Menu
Busca quinta, 09 de abril de 2020
(67) 9860-3221
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

Manutenção de voto evidencia saída de Alan Guedes do DEM

Comentários, críticas e sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com

13 fevereiro 2020 - 00h04

Eliminação – O Ministério Público Estadual divulgou edital no Diário Oficial do órgão de ontem constando a eliminação de documentos antigos que fazem parte da 14ª Promotoria de Justiça de Dourados. Aqueles que pretendem impedir a ‘destruição’ de algum desses processos, deve procurar a promotoria até o dia 17, segunda-feira. 

Paralisação – Nem bem começaram as aulas e a falta de planejamento na Rede Municipal de Ensino de Dourados já reflete na primeira paralisação anunciada pelos educadores, desta vez, envolvendo os Ceim’s (Centros de Educação Infantil). Boa parte deles estão sem auxiliares para ajudar nos cuidados com alunos. 

Deboche – A senadora Soraya Thronicke (PSL) voltou a ser destaque no país por suas falas inconvenientes e preconceituosas. Na tarde de terça-feira, durante audiência pública com o ministro da Educação, ela questionou algumas ações de mulheres ativistas em universidades federais, remetendo a elas como “feministas de sovaco cabeludo”. 

Esperado – Como citado em Na Lata! de ontem, os vereadores Cirilo Ramão (MDB) e Pedro Pepa (DEM) foram absolvidos, mais uma vez, das acusações de quebra de decoro parlamentar, após determinação judicial e realização de novas sessões de julgamento. 

Mudança – Porém, o que chamou a atenção foram os vereadores do DEM, com exceção do presidente da Casa, Alan Guedes, se posicionando contra a perda de mandato de Pepa, diferente do ocorrido em maio do ano passado, quando Madson Valente e Cido Medeiros acabaram favoráveis à cassação.

Saída – A mudança de posicionamento dos dois democratas, possivelmente a partir de determinação partidária, aliada com a manutenção de opinião de Alan, mostra que o atual presidente está mesmo de saída da legenda e pode concorrer à prefeitura de Dourados em outubro. 

Alvo – O advogado Fernando Baraúna, que atuou na defesa dos vereadores julgados ontem, mirou a Mesa Diretora da Câmara e disparou contra a decisão da Casa de atender a recomendação do Ministério Público Estadual e suspender as sessões realizadas no ano passado, que havia absolvido os parlamentares. 

Desatenção – Cena chamou a atenção na Câmara de Dourados ontem durante o julgamento do vereador Pedro Pepa. Enquanto a defesa usava a Tribuna, alguns parlamentares aproveitavam para ler, outros conversar ou ainda, trocar mensagens pelo aplicativo whatsapp.  

Liderança – O deputado estadual José Carlos Barbosa, o Barbosinha (DEM), entregou oficialmente ontem a liderança do governo na Assembleia Legislativa de Mato Grosso d Sul para o colega de parlamento, Gerson Claro (PP), que será o responsável em defender as pautas do Executivo. 

Debate – Em seu primeiro dia na função, Claro já travou discussão com Pedro Kemp (PT) sobre o preço dos combustíveis em terras sul-mato-grossense, principalmente em relação ao aumento do ICMS da gasolina, que começou a valer na quarta-feira. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Seguindo modelo da Assembleia, Câmara de Dourados terá sessão remota
Moção a Mandetta é aprovada em MS sem votos de deputados bolsonaristas
Filiação no apagar das luzes pode deixar bancada do PSDB entre as três maiores da Câmara
Janela coloca MDB como maior bancada da Câmara de Dourados
Braz ironiza suplentes por vaga na Câmara: “não adianta soltar rojão”

Mais Lidas

DOURADOS
Mulher tenta desviar de buraco, é atropelada por carreta e morre
DOURADOS
Assassinos de homem no Parque das Nações roubaram celular de testemunha
DOURADOS
Na volta ao atendimento, populares formam filas longas em frente a agências bancárias
DOURADOS
Mulher morta em acidente cursava pedagogia e terá corpo levado a Naviraí