Menu
Busca Sexta, 15 de Dezembro de 2017
(67) 9860-3221
Corpal - Dezembro 2017
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

Deputado ironiza fala de juiz pré-candidato

07 Dezembro 2017 - 00h03

Regional – Está agendado para o dia 11 de dezembro a seleção da organização social que ficará com a gestão do desativado Hospital de Cirurgias Eletivas da Grande Dourados. 

Parado – O local está sem realizar cirurgias desde novembro do ano passado quando paralisou as atividades para manutenção, ajudando aumentar o número de pessoas na fila de espera no município, que chega a quase 2,5 mil, segundo levantamento realizado pelo Conselho Federal de Medicina.

Transparência – O Ministério Público Federal divulga nesta quinta-feira, às 9h, em Campo Grande, a quarta edição do ranking dos portais da transparência em Mato Grosso do Sul. 

Salários – Servidores da prefeitura de Dourados que recebem até R$ 5 mil terão o dinheiro disponível na conta a partir de amanhã. Já em relação ao 13º do funcionalismo, ainda não há uma data específica. 

Escalonamento – Esse já é o terceiro mês consecutivo em que a administração escalona os salários dos servidores. Em outubro receberam em dia aqueles com rendimentos mensais de até R$ 4,2 mil e no mês seguinte, R$ 3,8 mil.

Cutucada – O deputado estadual Paulo Siufi (PMDB) ‘cutucou’ o juiz aposentado Odilon de Oliveira, pré-candidato do PDT ao governo do Estado, na sessão de ontem da Assembleia Legislativa. 

Sem discriminação – Para o parlamentar, o PMDB não fará discriminação para alianças visando as eleições do ano que vem, remetendo recado dado pelo magistrado após sua filiação ao partido. “O Odilon diz que não fará alianças com investigados, ele esquece que o presidente do partido dele é um deles”, disse, citando o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, como um dos políticos alvo da Justiça.

Convite – Por fim, usou da ironia e convidou o deputado Onevan de Matos (PSDB), que presidia a sessão no momento de seu pronunciamento, para se juntar ao PMDB. “Obrigado, mas estou bem no meu partido”, respondeu o parlamentar, aos risos.

Saída – Ex-prefeito de Dourados José Elias Moreira pediu exoneração e deixou o cargo de secretário de Planejamento na administração Délia Razuk (PR) na manhã de ontem. Ainda não foi designado substituto.

Fiscalizador – A saída do experiente político se deu no mesmo dia em que a prefeita o nomeou o agora ex-secretário como um dos representantes para compor o Fundo Fiscalizador Municipal de urbanização.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

CCR se cala e gera indignação de moradores
Deputado acusa Sesai de direcionar edital para ONG sediada em Dourados
Clima esquenta entre deputados após indicação de Moção a Marun
Sem popularidade, Marun enterra reeleição para assumir ministério
Média de transparência pública tem queda em Dourados

Mais Lidas

DOURADOS
Dez são detidos na 2ª fase da Operação Thanos
THANOS
Megaoperação cumpre mandados em bairros de Dourados
AQUIDAUANA
Corpo de ex-presidente da OAB é encontrado carbonizado na BR-419
JOÃO PAULO II
Homem é encontrado morto em cozinha de quitinete