Menu
Busca quinta, 21 de março de 2019
(67) 9860-3221
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

Buraqueira vira piada até para vereadores da base aliada

Comentários, críticas e sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com

13 março 2019 - 00h03

Troca – É cada vem mais evidente a troca de partido do juiz aposentado e ex-candidato ao governo de MS, Odilon de Oliveira. Atualmente no PDT, ele deve se filiar ao PSD com intuito de entrar na disputa pela prefeitura de Campo Grande no ano que vem, conforme informa matéria publicada no jornal Correio do Estado. 

Atrito – Odilon colecionou nesse período em que esteve no PDT, alguns atritos com a direção da sigla, principalmente na articulação de aliados para caminhar ao seu lado durante o pleito passado. 

Vice e senado – Um em especial ocorreu no anúncio e na ‘volta atrás’ do nome da radialista douradense Keliana Fernandes como vice em sua chapa e a ‘pulada de cerca’ do ex-senador Pedro Chaves (PRB), do partido que indicou o seu vice, para apoiar Reinaldo Azambuja (PSDB).

Presente – Secretários de Délia Razuk (PR) têm participado com mais frequência das sessões na Câmara de Vereadores de Dourados. A ordem é marcar presença para saber tudo o que vem acontecendo nos bastidores da Casa e também no plenário. 

Trombone – A vereadora Lia Nogueira (PR) não deixou barato o parecer das comissões processantes presididas por Junior Rodrigues (PR) e Romualdo Ramin (PDT) pelo o arquivamento dos pedidos de cassação de Idenor Machado (PSDB) e Denize Portollan (PR), suspeitos de envolvimento em esquemas de corrupção. 

Na Lata! - “Qual a história de vida que vocês querem deixar para o filho de vocês? (...) A nossa história de vida a gente escreve a caneta e não a lápis, para que meus filhos possam ver em mim um espelho e uma vida pautada pela moralidade”, discursou a vereadora que assumiu como segunda suplente, na noite de segunda-feira.  

Pedalada – O vereador Madson Valente (DEM) classificou como ‘pedalada moral’ a utilização de R$ 6 milhões da Cosip por parte da prefeitura. Recentemente o parlamentar cobrou explicações do Município sobre o uso do recurso e para onde ele teria sido destinado. 

Mais um – O vereador Sérgio Nogueira (PSDB) teve, segundo ele, o nome ventilado por lideranças do seu partido para disputar a prefeitura de Dourados no ano que vem. Além do parlamentar, outro nome citado pelos tucanos é o do deputado estadual Marçal Filho. 

Piada – A buraqueira em Dourados é tanta que até vereadores da base aliada da prefeita Délia Razuk (PR) têm feito piada com as crateras que se proliferam nas ruas da cidade diariamente. Numa delas, parlamentar chegou a falar que os buracos estavam diminuindo, insinuando, que, de tão grandes, já estavam se juntando e se transformando em apenas um.

Defesa – Parlamentares do chamado grupo independente e que não atuaram nas comissões processantes formadas para analisar os pedidos de cassação de quatro vereadores, dão como certa a utilização da mesma estratégia de Junior Rodrigues (PR) e Romualdo Ramin (PDT) para pedir o arquivamento dos processos contra Pedro Pepa (DEM) e Cirilo Ramão (MDB).

Deixe seu Comentário

Leia Também

Tucanos e petistas já se movimentam pensando nas eleições municipais
Agora como vereadora, Marinisa tem novo ‘embate’ com educadores
Pressão popular deve ser mantida para Câmara cassar vereadores
MDB quer dar a "volta por cima" usando Puccinelli mais uma vez
Prefeitura se silencia em novo escândalo de corrupção

Mais Lidas

PREJUÍZO
Chuva forte derruba árvores e deixa ruas alagadas em Dourados
IMPETUS
“Central de inteligência” do PCC que planejava matar servidores de MS é desarticulada na PED
PONTA PORÃ
Chuva forte causa transtornos e casal cai de moto em meio a enxurrada; veja vídeo
DOURADOS
Defesa Civil mantém alerta com “chuvarada” que deve continuar na região