Menu
Busca quinta, 27 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

Assembleia tem novo round ‘Lula x Bolsonaro’

Comentários, críticas e sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com

29 agosto 2019 - 00h04

‘Poeta’ – ‘Armado você mata ou morre. Desarmado você só morre!’. Por incrível que pareça – mas não é de se estranhar -, essa frase foi postada em rede social pelo deputado federal Loester Trutis (PSL/MS), acompanhado de uma foto do parlamentar segurando uma arma. 

Apareceu – Quase cinco meses após a interdição da avenida Presidente Vargas em decorrência do ‘buracão’ descoberto na parte da via que passa sobre o córrego Laranja Doce, a prefeita Délia Razuk (sem partido) fez aparição pública no local mostrando o andamento das obras.

Questionou – Coincidentemente, o vídeo da prefeitura foi divulgado horas depois do deputado estadual Marçal Filho (PSDB) publicar imagens do mesmo local e fazer questão de enfatizar que tal obra é do governo do Estado.

Retomou – O deputado estadual Pedro Kemp (PT) voltou a debater a devastação na Floresta Amazônica e usou até slides para contestar números apresentados pelo colega de Casa, Capitão Contar (PSL), na sessão anterior da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, que mostrava queda nos focos de queimada na região.

Baixaria – Ao discutir o mesmo assunto, Kemp iniciou bate-boca com outro deputado do PSL, Coronel David. O debate baixou o nível quando o petista chamou o presidente Jair Bolsonaro (PSL) de ‘burro’, e foi retrucado pelo colega de casa, devolvendo o xingamento em relação a Lula. 

Eleições – Grupo intitulado Frente Douradense da Segurança Pública começa a se articular para tentar eleger representantes nas eleições do ano que vem. Alguns nomes – alguns até já conhecidos de pleitos passados – já foram alçados à disputa, a princípio, de vaga na Câmara local.

Protesto – Profissionais de enfermagem e agentes comunitários de saúde prometem novo protesto em frente ao CAM (Centro Administrativo Municipal), hoje pela manhã. Os grupos cobram o pagamento, por parte do município, do PMAQ (Programa de Melhoria do Acesso e Qualidade). O recurso é repassado pelo governo federal para o rateio entre os servidores. 

Mais protestos – Conforme os trabalhadores das áreas voltadas à saúde, a verba havia sido disponibilizada em junho, porém, até o momento não ocorreram os repasses por parte da administração municipal. O manifesto está agendado entre as 8h e 10h, segundo ofício encaminhado à prefeita Délia Razuk (sem partido) e a secretária Municipal de Saúde, Berenice de Oliveira Machado Souza. 

Resposta – Em nota, a prefeitura respondeu que realizará o pagamento aos servidores que têm direito no dia 10 de setembro. O incentivo é pago a cada seis meses e, conforme a administração, em março os trabalhadores já receberam o benefício. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Alerta de ministro contra coronavírus inclui evitar compartilhar tereré
Sem cumprir contrato em MS, grupo arremata BR no Sul do país
Magoado, deputado sai de grupo e se isola na AL
Falta de cuidados em três terrenos leva prefeitura ser multada pelo CCZ
Com caso em investigação, deputado elege culpados por suposto atentado

Mais Lidas

MULTIDÃO
Carnaval na praça central de Dourados termina em ‘confusão e sujeira’
DOURADOS
Mulher tenta sair de mercado com quase R$ 700 em compras sem pagar
INVESTIGAÇÃO
Ex-prefeito de Amambai foi morto após discussão por desacordo trabalhista
PONTA PORÃ
Estado monitora caso suspeito de Coronavírus na fronteira