Menu
Busca sexta, 19 de julho de 2019
(67) 9860-3221
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

Deputado diz que se aposenta após mandato: “já deixei a vida pública”

Comentários, críticas e sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com

13 junho 2019 - 00h04

Turbilhão – Quando tudo parecia terminado, a Câmara de Dourados volta a viver momentos de tensão devido às recentes tomadas de decisões do Ministério Público e da Justiça em relação aos quatro parlamentares afastados sob suspeita de participação em esquemas de corrupção. 

Jurídico – Após a recomendação do Ministério Público para que sejam anuladas as sessões especiais que pediam a cassação de Idenor Machado (PSDB), Denize Portollan (PR) – única cassada -, Cirilo Ramão (MDB) e Pedro Pepa (DEM), a defesa de Denize conseguiu, junto ao TJMS, derrubar a medida que determinou o seu afastamento do cargo. 

Cassada – Mesmo com a decisão, ela continua fora da função de vereadora, já que teve o mandato cassado por quebra de decoro parlamentar. Agora, a defesa entrou com medida para anular a sessão que tirou de Denize, por unanimidade, os direitos políticos.

Convivência – Após a farra com o erário público, local antes considerado a ‘sala da felicidade’ para muita gente, passou a ser administrado, digamos, com pulso mais firme pelo novo comandante, gerando insatisfação àqueles que ainda insistem em brincar com o que não lhes pertence. 

Debate – Após debate acalorado sobre as conversas entre o ministro Sérgio Moro e o procurador Deltan Dallagnol, na sessão de terça-feira, na Assembleia de MS, o deputado estadual Pedro Kemp (PT) usou a palavra ontem logo no início para amenizar o clima na Casa. “Aqui não temos inimigos, mas adversários políticos”, resumiu, após embate travado com Capitão Contar (PSL) e Barbosinha (DEM).

Folga – Servidores públicos municipais poderão estender o feriado de Corpus Christi, em 20 de junho, após a prefeita Délia Razuk (PR) decretar ponto facultativo para o dia seguinte, em Dourados. Na data, apenas serviços essenciais estarão à disposição da população.

Esclarecimento – Postulante a cargo legislativo nas últimas eleições municipais em Dourados foi encaminhado à delegacia na manhã de ontem, durante a Operação Depuração que apura suspeitas de irregularidades na prefeitura de Rio Brilhante, para prestar depoimento. 

Segurança – MPF (Ministério Público Federal) e lideranças indígenas debaterão, na segunda-feira, em Campo Grande, o pouco efetivo policial nas aldeias sul-mato-grossenses. A violência tem tomado conta dessas regiões, principalmente pelo elevado consumo de álcool e drogas. 

Aposentadoria? – Ao responder a jornalistas durante a sessão de ontem na Assembleia, o deputado estadual Zé Teixeira (DEM) deixou no ar a possibilidade de se aposentar da vida pública ao fim de seu mandato. “Já dei a minha contribuição”, disse. 

Família – Na semana passada, o parlamentar divulgou um vídeo contando a sua história de vida, dando destaque à família e relembrando momentos desde a sua infância, até a convivência com os filhos e netos. Zé Teixeira foi um dos alvos da Operação Vostok, deflagrada em setembro do ano passado, com base em depoimento de executivos da J&F. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Deputados federais de MS custaram mais de R$ 5,7 milhões em 2019
MP nega arquivamento de Inquérito que apura falta de médicos nos postos de saúde
Derrotado nas urnas em 2016 cuidará de departamento em Dourados
De olho na prefeitura, deputado diz que não há convite do DEM a Délia
Com reforma ainda no papel, município enfrenta insatisfação de servidores

Mais Lidas

FRONTEIRA
Pistoleiros são presos após executarem homem a tiros
DOURADOS
Delegado encerra Inquérito e aguarda perícia para saber se tiro que matou bioquímico foi acidental
DOURADOS
AGORA: Homem é baleado no Estrela Verá
FRONTEIRA
Suspeito de ter matado homem encontrado boiando em rio é preso