Menu
Busca terça, 15 de outubro de 2019
(67) 9860-3221
COLUNA

Saúde

Fernanda Viana

Como a alimentação pode auxiliar a minimizar os sintomas do tempo seco

E-mail: contatonutrifernanda@gmail.com

23 setembro 2019 - 00h02

Diversas regiões do país têm apresentado tempo muito seco nos últimos dias. Essa condição climática favorece a manutenção dos poluentes no ar, o que potencializa os danos à saúde. 

Com a umidade do ar baixa, é comum apresentar efeitos no organismo, como sangramento nasal, mal-estar, tontura, pele seca, olhos vermelhos, boca seca e lábios rachados, sendo sintomas comuns nessas condições climáticas, o que pode resultar em desmaios e altos níveis de desidratação. Vale destacar que com o ar mais seco e poluído e os ambientes mais fechados, dificultam a filtração do oxigênio no organismo, e aumentam as chances de gripes e resfriados, crises alérgicas, asma, rinite e bronquite.

A alimentação é fundamental para amenizar os sintomas e riscos de problemas que comprometem a saúde nesta época do ano, mantendo uma alimentação saudável esses fatores podem diminuir, além do mais, determinados alimentos favorecem a hidratação, porém, existem alimentos que prejudicam este processo, contribuindo para maior perda de líquido e sais minerais. 

Os alimentos que não favorecem a hidratação devem ser controlados em épocas muito quente ou de baixa umidade do ar. Por exemplo, não é indicado o uso excessivo de chás, refrigerantes ou café, pois estas bebidas são diuréticas e não são tão eficazes para combater a desidratação. A melhor forma para hidratar o corpo é ingerindo água, sucos naturais, consumir muitas frutas e verduras.

Os grupos dos idosos e das crianças são os mais suscetíveis à desidratação. Por isso é preciso monitorar a alimentação deles. Para aqueles que dizem não gostar de beber água, uma alternativa para deixá-la mais atrativa é torná-la aromática. Basta adicionar folhinhas de hortelã, cascas de laranjas ou limão, erva cidreira ou até mesmo gotas do suco de frutas.

Muitos não sabem, mas existem alimentos que ajudam a prevenir problemas respiratórios. Pesquisas mostram que pessoas são mais afetadas por problemas respiratórios quando suas dietas são deficientes em determinados nutrientes. Pesquisadores destacam o poder das frutas nas ações respiratórias, principalmente as ricas em vitamina C, bem como em flavonoides e antioxidantes - muito encontrados nas frutas cítricas

- que inibem a produção de radicais livres. Foram identificados quatro alimentos que ajudam a melhorar a respiração, eles apoiam na absorção de nutrientes, possuem vitaminas que auxiliam no aumento da imunidade e são anti-inflamatórios naturais e combatem infecção por bactérias. Confira os alimentos:

- Frutas cítricas, como goiaba, laranja, acerola e tangerina. Elas são ricas em vitamina C e contribuem a imunidade e previnem gripe, resfriado e infecção das vias respiratórias.

- Linhaça, atua como emoliente sobre as mucosas, aliviando sintomas de problemas respiratórios.

- Gengibre, possui o gingerol, que é o composto que dá o sabor “picante” à raiz, ele é antioxidante e anti-inflamatório.

- Alho, possui alicina que combate infecções por bactérias, fungos e vírus.

No mais, lembre-se que a alimentação com alimentos frescos e ricos em nutrientes distribuídos em sua rotina apoia o funcionamento do sistema respiratório eficaz, a estar sempre com uma garrafa de água é uma boa maneira de se manter hidratado durante o dia. Mas deve-se tomar alguns cuidados para que ela não se torne problema e fonte de bactérias. É preciso mantê-las sempre frescas e limpas. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Alho: um poderoso fitoterápico
O que você não sabia sobre dietas restritivas
A importância do café da manhã para crianças e adolescentes
Como a alimentação pode auxiliar a minimizar os sintomas do tempo seco
O que são e como controlar os triglicerídeos?

Mais Lidas

DOURADOS
Comandante da Guarda manda recolher modelos de espingardas que causaram morte de homem
CORUMBÁ
Corpos de trabalhadores mortos em fazenda são levados para Guia Lopes
DOURADOS
Homem é espancado por grupo no Centro durante roubo
PEDRO JUAN
Motorista de aplicativo é morto com 15 tiros na fronteira