Menu
Busca segunda, 20 de maio de 2019
(67) 9860-3221
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

Délia volta a se reunir a portas fechadas com vereadores

Comentários, críticas e sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com

03 maio 2019 - 00h04

Reunião – A prefeita Délia Razuk (PR) volta a se reunir com vereadores nesta sexta-feira, às 14h, na Câmara de Dourados. O encontro acontece no Plenarinho e, além de parlamentares e a chefe do Executivo, deve contar com secretários da atual administração.

Trinca – Essa será a terceira reunião de Délia com os vereadores em pouco mais de um mês. Na primeira, no dia 27 de março, o clima não foi tão amistoso entre a prefeita e alguns legisladores, já na segunda, realizada no início de abril e com a presença do vice-governador, Murilo Zauith (DEM), a intenção foi pedir ajuda ao Estado para obra na avenida Presidente Vargas. 

Cobrança – A reunião desta tarde será mais uma vez em tom de cobrança e antes mesmo de acontecer, já gerava polêmica na Casa de Leis. A vereadora Daniela Hall (PSD) apresentou requerimento na sessão de segunda pedindo a presença da gestora na Câmara para explicações abertas à população sobre diversos assuntos relacionados a sua administração. 

Vencida – Porém, a medida acabou não aprovada – incluindo voto de parlamentares da oposição - após o líder da prefeita na Câmara, vereador Bebeto (PR), agendar o encontro com a chefe do Executivo. 

Tucanos – O secretário de Articulação Política do governo Reinaldo Azambuja (PSDB), Sérgio de Paula, assume amanhã a presidência regional do PSDB em Mato Grosso do Sul, em convenção que ocorre em Campo Grande. 

Atrito – A escolha do nome dele ocorreu em consenso após ‘queda de braço’ travada pelo atual comandante da sigla no Estado, deputado federal Beto Pereira, e a colega de Congresso, Rose Modesto, que disputavam a preferência dos tucanos. 

Round – Crítico ferrenho da atual administração desde que foi derrotado nas urnas, o secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende (PSDB), ganhou outro Razuk como ‘rival’. O deputado estadual Neno, filho da prefeita Délia Razuk (PR) cobrou asperamente Resende durante a sessão de ontem na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul. 

Dinheiro – Conforme o parlamentar, os repasses por parte da gestão da saúde estadual não vem sendo realizados pontualmente. 
Mais dinheiro – Pouco antes, a Secretaria de Estado de Saúde havia distribuído material à imprensa afirmando ter repassado a vários hospitais públicos, o montante de R$ 9 milhões, citando como exemplo os hospitais da Vida e Universitário, em Dourados. 

“Boca-suja” – Abaixo, o comentário de uma pessoa pública, eleita para legislar em prol dos cidadãos sul-mato-grossenses, em Brasília (DF). Fica aqui também o pedido de desculpas por tornar público o palavreado usado pelo deputado, que até o momento, pouco ou nada apresentou à população. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Após salvar investigados de cassação, base deve votar pela perda de mandato de Idenor
Relação entre vereadores “azeda” após absolvições e oposição estuda CPI com relatórios da CGU
Pepa e Idenor devem ter o mesmo destino de Cirilo: absolvição
Pepa e Cirilo serão absolvidos por quem?
Vereador cobra presidente de comissão processante por “cano” em reunião

Mais Lidas

DOURADOS
Mulheres são presas ao tentar levar droga para maridos na PED
RODOVIÁRIA
Mulher é presa em Dourados com maconha que seria entregue no RS
DOURADOS
Guarda flagra adolescentes bebendo vodka durante a madrugada no Centro
EDUCAÇÃO
Inscrições do Encceja 2019 começam nesta segunda-feira