção visando o pleito deste ano. 

Divulga – A ferramenta DivulgaCand das eleições 2018 já está disponível para a consulta de partidos e candidatos já registrados junto à Justiça Eleitoral para o pleito de outubro. Na página, é possível encontrar dados dos concorrentes, lista de bens declarados, certidões e prestações de contas ao longo da campanha.

Nomes – Em Mato Grosso do Sul, até o momento apenas cinco nomes, todos do Novo e visando o cargo de deputado federal, foram registrados, faltando pouco menos de duas semanas para o fim do prazo. Em todo o país são 281 situações oficializadas, 126 para concorrer a deputado estadual.

Cancelada – Uma agenda marcada de última hora impediu a visita do ministro da Saúde, Gilberto Occhi, a Mato Grosso do Sul, ontem. Ele anunciaria recursos para a saúde do Estado e visitaria o Hospital de Câncer Alfredo Abrão e a Santa Casa da Capital.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

TAC obriga postos a doarem combustível em Dourados após aumento abusivo
Deputado diz que se aposenta após mandato: “já deixei a vida pública”
Conversas entre Moro e Dallagnol repercutem entre parlamentares de MS
Se acatada recomendação, novos julgamentos de vereadores já têm ordens definidas
Murilo garante DEM em majoritária e prevê “união” com tucanos em Dourados

Mais Lidas

POLÊMICA
Dono da Havan manda “recado” a manifestantes após protesto em frente a loja de Dourados
DOURADOS
Jovem é preso com arma de fogo após disparar e errar tiros contra desafeto da mãe
CARUMBÉ
Morto em colisão frontal contra caminhão tinha 58 anos
DOURADOS
Polícia suspeita que grupo tenha assassinado tio e sobrinho na aldeia