Menu
Busca quarta, 26 de junho de 2019
(67) 9860-3221
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

Délia manda cortar despesas, mas diminuição de secretarias ainda não sai do papel

Comentários, críticas e sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com

30 maio 2019 - 00h04

Vitória... – O presidente Jair Bolsonaro (PSL) conseguiu, na noite de terça-feira, que o Senado aprovasse a Medida Provisória 870, tratando da reforma administrativa e que diminui a quantidade de ministérios em seu governo, passando de 29 para 22. 

...amarga – Porém, dentro do pacote, os parlamentares mantiveram o Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras) sob o comando do Ministério da Economia – antes aprovado pela Câmara - e não a cargo do ministro Sérgio Moro, da Justiça, como defendia o presidente. Se o texto da MP fosse modificado, voltaria à Câmara para ser analisado, podendo expirar o prazo final de sua apreciação, 3 de junho, próxima segunda. 

Votos – Todos os senadores sul-mato-grossenses se posicionaram favoráveis à reforma, incluindo no pacote o Coaf ‘fora’ das mãos de Moro. A única a se posicionar, e de forma simbólica contra o retorno do Conselho à Economia foi Simone Tebet (MDB). 

Personalidade? – Antes da votação, em seu twitter, Soraya afirmou que ela e seu partido queriam o Coaf com Moro, porém, cedeu e responsabilizou a Câmara dos Deputados por ter de se posicionar contrário: “Nós do PSL no Senado queremos que o COAF fique no Min. da Justiça com o Min Sérgio Moro (sic). Infelizmente o comando da Câmara inviabilizou tudo isso. Cair a MP 870 é grave. Segundo o Presidente, o COAF pode voltar por veto ou por decreto. Depender da Câmara é suicídio”.

Comissão – O Diário Oficial do Município trouxe na edição de ontem a criação da comissão processante que analisará denúncia de crime de responsabilidade-administrativa contra o vereador Junior Rodrigues (PR), ex-líder da prefeita Délia Razuk (PR) na Casa. Marcelo Mourão (PRP), Silas Zanata (Cidadania) e Olavo Sul(Patriota), ocupam as funções de presidente, relator e membro, respectivamente. 

Negou – O presidente estadual do PDT, deputado federal Dagoberto Nogueira, negou, em vídeo encaminhado à imprensa, que tenha expulsado o deputado estadual Jamilson Name do partido. De acordo com o parlamentar, o correligionário pediu para sair e sua desfiliação foi aceita. No fim, ainda chamou Jamilson de ‘mentiroso, falso e mau-caráter’.

Viagem – Está agendado para a próxima terça-feira, 4 de junho, viagem do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) para participar de evento na cidade de Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia. Lá será assinado um termo de cooperação com o país vizinho, nas áreas de gás natural, ureia e agropecuária.

Conflito – Decreto de contingenciamento assinado pela prefeita Délia Razuk (PR) e publicado ontem em Diário Oficial deve ‘travar’ mais um duelo entre a atual administração e o funcionalismo público. A medida impede concessão de vantagem, aumento, reajuste ou adequação de remuneração a qualquer título aos servidores.

Corte – E, apesar da necessidade no corte de despesas, mais no que diz respeito a contratos e comissionados, Délia ainda não enxugou a máquina de seu governo, conforme prometido por ela no final do ano passado. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

“Sessões cheias” devem garantir mandatos de suplentes
Sumido após Itaipu, Marun aparece em documentário na Netflix
Lista com exonerações deve ser publicada nesta semana
Sob intervenção, Funsaud tem comissão de auditoria extinta
“Transparência” causa discussão acalorada entre vereadores

Mais Lidas

DOURADOS
Trans e namorado são presos suspeitos de extorquir cliente após programa
FRONTEIRA
Homem assassinado em estacionamento de shopping é ex-policial
DOURADOS
Jovem morre ao bater moto contra carreta parada no Água Boa
DOURADOS
Homem escapa de tiros na Vila Toscana; ex-namorada e o atual dela seriam os autores