Menu
Busca segunda, 20 de maio de 2019
(67) 9860-3221
COLUNA

Saúde

Fernanda Viana

Cálcio não deve ser esquecido em nenhuma fase da vida

E-mail: contatonutrifernanda@gmail.com

29 abril 2019 - 00h02

O cálcio é um mineral importante para todas a funções vitais do organismo e não somente para osteoporose. Leite, iogurte, queijo, coalhada, e alguns vegetais são alguns alimentos fontes de cálcio. Este micronutriente é um dos sais minerais mais importantes para o organismo e responsável pela formação da massa óssea e dos dentes. Além de exercer papel fundamental no processo de contração dos músculos ainda atua na transmissão dos impulsos nervosos e no processo de coagulação sanguínea.

Um caso típico de alimentação não balanceada é a alta ou adequada ingestão de cálcio em certas fases da vida (crianças e idosos) e o esquecimento do nutriente em outras (fase adulta). Isso é muito preocupante, pois quando ocorre a privação do consumo do cálcio, não há cálcio circulante, então o organismo retira o que precisa dos ossos que funcionam como verdadeiros reservatórios desse nutriente, provocando o enfraquecimento das unhas, cãibras, pressão alta, irritabilidade, osteoporose, cárie dentária, entre outros. 

Diante do exposto, a alimentação é a base de uma saúde plena. Se o que comemos não nos proporciona os nutrientes necessários, nosso corpo reclamará. Essa é a regra que todos nós sabemos, mas não cumprimos.

Como o leite é uma das melhores fontes do cálcio, por mais que exista uma vertente contrária ao seu consumo, o leite traz benefícios à saúde, sim. Ele ajuda na prevenção da síndrome metabólica, na redução da pressão arterial, na prevenção do diabetes tipo 2 e, claro, da osteoporose, pois quando o assunto é ingestão de cálcio, a bebida ainda é uma das fontes mais importantes do nutriente.

Para que as pessoas com intolerância à lactose não prejudiquem a saúde pela falta do mineral, é possível encontrar no mercado várias fórmulas lácteas isentas de lactose e também os leites de soja enriquecidos com cálcio. Outra boa opção é se beneficiar por meio das fontes vegetais e realizar acompanhamento médico e nutricional.

Vale destacar que a formação da massa óssea não depende de um só mineral (cálcio). Há muitos outros nutrientes que agem em conjunto com o cálcio, entre eles vitaminas, minerais e aminoácidos. Por isso a importância de uma alimentação variada e balanceada. 

No mais, lembre-se: o leite e seus derivados não deixam de ser nutritivos e necessários quando nos tornamos adultos!

*Especialização em Nutrição Esportiva, Terapia Nutricional, Nutrição Clínica e Fitoterapia - CRN3 27940. Escreve para o Dourados News

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Como escolher o queijo mais saudável?
Açúcar escondido: como identificar no rótulo outros nomes para esse ingrediente?
Dormir pouco pode ser o culpado por fazer você engordar
Cálcio não deve ser esquecido em nenhuma fase da vida
Os segredos por trás dos prazeres do chocolate

Mais Lidas

DOURADOS
Mulheres são presas ao tentar levar droga para maridos na PED
RODOVIÁRIA
Mulher é presa em Dourados com maconha que seria entregue no RS
DOURADOS
Guarda flagra adolescentes bebendo vodka durante a madrugada no Centro
EDUCAÇÃO
Inscrições do Encceja 2019 começam nesta segunda-feira