Menu
Busca sexta, 20 de julho de 2018
(67) 9860-3221
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

Autor de programa polêmico pode disputar o Senado

Comentários, críticas e sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com

16 abril 2018 - 00h03

Diárias – O MPE (Ministério Público Estadual) de Mato Grosso do Sul desembolsou só em diárias a seus servidores, durante o mês de março, R$ 200.679,88. Já a soma dos valores das passagens chegou a R$ 30.154,10.

PDT – O presidente estadual do PDT, João Leite Schmidt, emitiu nota ‘pesada’ contra notícias de uma suposta divisão dentro do partido, principalmente no que diz respeito ao nome do juiz aposentado e pré-candidato ao governo, Odilon de Oliveira, que ingressou na sigla no ano passado. 

Mais PDT – No documento, ele insinua tentativa de manipulação de teorias “que por sua leviandade não param de pé” por parte de pessoas “a serviço da impenitente oligarquia, que vê seus interesses sombrios ameaçados”. Por fim, diz que o nome de Odilon tem respaldo dentro do partido. 

Alinhamento – Uma das possíveis causas dessa divisão seria a falta de traquejo político do juiz aposentado que se prepara para disputar a primeira eleição. Recentemente ele se envolveu em troca de farpas com o deputado federal Zeca do PT, que alegou ausência de diálogo a Odilon. A reposta foi rápida do outro lado, alegando não pactuar com falcatruas.

Décimo – A ação que investigava o pagamento do 13º salário dos vereadores de Dourados, alvo de polêmica há três anos, foi julgada e encerrada pela Justiça. O benefício – assim como um terço de férias - é considerado legal pelo STF para esses cargos eletivos.

Manchester – O Ministério Público Estadual recomendou à Funsaud que implante no Hospital da Vida e UPA, protocolo de classificação de risco de seus pacientes com no mínimo quatro frentes, como ocorre no conhecido ‘Protocolo de Manchester’, realizado através de pulseiras de cores diferentes. 

Greve – A greve dos administrativos da Rede Estadual de Ensino chegou ao fim na tarde de sexta-feira após os servidores aceitarem a proposta do governo. Em Dourados, a Escola Presidente Vargas chegou a dispensar os alunos por dois dias, já que a limpeza e a merenda ficaram prejudicadas. 

Senado – O procurador de Justiça, Sérgio Harfouche, idealizador de proposta que se transformou na polêmica ‘Lei Harfouche’, que prevê a punição a alunos que realizam ações contrárias ao ambiente escolar na rede pública, é pré-candidato ao Senado pelo PSC em Mato Grosso do Sul. 

Polêmica – Harfouche causou polêmica em Dourados no ano passado ao ‘convidar’ pais de alunos da rede pública a participar de uma palestra-pregação no estádio Douradão, sujeito a multa em caso de ausência. O caso chegou a repercutir nacionalmente. 

Quebra-molas – Mais de 40 dias após a instalação de semáforo no cruzamento com a rua Balbino de Matos – que dá acesso a Unigran -, o quebra-molas da rua Ponta Porã, distante menos de três metros do sinal, ainda não foi retirado. No local, pequenos acidentes têm ocorrido constantemente. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Convenções começam com indefinições em MS
Pedro Chaves pode ser “bi” em gastos com verbas indenizatórias
“Zap-zap” vira arma poderosa em campanha de tiro curto
Delcídio se encontra com André e pode subir em seu palanque
Tucanos e emedebistas fazem convenção no mesmo dia “pra mostrar quem tem mais força”

Mais Lidas

DOURADOS
Ladrões levaram mais de R$ 1,5 mil em assalto a padaria
DOURADOS
Polícia prende trio acusado de assaltar padaria no III Plano
OPERAÇÃO ECHELON
Facção tem "casa de apoio" para presos em MS
MS-156
Traficantes abandonam caminhonete com mais de 1t de maconha