Menu
Busca terça, 19 de março de 2019
(67) 9860-3221
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

Câmara e prefeitura retornam de recesso com desafios

Comentários, críticas ou sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com

06 janeiro 2019 - 23h05

Retorno – Câmara e prefeitura retornam hoje às atividades após período de recesso. Na Casa de Leis, porém, os trabalhos ocorrem internamente e as sessões ordinárias estão agendadas para serem retomadas no dia 4 de fevereiro.

Posse – No mesmo dia, a nova Mesa Diretora da Câmara deve ser empossada formalmente, já que o processo de repasse dos cargos já ocorreu de forma documental e automática. Entre os primeiros ‘pepinos’ que os integrantes devem resolver é relacionado com o Portal da Transparência, já que o contrato com a Quality – investigada por corrupção na Operação Cifra Negra -, expirou em 31 de dezembro.

Reforma – Já pelo lado do Executivo, a prefeita Délia Razuk (PR) vai dar continuidade nos planos de reforma administrativa com a fusão de algumas pastas na intenção de cortar gastos. O projeto deve ser encaminhado à Câmara já no início do mês que vem.

Choque – A intenção da prefeita Délia Razuk (PR) com a troca de secretariado iniciada no ano passado atrelada a diminuição de pastas é dar um ‘choque’ em sua gestão, bastante criticada nesses dois primeiros anos.

Nomes – Outro desafio da prefeita é encontrar substitutos técnicos que possam comandar com maestria as secretarias atualmente comandadas por interinos. Na Saúde, o nome de George Takimoto já foi tentado, porém, o deputado estadual em final de mandato declinou do convite.

Time – Ministra da Agricultura de Jair Bolsonaro (PSL), a deputada Tereza Cristina (DEM) anunciou que nomeará o auditor sul-mato-grossense Fernando Silveira Camargo para comandar a Secretaria de Inovação, Desenvolvimento Rural e Irrigação do Ministério da Agricultura, pasta recém-criada no novo governo.

Fechado – A bancada tampão sul-mato-grossense na Câmara dos Deputados está completa. Junior Coringa (PSD) assumiu no lugar do novo ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta (DEM), Isaías Bittencourt (PRB) ocupa a vaga deixada por Geraldo Resende (PSDB) e recusada por Marçal Filho (PSDB) e Carla Stephanini (MDB) substitui a ministra da Agricultura, Tereza Cristina (DEM). Todos ficarão o mês de recesso no cargo e receberão salário de R$ 37 mil.

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Pressão popular deve ser mantida para Câmara cassar vereadores
MDB quer dar a "volta por cima" usando Puccinelli mais uma vez
Prefeitura se silencia em novo escândalo de corrupção
Fiel ao governo, vereador diz “morrer abraçado” com prefeita se for preciso
Buraqueira vira piada até para vereadores da base aliada

Mais Lidas

TRAGÉDIA
Família que morreu em acidente na BR-060 seguia para missa de colação de grau
BR-060
Morre no hospital terceira vítima de acidente na Capital
NAVIRAÍ
Corpo de foragido do semiaberto é encontrado em terreno baldio
SIDROLÂNDIA
Acidente entre carro e caminhão mata duas mulheres na BR-060