Menu
Busca domingo, 17 de novembro de 2019
(67) 9860-3221
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

Assembleia vê novo ‘bate-boca’ entre PT e PSL

Comentários, críticas e sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com

18 outubro 2019 - 00h04

Visita – O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta (DEM), desembarca no final da manhã desta sexta-feira em Dourados para cumprir agenda no município quase um mês após o adiamento do compromisso anterior. 

Agenda – Essa será a segunda visita oficial de Mandetta a cidade desde que assumiu o cargo no governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL), em 1º de janeiro. Em março, ele esteve ao lado do secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende (PSDB), e da prefeita Délia Razuk vistoriando as obras do Hospital da Mulher e da Criança, anexo ao HU-UFGD.

Relembrando – Na época, o ministro foi alvo de protesto por parte de servidores da Funasa que se posicionavam contrários à proposta de municipalização da saúde indígena no país. 

Mudança – A coordenação do Poupatempo ficará a cargo de Eudália Delgado Medeiros entre os dias 17 e 31 de outubro. Ela substitui temporariamente a titular Marlene Rizzo Precinato, de férias nesse período. 

Parlamento – As discussões partidárias nacionais voltaram a esquentar o clima entre deputados na sessão de ontem da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, tendo mais uma vez como protagonista, a ‘guerra’ envolvendo PT e PSL, mais precisamente Pedro Kemp e Capitão Contar. 

Coçada – Após o petista criticar o atual governo brasileiro com números do IBGE citando o aumento da pobreza no país, Contar pediu aparte e disse ‘coçar a cabeça’ todas as vezes em que o colega sobe à Tribuna da Casa com notícias, classificadas por ele, como inverídicas. 

Mais coçada – Como resposta, Kemp alegou ‘coçar a coluna’ ao escutar de um membro do PSL a palavra ‘mentira’ e atacou rispidamente o colega. “Seu partido foi eleito [à presidência] com fake news, acostumaram tanto com isso que tudo para vocês é mentira”, rebateu.

Encontro – Pelo menos sete deputados estaduais foram convidados para participar de uma roda de conversa na Associação Comercial de Dourados na tarde desta sexta-feira. No encontro, eles terão a oportunidade de apresentar, por 10 minutos, projetos e propostas, além de responder questionamentos da classe empresarial. 

Convites – Além dos cinco parlamentares da bancada douradense na Assembleia, Neno Razuk (PTB), Barbosinha (DEM), Marçal Filho (PSDB), Renato Câmara (MDB) e Zé Teixeira (DEM), o convite se estendeu ainda a Londres Machado (PSD) e Lídio Lopes (Patriota).

Pressão – A crise interna do PSL nacional chegou a parlamentares de MS. Matéria publicada pelo Estadão na tarde de ontem aponta que o deputado federal Loester Trutis (PSL) teria sido pressionado pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL) a assinar uma lista, pedindo a saída do deputado federal Delegado Waldir da liderança da bancada da legenda no Congresso para a entrada do filho, Eduardo Bolsonaro. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Deputados do PT e PSL votam juntos em MS
Novo bloco formado na Câmara já tem cinco vereadores
Escudeiro fiel, Marun diz que ainda tem falado com Temer
CPI que gerou polêmica pode ser instaurada ainda esta semana
Debutantes na AL e Congresso travam ‘arranca-rabo’ virtual

Mais Lidas

POLÍCIA
Vereador é agredido e roubado quando ia para igreja em Dourados
DOURADOS
Idoso é fechado por criminosos na Marcelino, é derrubado e tem moto ‘zero km’ roubada
PORTO MURTINHO
Velório é interrompido e corpo de menina afogada recolhido para perícia
DOURADOS
Motociclista fica gravemente ferido após colisão no Parque Alvorada