Menu
Busca sexta, 26 de abril de 2019
(67) 9860-3221
COLUNA

Saúde

Fernanda Viana

Fake News sobre alimentos e o câncer

E-mail: contatonutrifernanda@gmail.com

10 fevereiro 2019 - 23h02

Constantemente, as redes sociais são inundadas por informações sobre alimentos milagrosos ou vilões da vida saudável. Para os pacientes com câncer, essas informações podem causar confusão e estimular práticas perigosas. De acordo com o INCA (Instituto Nacional do Câncer) essas dietas restritivas carecem de estudos que comprovem sua eficácia e segurança durante o tratamento oncológico.

Existem milhares de sites que fornecem dietas populares e milagrosas que vem sendo divulgadas e utilizadas para tratamento de doenças e inclusive em oncologia. Você não sabia, mas cogumelo do sol, noni, graviola, chá de graviola e chá verde não tem o poder em curar o câncer, pois não existem alimentos que, milagrosamente, curam o câncer. Na verdade, uma alimentação saudável é composta por diferentes tipos de alimentos protetores, como frutas, legumes, verduras, feijões e outras leguminosas, cereais integrais, castanhas e outras oleaginosas. 

A Nutrição de um paciente oncológico é um tratamento adjuvante que tem o objetivo de manter ou melhora o estado nutricional, fortalecendo e capacitando o paciente para que ele consiga realizar o tratamento que necessita e ter a chance de cura ou melhor prognóstico e qualidade de vida. Dietas restritivas (sem carboidratos ou proteínas) são limitadas em macro e micronutrientes e contribuem para piora do estado geral desses indivíduos que precisam ser avaliados em sua amplitude. Devemos levar em consideração as alterações fisiológicas, emocionais e efeitos colaterais do tratamento, respeitando acima de tudo a sua individualidade metabólica. É de fundamental importância que a nutrição seja baseada em evidências aliada ao bom senso, ética e sobretudo a vivência clínica.

No mais, recomenda-se que os pacientes oncológicos sigam uma dieta individualizada e estratégica, sempre acompanhada por um especialista. Para prevenção do câncer, é aconselhada uma alimentação saudável, com privilégio de alimentos in natura e exclusão dos produtos ultraprocessados.

Especialização em Nutrição Esportiva, Terapia Nutricional, Nutrição Clínica e Fitoterapia - CRN3 27940. Escreve para o Dourados News

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Os segredos por trás dos prazeres do chocolate
Associação entre exposição materna a inseticidas e autismo em crianças
Não acredite em tudo que você lê sobre nutrição
A alimentação ajuda no tratamento da dengue
O que comer para aumentar a produção do leite materno?

Mais Lidas

DOURADOS
Vídeo mostra momento em que carona desce da moto e executa dono da lava-rápido no Jardim Pantanal
CAMPO GRANDE
Empresa demite funcionário por debochar de currículos em redes sociais
DOURADOS
Mulher é presa dentro de ônibus com 19 pacotes de skunk
DOURADOS
Auditoria da CGU revela irregularidades e superfaturamentos em contratos da Funsaud