Menu
Busca terça, 28 de janeiro de 2020
(67) 9860-3221
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

Câmara de Dourados pode ter semana agitada antes do recesso

Comentários, críticas e sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com

13 dezembro 2019 - 00h04

Mistério – Que aparelho de telefone celular em presídio não é novidade, todos sabem, porém, de forma aleatória e em celas abarrotadas de internos. A charada a ser decifrada agora é como um desses objetos chegou até as mãos do ex-secretário de Saúde, Renato Vidigal, num espaço isolado e onde os contatos são realizados após rigorosa triagem.

Apelo – Abaixo-assinado encabeçado por servidores públicos municipais pressionando o reajuste do teto salarial parece estar dando resultado. Minuta repassada para análise à Câmara de Dourados na segunda-feira sugere reajuste de 55,27% no salário de prefeito sob a justificativa de defasagem. Desde 2005 os vencimentos são de R$ 13.804,56.

Efeito– A prefeitura nega o interesse de aumentar os valores, porém, caso a medida prospere, elevará também os salários de vice-prefeito, secretários e, dos próprios servidores públicos que atingiram há anos o limite do teto e não são beneficiados com os reajustes determinados por lei. 

Dificuldade – Apesar das argumentações de defasagem e Dourados estar entre os menores salários pagos na região, dentro da Câmara a medida também não é vista com bons olhos por boa parte dos vereadores, principalmente diante dos episódios recentes de atraso nos pagamentos do funcionalismo e fechamento de salas de aula motivados por economia. 

Sessões – Por falar em Câmara, a última semana de atividades antes do recesso parlamentar, agendado para iniciar em 23 de dezembro, pode ser movimentada, incluindo a possibilidade de agendamento das sessões de julgamento das comissões processantes dos vereadores presos no ano passado dentro da Operação Cifra Negra, que investiga esquema de corrupção dentro da Casa. 

Julgamento – Após a decisão judicial liberando essas medidas, a Câmara aguardou manifestações dos envolvidos, o que não ocorreu, existindo assim a possibilidade de novo agendamento das sessões. 

Crítica – Com mais de 20 projetos pautados para votação na sessão de ontem da Assembleia Legislativa, deputados estaduais usaram parte do tempo para criticar e repudiar produção do humorístico Porta dos Fundos exibido pelo streaming Netflix, intitulado ‘A primeira tentação de Cristo’, que mostra o personagem de Jesus como homossexual. 

Encontro – O PTB realiza encontro regional amanhã, às 9h, em frente a Câmara de Vereadores de Dourados. O ato deve contar ainda com a filiação da prefeita Délia Razuk ao partido e a presença do ex-senador Delcídio do Amaral, além do deputado estadual Neno Razuk, filho de chefe do Executivo douradense.  

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Eleições já movimentam bastidores em Dourados
Deputados reeleitos por MS foram os que mais gastaram na Câmara
MP pode arquivar dois processos sigilosos em Dourados
Nada de novo da União em relação aos conflitos por terra em MS
Eleitorado feminino em Dourados já supera em 10 mil os homens

Mais Lidas

DOURADOS
Motociclista bate em caminhão da coleta de lixo e fica em estado gravíssimo
MS
Homem é acusado de colocar sedativo no leite para abusar de enteada
DOURADOS
Designação para escolas e Ceim’s acontece neste sábado
DOURADOS
Carros com som alto e na contramão levam Guarda a dois motoristas bêbados