Menu
Busca sábado, 22 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

MP pode arquivar dois processos sigilosos em Dourados

Comentários, críticas e sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com

08 janeiro 2020 - 00h04

Relembrando – Só para constar, na última visita do secretário de Assuntos Fundiários do Ministério da Agricultura, Luiz Antônio Nabhan Garcia, a Dourados, em maio do ano passado durante a abertura da Expoagro, houve reunião com donos de pequenas propriedades na região da Perimetral Norte.

Nada – Naquela época, o debate também girava em torno de ocupação dessas áreas por grupos indígenas, porém, quase oito meses depois nada foi feito em relação ao problema. Para piorar, agora os confrontos são mais constantes e violentos. 

Retorno – Na volta do recesso, o Conselho Superior do Ministério Público fará, nos dias seguintes, a análise de vários processos que podem ser levados ao arquivamento pelo órgão fiscalizador nos próximos 10 dias. Em Dourados, são três deles. 

Pautas – Entre as ações que iniciaram investigações estão um procedimento preparatório registrado na 17ª Promotoria de Justiça, responsável em tratar dos direitos humanos e um Inquérito Civil, na 10ª Promotoria. Ambos são sigilosos. 

Denúncia – Também pode ser arquivado o procedimento preparatório que apura se existe irregularidade na contratação de médicos auditores no Núcleo de Controle e Avaliação e/ou no Núcleo de Faturamento por parte da Secretaria Municipal de Saúde, datado de setembro do ano passado. 

Tentativas – A defesa do ex-secretário Municipal de Saúde, Renato Vidigal, tem tentado de todas as formas sua liberdade, porém, esbarra sempre na grande quantidade de provas anexadas ao processo entregues pelo Ministério Público à Justiça Federal. 

Janela – A partir de 5 de março até 3 de abril, vereadores que estiverem dispostos a trocar de legenda estarão possibilitados de fazer sem risco de perder o mandato, através da janela partidária. A expectativa fica por conta de integrantes da base aliada da prefeita Délia Razuk (PTB), eleita com ela em 2016 pelo PR – atual PL -, se mudar para a atual sigla da chefe do Executivo. 

Filiação – Em dezembro, no evento que formalizou a entrada de Délia no partido hoje presidido pelo ex-senador Delcídio do Amaral, a maioria dos ex-colegas de PL e boa parte dos integrantes da bancada na Câmara estiveram presentes. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Magoado, deputado sai de grupo e se isola na AL
Falta de cuidados em três terrenos leva prefeitura ser multada pelo CCZ
Com caso em investigação, deputado elege culpados por suposto atentado
Antes de motim, MP abriu procedimento para acompanhar políticas públicas na Unei
Deputado “lança” colega à prefeitura em evento com ministra

Mais Lidas

DOURADOS
Mulher ameaça se jogar de torre no Jardim Guaicurus
DOURADOS
Fechamento e promoções levam multidão a fazer fila em hipermercado
DOURADOS
Após negociação, mulher é resgatada de torre no Guaicurus
DOURADOS
Bombeiro usou técnica de rapel para resgatar mulher em torre