Menu
Busca quinta, 17 de outubro de 2019
(67) 9860-3221
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

Bolsonaro tem início de governo parecido com administração Délia

Comentários, críticas e sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com

18 junho 2019 - 00h04

Eleito – O senador Nelsinho Trad foi eleito para o comando regional do PSD em Mato Grosso do Sul, durante pleito realizado sábado, em Campo Grande. O ato que alçou Trad à presidência da legenda teve a visita do governador Reinaldo Azambuja (PSDB), com quem caminhou junto nas eleições do ano passado.

Retribuiu – Ao retribuir a visita e participar de evento tucano no domingo, na Capital, Nelsinho também deixa evidente que fará de tudo para que o seu correligionário, irmão e prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD), tenha realmente o prometido apoio do governador no ano que vem. 

Politicagem – Como sempre, bastam ocorrências de crimes bárbaros nas reservas indígenas da região da Grande Dourados para que parlamentares de outros Estados se desloquem até o Mato Grosso do Sul para a famosa politicagem. Na conta da ‘muita ação e nenhuma solução’, desta vez a visita foi do senador Fabiano Contarato, do Espírito Santo, que visitou aldeias em Dourados, Douradina e Caarapó. 

Mãos lavadas – O oportunismo do capixaba, porém, contrasta com o silêncio dos parlamentares sul-mato-grossenses no Congresso diante de cinco mortes em uma semana na Reserva Indígena de Dourados, já que eles sim foram eleitos pelo Estado, incluindo aí a população indígena sempre abandonada pelo poder público.  

Troca – Os governos do presidente Jair Bolsonaro (PSL) e da prefeita Délia Razuk (PR) têm algo em comum: a troca de pessoas nomeadas no primeiro escalão durante o início de seus respectivos mandatos.

Troca 2 – Nos três primeiros meses de Délia à frente da prefeitura, três integrantes de seu time foram exoneradas ou pediram demissão [Albino Mendes na Funsaud, Audrey Milan na Educação e Raufi Marques na Secretaria de Governo]. Já Bolsonaro viu a queda de três ministros em cinco meses, Gustavo Bebiano [Secretaria-Geral da Previdência], Ricardo Vélez no MEC e Carlos Alberto dos Santos Cruz, da Secretaria de Governo. Sem contar a saída do presidente do BNDES, Joaquim Levy, no domingo.

Máquina – Se continuar nesse ritmo, Bolsonaro pode ‘alcançar’ a prefeita de Dourados no que diz respeito a essas trocas, se transformando também em uma ‘máquina’ de exonerar membros de seu governo. Em fevereiro deste ano, levantamento feito pela coluna mostrou que, em 26 meses, 24 secretários deixaram o cargo na atual gestão municipal. 

Enquete – Maioria dos internautas que responderam enquete proposta pelo Dourados News são favoráveis às propostas do presidente Jair Bolsonaro por mudanças no Código Brasileiro de Trânsito. 64,09% dos 504 participantes optaram pelo ‘sim’, enquanto 35,91% não veem com bons olhos as medidas. Entre as mais polêmicas estão o fim do exame toxicológico a motoristas profissionais, aumento no número de pontos para a cassação da carteira de habilitação e o fim da multa para ausência de cadeirinha infantil. 

Curta – Pela segunda semana consecutiva a Assembleia Legislativa terá menos sessões do que o habitual. Se na quinta-feira passada os parlamentares não atuaram na Casa por conta do feriado de Santo Antônio, padroeiro da Capital, depois de amanhã o dia de Corpus Christi reduzirá em dois o número de encontros no local. 

Prazo – A Mesa Diretora da Câmara tem até amanhã para responder ao Ministério Público Estadual se acatará a recomendação feita pela 16ª Promotoria sobre a suspensão das sessões especiais dos vereadores afastados judicialmente por suspeita de envolvimento em esquemas de corrupção. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

MS só receberá mais que DF, SC e RR em rateio do pré-sal
Vereadores se revezam na Câmara enquanto aguardam a Justiça
Favorável a ampliação enquanto vereadora, Délia agora quer diminuir perímetro urbano
Relacionamento entre correligionários é cada vez pior
Sugestão de secretário pega mal dentro da prefeitura

Mais Lidas

POLÍCIA
Irmãos são detidos após polícia encontrar droga no Jardim Flórida
DOURADOS
Ciclista morre no HV após ser atropelado por ônibus
DOURADOS
UPA passa a atender apenas casos de urgência e emergência
EXPULSÃO
Chefão do narcotráfico é entregue à Polícia Federal brasileira