Menu
Busca domingo, 16 de junho de 2019
(67) 9860-3221
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

Conversas entre Moro e Dallagnol repercutem entre parlamentares de MS

Comentários, críticas e sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com

12 junho 2019 - 00h04

Justificativa – Líder em gastos com passagens e diárias no Congresso nesses primeiros quatro meses de mandato usando pouco mais de R$ 20 mil, segundo o Portal da Transparência, a senadora Soraya Thronike (PSL) tentou justificar as quatro viagens ao exterior no período de forma ideológica. “A esquerda envia os seus, e estes há anos tomam conta da ONU, do Mercosul, e inclusive das pautas ambientais que demonizam o nosso país”.

Esquerda/Direita – A parlamentar de primeiro mandato alegou ainda a necessidade de um contraponto por parte da ‘direita’ nesse debate e relatou o fato de ter morado fora do país e falar inglês fluente para viajar tanto pelo mundo. “O Governo, a direita, deve enviar alguém para fazer o contraponto. A necessidade existe. Não somos um país fechado, até Cuba mantem relações internacionais. Quem deve ir? Falo inglês fluentemente, já morei fora do país, e tenho facilidade nessas questões internacionais, e como outros parlamentares, tenho realizado algumas missões fora, na defesa das pautas do Governo’. 

Interino – Em meio ao imbróglio diante da lista tríplice para assumir a reitoria da UFGD, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, nomeou para atuar de forma interina no comando da Universidade, Mirlene Ferreira Macedo Damázio. 

Tríplice – Mais do que isso, Weintraub ignorou a lista encaminhada pela Universidade ao MEC, causando manifestações da comunidade acadêmica contra a democracia universitária, que escolheu Etienne Biasotto como reitor para substituir Eliane Calarge.  

Aliança – Nota publicada em Na Lata! na segunda-feira (11/6) repercutiu na Câmara de Dourados durante a sessão de segunda-feira, no discurso do vereador Sérgio Nogueira (PSDB). 

Eleições - O parlamentar destacou a fala do vice-governador e secretário de Estado de Infraestrutura, Murilo Zauith (DEM), ao Dourados News na tarde de sexta-feira, durante encontro na Aced, sobre o processo eleitoral do ano que vem no município e a cada vez mais evidente aliança entre PSDB e DEM.

Mais aliança – Também na opinião de Sérgio Nogueira, o caminho deve mesmo ser o da disputa em conjunto entre as duas legendas visando a cadeira atualmente ocupada pela prefeita Délia Razuk (PR). “Estamos sonhando, conversando. Dessa conversa, deverá sair frutos”.

Exonerado – Foi publicado no Diário Oficial do Estado de ontem, a exoneração do chefe de gabinete da Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário), Pedro Carrilho de Arantes. O pedido foi feito pelo próprio servidor que atua há décadas na Agência. Pedro responde ação por ter soltado o filho da desembargadora do TRE-MS, Tânia Garcia Borges, que havia sido preso com cocaína e uma pistola.   

Cortes – Listão com o nome de vários servidores comissionados que perderão os cargos devido a determinação da prefeita Délia Razuk (PR), deve ser publicado em Diário Oficial até o final da semana. O prazo dado pela chefe do Executivo para os secretários realizarem os cortes necessários já se passou. A medida está dentro do contingenciamento de gastos de R$ 31 milhões decretados há duas semanas no Município. 

Crítica – Matérias publicadas pelo site The Intercept Brasil sobre as conversas entre o ministro da Justiça Sérgio Moro – então juiz federal – e o procurador da Lava-Jato, Deltan Dallagnol, repercutiram em MS. Na noite de segunda, Elias Ishy (PT) usou a Tribuna da Câmara de Dourados para questionar os envolvidos. Já na sessão de ontem, na Assembleia, o deputado estadual Pedro Kemp (PT) foi mais duro nas críticas. “Onde já se viu o juiz que julga, de combinados com quem denuncia? Isso mostra que era para que o Moro ganhasse a vaga de ministro. Ele não vale o prato que come”, disse. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

TAC obriga postos a doarem combustível em Dourados após aumento abusivo
Deputado diz que se aposenta após mandato: “já deixei a vida pública”
Conversas entre Moro e Dallagnol repercutem entre parlamentares de MS
Se acatada recomendação, novos julgamentos de vereadores já têm ordens definidas
Murilo garante DEM em majoritária e prevê “união” com tucanos em Dourados

Mais Lidas

DOURADOS
Jovem foi jogado ainda vivo dentro de poço e crime ocorreu por ciúme
COLT
Preso que ordenava mortes em ‘tribunais do crime’ é transferido de MS para o RN
POLÊMICA
Dono da Havan manda “recado” a manifestantes após protesto em frente a loja de Dourados
DOURADOS
Guarda vai atender furto e acaba prendendo homem por tráfico de drogas no Canaã 3