Menu
Busca segunda, 19 de novembro de 2018
(67) 9860-3221

Pedagogia da beleza - Capitaneados estamos!

02 junho 2015 - 07h32

A beleza está na diversidade, lugares, gestos momentos e pessoas basta nosso coração afinar a sensibilidade. Basta banharmos os nossos olhos com o dia e sereno e...Maravilhar-se.

Talvez a humilde residência da beleza é ser natural e seu jardim deve ser o incomum.

O encanto dos primeiros passos ao encanto do primeiro batom ou ao primeiro gol, a beleza da liberdade de ser sem ensaios e repetições...Tirar aquela roupa justa ou o sapato apertado, escapar do desencontro de uma desilusão, ir embora daquele emprego opressor...triblar o cotidiano da vida.

O telhado da maturidade talvez seja exatamente ver a vida em um caleidoscópio...em aspiral ou melhor em perspectivas.

O traço na testa, as rugas do riso em festa que chega até os olhos testemunhando as marcas vividas.
Observar a harmonia ao redor, ajuda a trazê-la para dentro e faz despertar o melhor de nós.

Ver o belo é um treino é uma escolha, resgatar o belo é uma necessidade imperiosa hoje em dia, não há como fugir do feio, porém podemos sem se alienar escolher o olhar, parece difícil mas não impossível.

Uma das crenças que permeia o conceito de beleza desde a antiguidade é o que ela está ligada a ética – O belo é bom – O feio é ruim. É preciso pois ver dialeticamente, ou seja ver o belo no feio e vice versa.

Voltando ao conceito de beleza este também é ligado ao conceito de proporção e aos princípio de harmonia e simetria. Somos harmônicos e simétricos? Eis a questão?

Como acender a beleza da alma? É só ouvir a voz interior e prestar atenção no barulho do mundo isto é fazer “silêncio em seu interior” o belo encontra-se no inesperado...Do que é permanente e das mudanças entrelaçadas, e o fato real é que somos “apaixonados pelo belo”.

Em contrapartida somos hoje dessensibilizados, é um mal contemporâneo que pelo excesso de informação e de afazeres o belo à nossa frente nos escapa.

É preciso trazê-lo de volta para dentro de nós a fim de tornar os dias lindos além da malhação, das plásticas além, do culto ao corpo em si. Ah! Temos a arte somente a arte ainda nos presta honra e cultua o belo porém, é lamentável, esta por vezes não atinge o senso comum.

Sei lá tentar um casamento harmônico entre os reinos existentes...o ser humano é um todo...somos todos um...filhos das estrelas.

Que bom seria laçar sem dar nó com fitas coloridas o divino e o profano, acreditar na beleza da vida e ponto. E por falar em beleza – O que é belo?


Graduação em História, Especialização em Historia do Brasil e Mestre em Historia. – Agora Colunista do Jornal Dourados News.*


Deixe seu Comentário

Leia Também

FISCALIZAÇÃO
MPT destina veículo para aprimorar vistoria de imóveis da União
CAMPO GRANDE
Na chuva, carro sai da pista, bate em árvore e mata 2 na BR-060
DOURADOS NEWS 18 ANOS
Pesquisador vê Dourados News como “carro chefe” do online
TEMPO
Segunda-feira de sol com aumento de nebulosidade em Dourados
SHOWBIZZ
Maísa Silva, de 16 anos, posta foto de biquíni e rebate assediador: "Nojento"
COSTA RICA
Serralheiro é preso sob suspeita de abusar criança de 5 anos em quitinete
OPORTUNIDADE
De máquina de escrever a estante, leilão oferta 12 lotes a partir de R$ 100
POLÍTICA
Bolsonaro sai em defesa de Tereza Cristina: ela tem nossa confiança
CAMPO GRANDE
Homem que se jogou do nono andar de hotel passa por cirurgia no braço
CONCURSOS
Ao menos 13 órgãos abrem inscrições nesta segunda para 1300 vagas

Mais Lidas

TEMPORAL
Fortes ventos derrubam mais de 30 árvores e deixa rastro de destruição em Dourados
FACADAS
Traficante brasileiro mata namorada dentro de cela no Paraguai
TEMPORAL
Ventos fortes derrubam árvores em Dourados
CACHOEIRINHA
Mulher denuncia e marido é encontrado em ponto de distribuição de drogas