Menu
Busca terça, 22 de janeiro de 2019
(67) 9860-3221
COLUNA

Saúde

Fernanda Viana

Como comer de forma saudável fora do lar?

E-mail: contatonutrifernanda@gmail.com

03 dezembro 2018 - 00h04

O número de pessoas que realizam suas refeições fora de casa vem crescendo significativamente nos últimos anos. Segundo pesquisas recentes, os brasileiros estão gastando pelo menos 30% de sua renda mensal com alimentação. Não é à toa, pois boa parte deles passa mais tempo no trabalho do que em casa.

Seja por falta de tempo ou preferência, uma coisa é certa, não é fácil manter o equilíbrio e saúde entre as refeições quando a maioria delas são realizadas na rua. Ainda que não seja fácil, com algumas estratégias simples é possível eliminar de vez aquela culpa de comer fora. 

Como? Veja as dicas a seguir:

O ideal é sempre realizar um bom café da manhã nutritivo para começar bem o dia. Frutas, laticínios, vitaminas ou sucos de frutas acompanhados por um sanduíche natural preparado com pão integral e ingredientes frescos é uma excelente combinação para essa refeição, assim é possível começar o dia sem abusar de alimentos industrializados, mesmo estando fora de casa.

Priorize um almoço leve, sem abusar, uma maneira de fugir das tentações dos self-services ou dos pratos à la carte, é optar por salada com seus ingredientes preferidos, acompanhada por uma opção de carne magra. Assim, você poderá ter um almoço balanceado e extremamente saboroso. Associe leguminosas com feijões e grão de bico a esta combinação. 

Sobremesas não são proibidas, agora, se assim como grande parte da população, você não resiste a um docinho depois das refeições, não se preocupe, sobremesas também são permitidas em uma alimentação focada na saúde, prefira as frutas e evite sorvetes e doces com chantilly, são bastante calóricos.

No mais saiba escolher alimentos saudáveis, pobres em gorduras, sal, açúcares e conservantes e ricos em vitaminas, fibras e minerais, além disso, observar se o local onde costuma se alimentar é seguro do ponto de vista higiênico-sanitário, previnem doenças e promovem a qualidade de vida. Com atitudes realistas e respeitando nossos padrões culturais e preferências individuais, podemos eliminar maus hábitos, ajustar a quantidade e melhorar a qualidade da alimentação garantindo assim a saúde e bem-estar.

Especialização em Nutrição Esportiva, Terapia Nutricional, Nutrição Clínica e Fitoterapia - CRN3 27940. Escreve para o Dourados News

 

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Quando deve ser indicado um suplemento alimentar?
Dieta da felicidade
Dicas de como deixar mais saudável os encontros com os amigos
Exagerou no fim do ano? Confira dicas para enfrentar melhor a ressaca
Vai viajar? Veja algumas dicas para manter uma boa alimentação durante a sua viagem!

Mais Lidas

IVINHEMA
Assaltante é morto após invadir chácara, sequestrar duas vítimas e tentar roubar carros
DOURADOS
Rapaz é agredido com garrafa quebrada e acaba internado em estado gravíssimo no HV
BR-262
PRF aponta “erro” em divulgação de suicídio como causa de acidente com três mortes
POLÍCIA
Presos por sequestro em Ivinhema são identificados na Defron