Menu
Busca segunda, 18 de março de 2019
(67) 9860-3221
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

Final de semana de convenções pode ter surpresas

Comentários, críticas e sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com

03 agosto 2018 - 00h03

Da Redação 

 

Prazo – Termina no domingo o prazo para partidos políticos realizarem suas convenções partidárias. Após definição dos nomes e coligações, os postulantes terão até o dia 15 de agosto para registrar a candidatura junto a Justiça Eleitoral. 

Decisão – Os olhos amanhã estarão voltados principalmente para a decisão do ‘misterioso’ DEM. Apesar do partido acenar mais para o projeto tucano de reeleição do atual governador Reinaldo Azambuja, há quem acredite em candidatura própria ou ainda, na aliança com o MDB.

Vices – Até agora, apenas dois postulantes ao governo de MS indicaram o nome do vice para a disputa. O petista Humberto Amaducci concorrerá ao lado de Luciene Silva, também do PT, enquanto Marcelo Bluma (PV) terá Maria Bernardelli (Rede).

Liderança – Apontado como uma das mais novas lideranças do MDB sul-mato-grossense, o deputado estadual Renato Câmara é nome forte para ser indicado como vice da pré-candidata ao governo pelo partido, Simone Tebet, caso a sigla dispute a eleição com chapa pura.

Recuo – Ainda repercutia muito o recuo do PDT em lançar a radialista Keliana Fernandes como vice do juiz aposentado Odilon de Oliveira, na quinta-feira. Áudios do passado envolvendo o nome dela ‘pipocavam’ pelo aplicativo whatsapp.

Fogo amigo – Há quem garanta que toda essa situação surgiu de ‘fogo amigo’ com receio de ficar isolado na disputa que se aproxima. 

Convenção – E, em meio à polêmica sobre Keliana, o Podemos, um dos partidos que bateu o pé contra a sua indicação na majoritária, realiza hoje, às 19h, na Câmara da Capital, sua convenção visando o pleito deste ano. 

Divulga – A ferramenta DivulgaCand das eleições 2018 já está disponível para a consulta de partidos e candidatos já registrados junto à Justiça Eleitoral para o pleito de outubro. Na página, é possível encontrar dados dos concorrentes, lista de bens declarados, certidões e prestações de contas ao longo da campanha.

Nomes – Em Mato Grosso do Sul, até o momento apenas cinco nomes, todos do Novo e visando o cargo de deputado federal, foram registrados, faltando pouco menos de duas semanas para o fim do prazo. Em todo o país são 281 situações oficializadas, 126 para concorrer a deputado estadual.

Cancelada – Uma agenda marcada de última hora impediu a visita do ministro da Saúde, Gilberto Occhi, a Mato Grosso do Sul, ontem. Ele anunciaria recursos para a saúde do Estado e visitaria o Hospital de Câncer Alfredo Abrão e a Santa Casa da Capital.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

MDB quer dar a "volta por cima" usando Puccinelli mais uma vez
Prefeitura se silencia em novo escândalo de corrupção
Fiel ao governo, vereador diz “morrer abraçado” com prefeita se for preciso
Buraqueira vira piada até para vereadores da base aliada
"Pizzaria corporativista": vereadores ignoram provas para salvar colegas presos de cassação

Mais Lidas

DOURADOS
Colisão termina com mulher presa nas ferragens e semáforo no chão
POLÍCIA
Mulher é morta pelo marido com golpes de machadinha na frente do filho
FEMINICÍDIO
Vendedora morta pelo marido mostrava carinho pelos filhos e começava nova jornada na educação
APÓS CHUVAS
Erosão “engole” parte de rodovia em MS