Menu
Busca sábado, 07 de dezembro de 2019
(67) 9860-3221
COLUNA

Saúde

Fernanda Viana

É possível comer de maneira saudável em restaurantes?

E-mail: contatonutrifernanda@gmail.com

11 novembro 2019 - 00h02
O número de pessoas no Brasil que realizam suas refeições fora de casa vem crescendo significativamente nos últimos anos. Almoçar ou jantar em restaurantes por quilo é a opção de muita gente para os dias mais corridos ou por quem preza pela variedade e escolha de cada ingrediente do prato. No entanto, há quem acabe exagerando na hora de comer nesses locais, prejudicando a saúde - o que mostra a importância de saber como montar pratos saudáveis também fora de casa.
 
Nos restaurantes a variedade de alimentos oferecidos é imensa. Portanto, basta ter cuidado, apenas na hora de montar o prato. Frente a tantas opções em um restaurante self-service, confira algumas dicas para montar um prato saudável no dia a dia:
 
Escolha um restaurante que possua cardápio elaborado por nutricionista;
 
Priorize aquele que possui uma boa variedade de saladas, legumes, verduras e frutas. Cuidado com a salada. É importante que ela tenha passado por um processo de higienização adequado. Ao entrar no restaurante, observe como as saladas estão dispostas no buffet do local, se tem resíduo de sujeira, areia ou bichos. O mais seguro é escolher as saladas cozidas ou refogadas;
 
Pense antes de colocar no prato. Os buffets sempre oferecem mais de uma opção saborosa, escolha sua preferida, com bom senso;
 
Uma refeição ideal deve conter variedade, todos os grupos de alimentos e cinco cores diferentes;
 
Escolha pelo menos uma opção de alimentos energéticos (como arroz, pães, massas e batatas), proteicos (como frango, peixe e ovos), além das proteínas vegetais (feijão, lentilha, grão de bico, soja), e não esqueça dos legumes, verduras e frutas;
 
Ao escolher a carne atente-se para a quantidade de gordura que está presa à carne. Essa parte deve ser retirada antes do preparo, mesmo que apenas uma parte para diminuir a quantidade de gordura sem prejudicar o sabor, pois sabemos que é justamente a gordura que dá a suculência e sabor. Prefira as opções grelhadas ou assadas, pode-se substituir também por omelete ou ovos;
 
Deixe a sobremesa somente para ocasiões especiais. Caso opte pela sobremesa, dê prioridade para as opções com frutas e consuma com moderação. Evite a combinação de alimentos ricos em leite (pudim, sucos preparados com leite) junto com a refeição. O cálcio presente nestes alimentos interfere na absorção de ferro contido na sua refeição;
 
Prefira não consumir bebidas durante as refeições. Caso não consiga retirá-las, evite bebidas com açúcar (sucos industrializados, refrigerantes e etc.);
 
No mais, sem neuras! Você não precisa comer só alimentos saudáveis todos os dias da semana, se permita comer um pedaço de lasanha ou outra massa. Você só não pode aderir esse hábito todos os dias. É claro que comer em casa, uma refeição elaborada pela família é muito mais indicado, porém com atitudes realistas e respeitando nossos padrões culturais e preferências individuais, podemos eliminar maus hábitos, ajustar a quantidade e melhorar a qualidade da alimentação garantindo assim a saúde e bem-estar. 
 
*Especialização em Nutrição Esportiva, Terapia Nutricional, Nutrição Clínica e Fitoterapia - CRN3 27940. Escreve para o Dourados News. 
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Pedra na vesícula: o papel da dieta na prevenção
Guavira: fruto símbolo do Mato Grosso do Sul
A influência da mídia na alimentação infantil
É possível comer de maneira saudável em restaurantes?
A importância da mastigação para o desenvolvimento infantil

Mais Lidas

LOTERIA
Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 3 milhões
ECONOMIA
Brasil e Paraguai terão livre comércio de automóveis
CAMPO GRANDE
Bêbado, motorista fura sinal e mata motociclista
DOURADOS
Jovem tem moto furtada no Jardim Tropical