20/04/2017 06h26

Vereador quer saber o que parquímetro traz de retorno a Dourados


Adriano Moretto
 

Socorro - Lei aprovada em segunda discussão pela Câmara de Dourados na segunda-feira obriga a permanência de ambulâncias em locais onde são realizadas provas de vestibular, seleção, concurso e eventos similares no município. Resta saber agora se a medida, proposta por Cido Medeiros (DEM), será fiscalizada e, também, cumprida devido a quantidade de locais destinados a esses eventos quando ocorrem.

Pavilhão - A Semed (Secretaria Municipal de Educação) tem funcionado provisoriamente no Pavilhão de Eventos Dom Teodardo Leitz, entre a prefeitura e o Douradão, na rua Coronel Ponciano. A pasta, que ocupava prédio próximo ao Detran, na mesma rua, precisou desocupar o local na semana passada.

Caderneta - Incompreensível que quase 120 dias após o início do ano as escolas da Rede Municipal de Ensino de Dourados ainda estejam sem receber as verbas para a aquisição de produtos da merenda escolar. Alguns diretores estão apelando à tradicional ‘caderneta’ e comprando fiado, conforme matéria publicada aqui no Dourados News na terça-feira.

Uniforme - E o fato não se resume apenas aos alimentos. Além da falta de repasse financeiro para a merenda, o kit escolar ainda não chegou aos alunos, conforme relatam alguns pais.

Mal estar - Por falar na merenda comprada na caderneta, causou enorme mal estar interno a afirmação ao Dourados News da atual secretária de Educação, Denize Portolann, sobre as condições a qual pegou a pasta em substituição a Audrey Milan Conti, veja aqui. Foi uma correria danada internamente para que o fato fosse apaziguado.

Corrupção - Após o caos político vivido na Capital nos últimos anos, o vereador André Salineiro (PSDB), propôs, em projeto de lei, a criação do ‘Dia Mundial de Combate à Corrupção’, a ser celebrado no dia 16 de novembro. A intenção dele é ampliar o debate referente a essas ações. Resta saber como isso poderá impactar para o fim das falcatruas.

Parquímetro - Audiência pública proposta pelo vereador Marçal Filho (PSDB) e agendada para o dia 27 de abril vai debater o estacionamento rotativo em Dourados. A intenção do parlamentar é debater uma série de questões, entre elas, a contrapartida dada pela empresa dona da concessão, a EXP Parking, ao município.

Polêmica - Pouco tempo depois de ser implantada, a empresa responsável pelo rotativo foi alvo de ação do MPE (Ministério Público Estadual) pela forma com que cobrava o estacionamento da população. Na época, o valor mínimo de parada era R$ 1 para até 30 minutos, independente se o motorista do veículo ficasse 10 minutos parado no local.

Elogios - Em meio a guerra declarada entre PT e PMDB após o impeachment de Dilma Rousseff (PT), o deputado estadual Paulo Siufi (PMDB) criticou o ministro da Saúde, Ricardo Barros, nomeado por Michel Temer, pelo fechamento das farmácias populares no país e elogiou o Partido dos Trabalhadores. "Sou PMDB, mas tenho que admitir e dar os créditos desse programa a quem fez, o PT. O ministro não pode tomar uma atitude dessas", alertou.

Na labuta - Ao contrário do feriado em celebração a Paixão de Cristo, na semana passada, a prefeitura de Dourados não decretou ponto facultativo e manterá o seu atendimento normalmente nesta quinta, em todos os setores.

Comentários, críticas e sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com

Envie seu Comentário